Um tesouro de Lobato
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um tesouro de Lobato

Bia Reis

26 de maio de 2013 | 23h42

O Garimpeiro do Rio das Graças, de Monteiro Lobato, foi lançado pela primeira vez em 1924. Nos quase 90 anos que se seguiram, ele foi reeditado apenas quatro vezes, o que fez com que se transformasse “em uma verdadeira joia rara para os fãs” do escritor, como diz Cilza Carla Bignotto, doutora em Teoria e História Literária pelo Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), no prefácio do livro que foi relançado pela Editora Globinho.

Diferentemente das outras narrativas de Lobato, esta não se passa no Sítio do Picapau Amarelo, algo pouco comum nas histórias do escritor. As ilustrações, feitas na primeira edição do livro pelo alemão Kurt Wiese, destacam outros aspectos  da narração nas mãos do quadrinista Guazzelli. Mas mantém o humor presente na versão original. Uma preciosidade.

Serviço
O Garimpeiro do Rio das Graças
Escritor: Monteiro Lobato
Ilustrador: Guazzelli
Editora: Globinho
Preço: R$ 32

Tendências: