Árvores: enciclopédia para crianças homenageia os maiores seres vivos da Terra
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Árvores: enciclopédia para crianças homenageia os maiores seres vivos da Terra

Obra reúne novamente os autores Wojciech Grajkowski, biólogo que se dedica a escrever sobre natureza e ciência, e o ilustrador Piotr Socha, um dos cartunistas mais populares da Polônia

Bia Reis

15 de junho de 2022 | 08h00

Você sabia que as sequoias-vermelhas, com 115,6 metros, são as árvores mais altas do mundo?

E que o cipestre com 36 metros de perímetro, chamado de “a árvore de Tule” por ficar na cidade mexicana de Santa Maria del Tule, é a mais larga?

Capa do livro 'Árvores' traz a ilustração de uma grande árvore, com rosto e cara de sábia

Capa de ‘Árvores”: na ilustração, ela é transformada em um ser com características humanas. Crédito: Bia Reis

Ao pegar o livro Árvores nas mãos, a primeira coisa que chama a atenção é o projeto gráfico. Tal qual os maiores seres vivos que habitam a Terra, a obra é grande – tem 27,7 por 37,5 centímetros – e pesada, graças à capa dura que lhe confere ares de enciclopédia. Claro, guardadas as devidas proporções.

Árvores reúne novamente os autores Wojciech Grajkowski, biólogo que se dedica a escrever sobre natureza e ciência para crianças, e o ilustrador Piotr Socha, um dos cartunistas mais populares da Polônia. Juntos, os dois já publicaram Abelhas, ou O Livro das Abelhas, no título traduzido do inglês.

Imagem interna do livro, com diversas raízes

Raízes-escoras, de uma figueira-de-bengala e respiratórias: livro retrata diversidade. Crédito: Bia Reis

As páginas duplas seguem a mesma estrutura: uma coluna de texto, fluido e gostoso de ler, ocupa a margem direita ou esquerda, e uma grande – e maravilhosa – ilustração preenche o espaço restante.

A cada virar de páginas, uma descoberta.

Árvores e monumentos

Ilustrador utiliza monumentos para dar a dimensão do quão grandes as árvores podem ser. Crédito: Bia Reis

Primeiro, vocês descobrirão muitas questões biológicas: o que define uma árvore, do que elas se alimentam, qual é a função das folhas, as diferenças entre as raízes, o ritmo ditado pelas estações do ano, como se dá a reprodução, o que são (e quais são) as espécies endêmicas, quem são os animais comedores de árvores, quem habita seus galhos, que usam suas folhas ou troncos para se camuflar.

Depois, conhecerão as árvores pré-históricas, as mais altas  – sabia que há exemplares maiores do que a Estátua da Liberdade e o Big Ben? –, as mais largas e as mais velhas. Saberão como contar os anos de uma árvore.

Máscaras feitas com madeira

A madeira das árvores é utilizada para fazer máscaras ao redor do mundo. Crédito: Bia Reis

Os instrumentos usados por um lenhador e as construções e os meios de transporte feitos com sua madeira são outros capítulos. Há destaque ainda para as máscaras e para os instrumentos musicais fabricados nos mais variados países e que têm na árvore sua origem.

As crianças também vão se divertir ao conhecer os tipos de casas que utilizam a árvore como sustentação. E vão adorar ver os bonsais, árvores podadas para ficarem pequenas e caberem em um vaso.

Os autores abordam também outros sentidos da palavra árvore: vão para a árvore da vida de Darwin, passam pela árvore genealógica e mostram como a árvore aparece nas religiões, destacando quais são vistas como sagradas.

Diferentemente da grande maioria dos livros que aparecem nesta Estante de Letrinhas, Árvores não é um livro de ficção: é informativo, enciclopédico. É para aprender, mas também se envolver e se emocionar.

Serviço
Árvores
Autores: Piotr Socha e Wojciech Grajkowski
Tradução: Eneida Fabre
Editora: WMF Martins Fontes
Preço: R$ 104,90 (capa dura, 72 páginas, tamanho grande)

E para ouvir enquanto você lê… O Gigante da Floresta, do incrível Hélio Ziskind.

Tudo o que sabemos sobre:

WMF Martins Fontes

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.