Bicho-papão em forma de poesia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bicho-papão em forma de poesia

Bia Reis

04 de setembro de 2012 | 10h00

A escritora Blandina Franco e o ilustrador José Carlos Lollo fizeram o que toda criança teme: reuniram uma coleção de bichos-papões e colocaram todos em um quarto escuro.

No grupo dos cruéis e assombrosos tutus pinçados pelo casal estão a cabra-cabriola, a alma-de-gato, a cuca , o chibamba, o papa-figo, a mão-de-cabelo, a pisadeira e o quibungo. Em forma de poesia, Blandina conta a história de um menino que morre de medo de ir para o quarto dormir porque sabe que há bichos terríveis à sua espera.

As páginas de O Livro dos Tutus, da editora Hedra Educação, são pretas, como um quarto escuro, e as figuras desenhas por Lollo parecem saltar das folhas. “A técnica é a mais prosaica do nosso tempo: photoshop direto. Desenho usando um tablet Wacon, desses com canetinha. Nada demais”, conta, com simplicidade, o ilustrador.

Gostei em especial do chibamba, um porco terrível que aparece para as crianças que choram muito na hora de dormir. Ele se veste com folhas de bananeira e adentra na casa dos outros dançando. Tudo isso, crianças e adultos aprenderão no fim do livro. Lá, há uma espécie de dicionário de monstros do folclore brasileiro, com referências à lenda, ao Estado onde ela ocorre e informações curiosas.

Ao contrário do que muita gente imagina, o medo não afasta as crianças, ele aproxima. Por meio da literatura, as crianças podem entrar em contato, de forma indireta, com os seus temores: de lobo, bruxas, fantasmas, esqueletos e, claro, bichos-papões.

Serviço
O Livro dos Tutus
Escritora: Blandina Franco
Ilustrador:   José Carlos Lollo
Editora: Hedra Educação
Preço: R$ 28

Tendências: