Uma seleção de saraus e slams em espaços culturais, parques e bibliotecas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Uma seleção de saraus e slams em espaços culturais, parques e bibliotecas

Júlia Corrêa

29 de agosto de 2019 | 13h58

Confira uma seleção de saraus e outros eventos que unem várias vertentes artísticas – e convidam o público a se expressar

Evento na Casa das Rosas. Foto: Rogério Cassimiro

+ O Sarau do Binho realiza atividades há 16 anos, circulando, atualmente, por escolas, praças e bibliotecas. Entre 8 e 21/9, promove a 5ª Felizs – Feira Literária da Zona Sul. A programação inclui encontros no Espaço Cultural Sarau do Binho (R. Pe. José Antonio Romano, 65, Pq. Esmeralda), com intervenções poéticas e leituras da obra de Milton Hatoum, em 13/9, às 19h, e papo com Sérgio Vaz e Cidinha da Silva, em 16/9, às 19h. Grátis. Inf.: fb.com/SarauDoBinho

Foto: Poetas do Tietê

+ O coletivo Suburbano Convicto, comandado pelo apresentador e escritor Alessandro Buzo, e o Poetas do Tietê – que busca dar voz à poesia periférica em diferentes locais da cidade – promovem o Sarau Suburbano na Faixa (foto acima), com declamação de poemas e apresentações musicais. Durante o evento, os artistas procuram estimular a participação do público. 120 min. Livre. Sesc 24 de Maio. Área de Convivência. R. 24 de Maio, 109, metrô República, 3350-6300. Sáb. (31), 18h30. Grátis.

Foto: Gil Douglas Barbosa

+ Ligado ao Movimento Cultural Ermelino Matarazzo, o sarau A Alegria do Choro (foto acima) reúne seis músicos e compositores que intercalam performances musicais com histórias e curiosidades sobre o choro e seus expoentes. A atração circula por diversos espaços culturais da cidade. Em 17/9, às 14h, passa pela Biblioteca Prestes Maia (Av. João Dias, 822, S. Amaro, 5687-0513). E, em 28/9, às 11h, pela Biblioteca Mário Schenberg (R. Catão, 611, V. Romana, 3672-0456). Grátis.

Foto: Francio de Holanda

+ A Biblioteca Mário de Andrade inaugurou, em abril deste ano, o Sarauzódromo, um espaço dedicado especialmente a saraus e outras apresentações do gênero. A estreia do local – após uma reforma que reabriu as portas da sala voltadas para a praça Dom José Gaspar – foi marcada por um evento (foto acima) com nomes como Conceição Evaristo e Roberta Estrela D’Alva, que homenagearam a escritora Ruth Guimarães, importante nome da literatura oral. Desde então, todos os sábados, normalmente às 16h, a biblioteca conta com programação na área. Neste sábado (31), excepcionalmente, não haverá atração, pois o espaço ficará fechado. Assim, a apresentação do Sarau dos Migrantes, que busca valorizar a representatividade da cultura de diversas nacionalidades, ocorrerá na 4ª (4), às 19h. Também já há nomes marcados para as próximas semanas. Em 7/9, às 16h, tem apresentação do Slam da Guilhermina, do coletivo homônimo, com batalhas de poesias autorais. R. da Consolação, 94, metrô República, 3775-0002. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

+ Na Casa das Rosas, o Expresso Poesia traz um poeta para expor sua obra em 30 minutos, em contato com o público. O próximo convidado, sábado (31), às 15h, é Chiu Yi Chih. A série Diálogos Sincrônicos: Errática tem mais uma edição em 21/9, às 19h, trazendo leituras de movimentos inseridos na tradição literária e abrindo o microfone para novas expressões poéticas. A produção das periferias pauta o próximo Fome de Forma, em 28/9, às 19h, com poetas de várias gerações. Já em 12/10, às 19h, tem também o sarau A Plenos Pulmões, mediado por Marco Pezão. Av. Paulista, 37, metrô Brigadeiro, 3285-6986. Grátis.

