Música eletrônica no SWU

Estadão

09 de outubro de 2010 | 18h18

A maioria das raves costuma ser à noite e varar a madrugada. Não é o caso. A tenda Heineken Greenspace começou às 15h e vai terminar às 2h15. Mas, em características, não está devendo em nada às festas PVT (private) que costumam acontecer em fazendas perto de São Paulo – tirando talvez o fato de não dançar vendo um nascer-do-sol.

Apesar de não ser o palco principal – e concorrer com outros shows – o ambiente está cheio, mas não tanto a ponto de não permitir andar por entre as pessoas ou causar qualquer empurra-empurra. Ou seja, está ideal para quem gosta mesmo de dançar.

O início teve Glocal, que manteve seu setlist com referências de hits dançantes dos anos 80. Já o Killer on the Dance Floor usou temas mais variados. Desde as conhecidas Around The World (Daft Punk) e Where is your head at (Basement Jaxx) até versões usando rock como Roots Bloody Roots (Sepultura) e Lenny Kravitz.

Os três rapazes do grupo conseguiram animar os presentes da tal maneira que tudo que pediam era prontamente respondido – até se abaixar para extravasar na batida rápida que vinha logo em seguida.

Mais à noite tem Crystal Method (20h45) , DJ Marky (meia-noite) e Steve Angello (1h15)  e, pelo que foi visto até agora, não vai faltar público nesta tenda.

Tudo o que sabemos sobre:

Greenspace

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: