Carpinejar e a maldição do aniversário
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Carpinejar e a maldição do aniversário

Bia Reis

28 de junho de 2013 | 15h00

O poeta, escritor e jornalista Fabrício Carpinejar me surpreendeu mais uma vez. E arrisco a dizer que também te surpreenderá.

Autor de mais de 20 livros, Carpinejar acaba de lançar mais um, Teimosinha, pela Editora Melhoramentos. É daquelas histórias que divertem as crianças e fazem os adultos pensar. Mas, sim, também diverte os adultos – e muito!

Carpinejar conta a história de Lucila, para quem o dia do aniversário é o mais triste da vida. E ela tem um motivo muito sério para isso: foi amaldiçoada quando completava 6 anos. E a maldição retorna todos os anos, sempre no mesmo dia.

A vida de Lucila não é lá muito fácil. Sua mãe não a deixa fazer nada… Nem as coisas mais simples, como comer sozinha e escolher a própria roupa, até as mais complexas, como viajar nas excursões da escola e namorar. E não para por ai. Lucila também não pode brincar no jardim, para não se machucar, nem conversar com os amigos, para não se ofender. A lista das proibições é interminável.

E o pai, com medo da mulher, aceita as imposições que são feitas à filha – e é a própria menina quem percebe isso.

Na festa de 6 anos, surge a maldição. Na hora do parabéns, Lucila assopra a vela, com força, muita força, mas ela continua acesa. Achando que a filha não vai conseguir apagá-la, a mãe assopra… e apaga.

A maldição está feita. Consegue imaginar o que aconteceu? Nem tente. Não teime!

Carpinejar constrói a história como se Lucila estive conversando com o leitor, compartilhando seu segredo. Ela fala de suas angústias e divide a solução do problema.

As ilustrações ficam a cargo de Guto Lins, autor de 30 livros e coautor de muitos outros. Lins foge do óbvio e também adota caminhos inesperados. Brinca com palavras, texturas e acrescenta elementos à narrativa.

Serviço
Teimosinha
Escritor:  Fabrício Carpinejar
Ilustrador: Guto Lins
Editora: Melhoramentos
Preço: R$ 35

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.