+ Na última terça-feira de cada mês, o Patuscada – Livraria, Bar e Café promove saraus que costumam contar com poetas homenageados, lançamento de revista e palco aberto para o público se expressar. O espaço também recebe, na penúltima sexta-feira de cada mês, o sarau Encontro de Utopias, que costumava ocupar o Centro Cultural São Paulo. Ambos os eventos têm entrada gratuita e ocorrem das 19h às 23h. A programação das próximas edições ainda não foi anunciada. Por isso, vale ficar atento às redes sociais da livraria. R. Luís Murat, 40, V. Madalena, 96548-0190. Inf.: fb.com/livrariapatuscada

Foto: Sara Vieira

+ Há dois anos, o sarau Poesia de Esquina (foto acima), organizado pelo coletivo formado por Sara Vieira, Wesley Moraes, Taisa Barbosa e Charles M. de Jesus, realiza atividades atrás da Oca do Ibirapuera, sempre no último domingo de cada mês. Bandas, poetas convidados e até piquenique integram a programação. O microfone é aberto para todos os participantes, que são chamados, carinhosamente, de ‘PazSarinhxs’, em referência ao canto dos sabiás, tidos como símbolo do grupo. A próxima edição ocorre em 29/9, das 14h às 18h. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, Ibirapuera. Grátis. Inf: bit.ly/poesiaesq

+ Atuante no Rio Pequeno, zona oeste da capital, o Sarau Afrobase faz apresentação na Biblioteca Parque Villa-Lobos (Av. Queiroz Filho, 1.205, Alto de Pinheiros, 3024-2500), em 22/9, às 14h. Idealizada por João Nascimento e Gaspar Z’África Brasil, a iniciativa valoriza a cultura brasileira de matriz africana, com diferentes manifestações ligadas à poesia negra, periférica e marginal – sempre com um artista convidado. Grátis.

+ No sarau Você Já Conhece?, também ligado ao Movimento Cultural Ermelino Matarazzo, a ideia é transformar clássicos da música brasileira em poesias recitadas ao vivo. São apresentadas letras já em domínio público, e a plateia também é convidada a entrar na brincadeira. Na agenda, há apresentação prevista para 17/9, às 14h, na Biblioteca Álvaro Guerra (Av. Pedroso de Morais, 1.919, Pinheiros, 3031-7784). Grátis.

SLAMS

Foto: Produção Casa das Rosas

+ A 9ª edição do Encontro Estéticas das Periferias, que ocupa diversos espaços culturais da cidade, promove mais um Torneio de Slams (foto acima). A iniciativa propõe um panorama da produção de poesia falada, reunindo coletivos da periferia de São Paulo. 6ª (30), das 19h às 21h, e sábado (31), das 17h às 21h, 14 grupos apresentam seus poemas na Casa das Rosas (Av. Paulista, 37, metrô Brigadeiro, 3285-6986). Os três primeiros colocados de cada dia concorrem na final, que ocupa o IMS (Av. Paulista, 2.424, metrô Paulista, 2842-9120) no domingo, às 15h. Grátis.

+ No Slam do Cordel – idealizado por um grupo de produtores, designers e artistas –, o microfone é aberto para o público, sem inscrições prévias. É assim que a batalha tem início: cada participante tem três minutos para declamar um poema de sua autoria. Após a performance, um júri popular levanta números impressos em xilogravura, com a nota que deseja dar. No fim do evento, tudo vira uma festa coletiva. A próxima edição ocorre em 6/9, às 18h, na Praça das Artes (Av. São João, 281, Centro). Grátis. Inf.: bit.ly/scordel

QUASE UM SARAU

Foto: Sergio Caddah

+ Idealizado em 2006 pela dupla Joana e Jean Garfunkel, que se apresenta na companhia de Pichu Borelli, o projeto Canto Livro promove shows temáticos inspirados nas obras de autores consagrados, unindo música e literatura. Nesta semana, tem apresentação de ‘Vou-me Embora pra Pasárgada’ (120 min.; 16 anos), espetáculo inspirado no universo lírico do poeta pernambucano Manuel Bandeira. CPF Sesc. R. Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar, Bela Vista, 3254-5600. Sáb. (31), 16h. Grátis. Inscrições no site sescsp.org.br/cpf

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.