Última chance: sete exposições que saem de cartaz esta semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Última chance: sete exposições que saem de cartaz esta semana

Redação Divirta-se

29 de junho de 2017 | 17h47

IAC exibe obras de Hermelindo Fiaminghi. Foto: Instituto de Arte Contemporânea

Cícero Dias – Um Percurso Poético
Das referências às tradições populares até suas experiências com a abstração, Cícero Dias (1907-2003) construiu sua carreira entre Brasil e Europa. Sua obra é revisada na mostra com 125 trabalhos. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. 9h/21h (fecha 3ª). Grátis. Até dom. (2).

Contaminações
A mostra propõe um encontro entre nomes da literatura com outras linguagens artísticas. Assim, livros de Ignácio de Loyola Brandão, Sérgio Sant’Anna e Luiz Ruffato estão em diálogo com obras de artistas como Cristiano Mascaro e Eder Santos. Sesc Ipiranga. R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. 9h/21h30 (sáb., 10h/21h30; dom., 10h/18h; fecha 2ª). Grátis. Até 2/7.

Fiaminghi – Pensamentos Compostos
Hermelindo Fiaminghi (1920-2004) foi um dos pioneiros do movimento concreto no Brasil. A partir de seu acervo, o Instituto de Arte Contemporânea (IAC) remonta a trajetória do artista. IAC. R. Dr. Álvaro Alvim, 90, 1° andar, V. Mariana, 3255-2009. 10h/18h (sáb., 10h/ 16h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (1º).

Galeria Vermelho
Na instalação ‘The Sea You See Will Never Be the Sea I’ve Seen’, Carla Zaccagnini faz uma referência à tradição de montar pequenas réplicas de embarcações dentro de garrafas. A galeria ainda recebe obras de Angela Detanico, Rafael Lain, Cinthia Marcelle e Tiago Mata Machado. R. Minas Gerais, 350, Higienópolis, 3138-1520. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (1º).

Itinerância: 13ª Bienal Naïfs do Brasil
Além de 126 obras de nomes que fizeram parte da 13ª edição, é exibida uma seleção de criações sobre os 30 anos do evento. Sesc Belenzinho. R. Pe. Adelino, 1.000, 2076-9700. 9h/22h (dom. e fer., 9h/19h30; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (2).

Pedra no Céu
A coletiva propõe um diálogo entre a arquitetura do Museu Brasileiro da Escultura, projetado por Paulo Mendes da Rocha, e a obra de 25 artistas. Foram selecionadas criações de nomes como Carmela Gross e Daniel Buren. MuBE. Av. Europa, 218, Jd. Europa, 2594-2601. 10h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (2).

Rodrigo Andrade
O pintor exibe sua produção mais recente em ‘Duas Cavernas’. São cerca de 30 pinturas, marcadas pelo acúmulo de tinta, típico da produção do artista. Galeria e Anexo Millan. R. Fradique Coutinho, 1.360 e 1.416, V. Madalena, 3031-6007. 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (1º).

Tendências: