Amor, o Coelho: Rita Carelli fala de bicho e sentimento em livro para todas as idades
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Amor, o Coelho: Rita Carelli fala de bicho e sentimento em livro para todas as idades

Amor é um coelho que come o que vê pela frente - às vezes, até a paciência da narradora. E você, conhece um sentimento assim?

Bia Reis

30 de junho de 2021 | 09h00

Amor, o Coelho

Página dupla de Amor, o Coelho, de Rita Carelli / Divulgação

Amor é o nome do coelho que morou por um mês na casa da cineasta, atriz, escritora e ilustradora Rita Carelli. A convivência foi, digamos, curiosa, para usar uma palavra que a própria autora pinçou para descrevê-la. Amor se aproximava para comer, mas escapava diante do primeiro carinho. Na ocasião, Rita tentou diversas vezes desenhá-lo, sem sucesso.

Amor, o Coelho é o nome do recentemente lançamento de Rita, publicado com o selo O Tal, da Editora Caixote. O selo reúne livros ilustrados para leitores de todas as idades.

Amor, o Coelho

Capa de Amor, o Coelho

Em uma primeira camada de leitura, concreta, Amor é de fato um coelho, que se alimenta com cenouras, couves e outras verduras que recebe. Travesso, também mordisca chinelos e os pés das cadeiras. “O Amor, às vezes, come a nossa paciência”, revela a narradora, em frases enxutas e precisas. Nos momentos de alegria, o coelho salta, corre e faz todos rirem.

A narradora de Amor, o Coelho

A narradora de Amor, o Coelho

O livro é narrado por uma menina preta, de olhos amendoados e maria-chiquinha enrolada que brinca com a perspectiva das orelhas de Amor. Os olhos vermelhos do coelho, numa página dupla que simula a noite escura, também fazem um paralelo com os da garota.

O livro nos oferece outras camadas de leitura, para além do coelho concreto. Sim, é preciso alimentar o amor cotidianamente e reconhecer as suas oscilações, para continuar surpreendendo e sendo surpreendido(a).

Assinado por Paula Hemm, o projeto gráfico de Amor, o Coelho é um deleite. Ilustrações da narradora e do coelho estampam capa e contracapa, do mesmo tamanho, sob a mesma perspectiva. Na capa, um relance da orelha de Amor puxa o leitor para a contracapa, que nos lembra: “Às vezes, o amor se esconde tão bem escondido que a gente custa a encontrá-lo entre as panelas ou no cesto de roupas sujas”. Reparem nas pegadas delicadas que percorrem as guardas do livro.

A obra traz o texto em letra bastão (maiúscula), o que facilita a vida das crianças que então começando a mergulhar no mundo dos livros e da literatura.

Mulher de múltiplos caminhos, Rita Carelli tem dez livros publicados. Além de Amor, o Coelho, fez a coleção de livros-filmes Um Dia na Aldeia (Sesi) e escreveu Minha Família Enauenê (FTD), sobre a infância vivida em uma aldeia, além do romance Terrapreta (Editora 34).

E para quem quiser conhecer um pouco mais do livro e da história que eu origem a ele, deixo abaixo o vídeo da conversa da contadora de histórias Fafá, do Fafá Conta Histórias, com a Rita:

Serviço
Amor, o Coelho
Autora: Rita Carelli
Editora Caixote
Preço: R$ 48 (capa dura)

ESTANTE DE LETRINHAS
No Instagram @blogestantedeletrinhas
No Facebook @blogestantedeletrinhas
Contato: estante.letrinhas@gmail.com

Tudo o que sabemos sobre:

Editora Caixote

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.