SWU, dia 2. Início um pouco menos confuso

Estadão

10 de outubro de 2010 | 16h28

O segundo dia de SWU começou com menos movimentação de bagagem: quem veio para acampar chegou ontem, e a maioria desses ficará na fazenda Maeda até o final do festival. A situação é menos confusa que a de sábado, quando muita gente reclamava da sinalização dos espaços. Do lado de fora, a fila da triagem para quem está aqui só para os shows de hoje começou cedo. Por volta das 11h, muita gente já esperava para passar pela revista.

Aqui dentro, o sol expulsou os acampados de suas barracas logo cedo. E muita gente teve a mesma ideia, ao mesmo tempo: a do banho. Filas gigantescas (de até duas horas para um banho limitado a sete minutos) se formaram na porta dos banheiros – mesmo os da área premium, deixando mais gente insatisfeita com a organização do evento.

Neste domingo, a atração mais aguardada é o Kings of Leon. A família do Tennessee volta ao Brasil para divulgar o quinto disco da carreira, Come Around Soundown. Tocam ainda Sublime with Rome, Dave MattHews Band, Joss Stone e Regina Spektor, entre outros. Neste momento o Jota Quest está no palco água.

# Veja a programação de shows do domingo
# Acompanhe o festival SWU pelo Twitter, no @cultura_estadao
# Galeria de fotos

*** Post atualizado às 21h02 para correção de informação: Sex On Fire é  do quarto disco da banda, Only By the Night (2009)

Tudo o que sabemos sobre:

músicaSWU

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: