Ciclo “O Lugar de Fala da Mulher” – Produzindo Notícia

Ciclo “O Lugar de Fala da Mulher” – Produzindo Notícia

Evento no Centro Ruth Cardoso dá visibilidade ao lugar de fala da mulher no jornalismo.

Estado da Arte

22 de abril de 2019 | 11h49

O Centro Ruth Cardoso está produzindo um ciclo especial de eventos para dar luz e visibilidade para o trabalho e a história das mulheres incríveis do Brasil.

Nesse ciclo de quatro eventos, será reconhecido o Lugar de Fala da Mulher:
1. Produzindo Notícia
2. Produzindo conhecimento (maio)
3. Liderando a sociedade (junho)
4. Transformando a sociedade (julho)

Começamos, então, por uma discussão extremamente necessária em tempos de ataque à imprensa e de proliferação de notícias falsas. Para conversar conosco, teremos um time de peso!

Convidadas

Carla Miranda é Jornalista formada pela UFRJ, tem mestrado e doutorado pela PUC-SP. Atualmente, é coordenadora de Desenvolvimento Editorial do Estadão e editora do site Capitu.

Luisa Toller é musicista, professora e pesquisadora, e procura nestes três meios questionar e refletir sobre os espaços ocupados por mulheres. É formada em Música pela Unicamp, tem pós pela Faculdade Santa Marcelina e mestrado pela USP. Escreve sobre arte e gênero na revista Azmina, tendo ministrado palestras e dinâmicas feministas na Mackenzie, PUC-SP, Graded School, Caixa Cultural, entre outras instituições. É tricampeã do concurso de marchinha Nóis Trupica Mais Não Cai (SP) com composições interpretadas pelo grupo Vozeiral. Em 2016 foi curadora do edital nacional de ocupação artística na Caixa Cultural.

Magê Flores é paulistana, jornalista da Folha há seis anos. Já passou pela Globo News e pela rádio CBN, onde começou a carreira na reportagem. Se especializou em jornalismo gastronômico e, na Folha, foi repórter do caderno Comida, da revista sãopaulo e redatora da primeira página. Desde janeiro, apresenta o podcast diário de notícias Café da Manhã, ao lado de Rodrigo Vizeu.

Júlia Corrêa (mediação) é Jornalista formada pela UFRGS, com intercâmbio na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Desde 2016, atua como repórter de cultura no Estadão.

Quando: 23/04/19, das 19h às 21h30
Onde: auditório do CRC, Rua Pamplona, 1005
Quanto: gratuito
Inscrições: via Sympla
https://www.sympla.com.br/o-lugar-de-fala-da-mulher–1–produzindo-noticia__487924

* Será transmitido ao vivo pelo Facebook do CRC por volta das 19h10.
* Intérprete de Libras no local
* Lugar acessível para cadeirantes

____
Realização: Centro Ruth Cardoso
Apoio institucional do CRC: Fundação Lemann

Tendências: