Última chance: quatro peças de teatro que encerram temporada esta semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Última chance: quatro peças de teatro que encerram temporada esta semana

Júlia Corrêa

04 Junho 2018 | 18h03

A Procura de Emprego
Ao lado de Rubens Rewald, o crítico e cineasta Jean-Claude Bernardet estreia na direção teatral com montagem de texto escrito em 1970 pelo francês Michel Vinave. A peça (foto abaixo) traz Eucir de Souza como Fage, um diretor de vendas desempregado que tem de lidar com problemas familiares – como a gravidez da filha, uma militante comunista. Em colapso financeiro e psicológico, ele é entrevistado por uma recrutadora, vivida por Magali Biff. 100 min. 12 anos. Sesc Santo Amaro. Teatro (221 lug.). R. Amador Bueno, 505, 5541-4000. 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 9/R$ 30. Até 10/6.

Foto: João Caldas

As 3 Uiaras de SP City
Com direção de Diego Moschkovish, a peça abre a Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos deste ano. O enredo aborda a violência sofrida pela população trans e travesti entre a década de 1980 e a atualidade. Com Danna Lisboa, Verônica Valenttino, Diego Chilio e outros. 90 min. 14 anos. CCSP. Espaço Cênico Ademar Guerra (100 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 20. Até 10/6.

Colônia
Há 60 anos, o hospício Colônia, em Barbacena, reunia pacientes que, em sua maioria, não eram ‘loucos’. Com direção de Vinícius Arneiro e atuação de Renato Livera, a peça reflete sobre significados do termo ‘colônia’. 60 min. 14 anos. Sesc Consolação. Espaço Beta (50 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. 2ª e 3ª, 20h. R$ 6/R$ 20. Até 12/6.

Jogos na Hora da Sesta
O Grupo MaMeMi encena texto da polonesa Roma Mahieu, cujo enredo traz um grupo de crianças que brincam no parque enquanto demonstram a brutalidade aprendida com os adultos. Escrita durante a ditadura militar argentina, a peça trouxe personagens infantis para driblar a censura ao falar de opressão. Dir. Sérgio Marques. 60 min. 14 anos. Vila Maria Zélia (50 lug.). R. Mário Costa, 13, Belém, 2081-4647. Sáb., 20h; dom., 17h. R$ 40. Até 10/6.