Em Itu, tudo pronto para três dias de sol, trânsito e rock and roll

Estadão

08 de outubro de 2010 | 21h44

Os primeiros campistas chegam à Fazenda Maeda

Agraciados por um sol que parecia surreal em meio a tantas previsões pessimistas para este fim de semana, os primeiros campistas do SWU chegaram à Fazenda Maeda, em Itu, por volta das 10 hrs dessa sexta-feira. As primeiras barracas do camping comum, que tem chão de terra batida e pouca sombra, foram armadas em seguida, e logo deu para se ter uma ideia do público que virá ao festival. Gente de todo o País, estudantes e profissionais de todas as tribos, dos 18 aos 30, devem lotar os campos da fazenda neste feriado.

De acordo com o site Climatempo, a temperatura deve manter-se estável durante os três próximos dias, alcançando, em média, máxima de 25 graus e mínima de 13. A máxima pode não parecer alta para quem está acostumado a ver os numeros de dentro de dentro de  carro ou no refresco de um escritório, mas na Arena Maeda, localizada no topo de um morro, onde a sombra custa caro (são, em média, R$400 para ficar no camping Premium) é quente. Quem ainda tiver tempo de se preparar que troque as galochas pelo protetor solar.

A polícia de Itu informou que realizará operação especial com 1.000 policiais para o evento, que deverá trazer, em média, 50.000 pessoas por dia ao interior de São Paulo. O fator preocupante é o engarrafamento da estradinha que conecta a Rodovia Santos Dumont ao SWU. Dois estacionamentos distantes do evento foram disponibilizados para aliviar o trânsito. Mas com a revista dos campistas, que demora por volta de 10 minutos por carro, mais o público desavisado sobre as opções, a via de acesso deve ficar entupida desde cedo na manhã de sábado.

Os entrevistados tem suas bandas preferidas, mas a programação agrada gregos troianos. O publicitário paraibano Moab Martins, 30, que veio para ver o Rage Against the Machine estava interessado no show do galáctico DJ Tiesto. Disse também que não se incomoda com as bandas mais “soft”, como Joss Stone e Kings of Leon, que darão o tom da programação no segundo dia. “O segundo dia é o dia de tirar onda com as meninas”, brincou.

Tudo o que sabemos sobre:

SWU

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: