Um roteiro de exposições interativas para ver em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um roteiro de exposições interativas para ver em São Paulo

Júlia Corrêa

15 de novembro de 2017 | 20h50

Ernesto Neto
Em ‘O Sagrado É Amor’, o artista carioca apresenta trabalhos inéditos, que convidam o público a desacelerar o ritmo do cotidiano e ativar seus sentidos. Entre as criações, há esculturas ‘vestíveis’ e fotos, além de uma instalação homônima (foto). Essa última obra é uma ‘árvore-escultura’, localizada em uma sala dominada por um vermelho forte, cor que o artista associa ao ‘chakra básico’, responsável pela energia física. O público pode se sentar ao redor dela e aproveitar o ambiente, onde predominam os aromas relaxantes de cravos e folhas de louro. Fortes D’Aloia e Gabriel. R. Fradique Coutinho, 1.500, V. Madalena, 3032-7066. 10h/19h (sáb., 10h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 2/12.

Foto: Gabriel de Souza

Rotorama
O artista Daniel Acosta criou para o Octógono da Pinacoteca uma plataforma (foto abaixo) redonda de madeira – com oito metros de diâmetro e dez centímetros de altura – que gira lentamente ao redor de seu eixo. O público poderá ficar de pé ou sentado sobre a estrutura, que causa a impressão de estar parada. O museu também recebe uma retrospectiva do modernista Di CavalcantiPinacoteca. Pça. da Luz, 2, Luz, 3324-1000. 10h/17h30 (fecha 3ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 5/2/2018.

Foto: Pinacoteca de São Paulo

Tempo Presente
Com curadoria de Amanda Dafoe e Rodrigo Villela, a mostra reúne instalações interativas de sete artistas brasileiros. Entre eles, estão Tomie Ohtake, Laura Vinci e a dupla Gisela Motta e Leandro Lima. Espaço Cultural Porto Seguro. Al. Barão de Piracicaba, 610, Campos Elísios, 3226-7361. 10h/19h (dom., 12h/19h). Grátis. Até 17/12.

Homeostase @ The Wrong
Com obras de mais de 150 artistas nacionais e internacionais, a mostra (foto abaixo) aborda a influência das novas tecnologias no fazer artístico. Com curadoria de Guilherme A.F.Brandão Fonseca e Julia Borges Araña, nomes como Olafur Eliasson e Jakob Kudsk Steensen exibem trabalhos que vão da interatividade à realidade virtual. Centro Cultural São Paulo. Piso Flávio de Carvalho. R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. Inauguração: 23/11. 10h/20h (sáb., dom., e fer., 10h/18h; fecha 2ª). Grátis. Até 28/1/2018.

Foto: Bruno Bez

Nirvana: Taking Punk to the Masses
A mostra exibe mais de 200 peças – entre fotos, instrumentos e objetos pessoais dos integrantes – que contam a história do trio. A exposição conta com áreas interativas, como uma em que o visitante pode ‘protagonizar’ a capa do disco ‘Nevermind’ e outra em que pode gravar seu próprio clipe da banda. Lounge Bienal. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, Ibirapuera, 5576-7640. 10h/19h (sáb., dom. e fer., 10h/20h; fecha 2ª). R$ 25/R$ 35. Até 12/12.

Tudo o que sabemos sobre:

exposiçõesDivirta-sepinacoteca de sp

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: