Minha vida em Itustock

Estadão

12 de outubro de 2010 | 05h14

Por Jotabê Medeiros

Começou com uns três manés tocando Raul de madrugada, mas de manhã já havia umas 50 pessoas em volta de um violão e uma percussão improvisada, no meio de um parquinho infantil, tocando e cantando Twist and Shout! No playground roqueiro de Itu, as histórias corriam rápido. A gritaria no camping de madrugada? Bom, teve um namorado que encontrou os amigos no meio da muvuca e não teve dúvidas: largou a namorada na multidão e foi para o desfrute. Quando voltou, de madrugada, tentou entrar na barraca e ela o expulsou aos gritos e aos pontapés. As pessoas perdem o perfume natural, mas não a classe… Leia a íntegra no C2+música especial

Leia também:

# Mania de grandeza

# As tilápias do rock’n’roll

# A mais bela camponesa

# Colombianos bombásticos, pernambucano arretado

# Galeria de fotos

# Pôster do festival

# Todos os vídeos

Tudo o que sabemos sobre:

camping

Tendências: