Festival causa movimento atípico em Viracopos

Estadão

09 de outubro de 2010 | 16h28

Por Nicola Pamplona

O fluxo de pessoas para o SWU provocou um movimento além do normal essa manhã no aeroporto de Viracopos, em Campinas. Vôos lotados, filas gigantes nos pontos de ônibus e falta de carros para alugar era alguns dos sinais de que, mesmo em início de feriado, algo diferente estava acontecendo. “Isso não é normal. Costuma sair muito carro em feriados, mas dessa vez foi tudo muito rápido”, resignou-se a atendente de uma locadora de veículos, que já não tinha mais o que fazer no dia, uma vez que todos os carros saíram antes das 10h.

No saguão, muitos mochileiros, gente preparada para enfrentar os três dias de festival. Na estrada de terra que leva à Fazenda Maeda, o trânsito já apresentava algumas retenções, com muitos ônibus e vans, enquanto as atrações faziam passagem de som nos diversos palcos do evento. No Palco Água, os Mutantes passaram alguns de seus clássicos, como Top Top e Technicolor.

Para quem se prepara para vir, uma dica: o céu tem muitas nuvens, mas ainda não há sinal de chuva. A tendência, porém, é esfriar bastante à noite.

Veja todas as atrações do SWU

Acompanhe o festival SWU pelo Twitter, no @cultura_estadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: