Anticoncepcional barrado

Estadão

14 de outubro de 2010 | 02h29

Marcelo Rubens Paiva comenta em seu blog o relato de amigos sobre a revista rigorosa no SWU:

“Todo e qualquer comprimido era barrado. Até desodorantes e pílulas anticoncepcionais.

E deram camisinhas.  Que paradoxo…

Não sabia que pílulas davam barato.

Nem desodorantes.”