Teatro: peça dirigida por Gabriel Villela está entre as estreias da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Teatro: peça dirigida por Gabriel Villela está entre as estreias da semana

Redação Divirta-se

31 Outubro 2018 | 20h26

Por Bianca Gomes, Luciana Lino e Matheus Cordeiro (especiais para o Estado)

Estreias

Estado de Sítio
Com direção de Gabriel Villela, a peça é uma adaptação do texto do filósofo Albert Camus. Nela, uma cidade assolada pela Peste (Elias Andreato; foto abaixo) é usada para tratar de totalitarismo e medo. 90 min. 14 anos. Sesc Vila Mariana. Teatro (608 lug.). R. Pelotas, 141, 5080-3000. Estreia 5ª (8). 5ª e sáb, 21h; dom. e fer., 18h. R$ 12/R$ 40. Até 16/12.

Foto: João Caldas

O Relato de uma Morte que Aconteceu na Esquina
A intervenção, do grupo Folias d’Arte (foto abaixo), narra a morte de um morador de rua. O cortejo musical desfilará pela Rua Ana Cintra, com início em frente ao Galpão do Folias. Dir. Rogério Tarifa. 60 min. Livre. R. Ana Cintra, 213, Santa Cecília, 3361-2223. 2ª (5), 11 e 20/11, 14h. Grátis.

Foto: Cacá Bernardes e Bruna Lessa

Festival Yesu Luso
Em sua 3ª edição, o Festival recebe espetáculos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Macau, Moçambique e Portugal. Nesta semana, o destaque são as peças ‘Os Cadernos de Kindzu’ (130 min.,14 anos; foto abaixo), do grupo brasileiro Amok Teatro, na 5ª (8) e em 9/11, às 20h, no Sesc Campo Limpo
(R. Nossa S. do Bom Conselho, 120, 5510-2700); e ‘A Casa de Bernarda Alba’ (60 min., 16 anos), da portuguesa Cia. João Garcia Miguel, na 5ª (8) e nos dias 9 e 10/11, às 20h, no teatro do Sesc Santo Amaro (R. Amador Bueno, 505, 5541-4000). R$ 6/R$ 20. Inf.: bit.ly/YesuLuso18

Foto: Daniel Barboza

O Cara Mais Esperto do Facebook
Inspirada no livro do sírio Abud Said, a peça da Cia. dos Infames discute temas como amor, solidão e injustiça, além de trazer uma visão sobre o ativismo mediado pelas redes sociais. Dir. Henrique Zanoni. 50 min. 16 anos. Teatro Pequeno Ato (40 lug.). R. Teodoro Baima, 78, Vila Buarque, 99642-8350. Estreia sáb. (3). Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 40. Até 2/12.

ClímaX
A versão brasileira da montagem espanhola, dirigida por Rafael Salmana, traz contos de amor e ódio no qual as personagens têm suas histórias conectadas como um quebra-cabeça. 80 min. 14 anos. Teatro Jaraguá (265 lugares). R. Martins Fontes, 71, Bela Vista, 3255-4380. Estreia 6ª (2). 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 19h. R$ 60. Até 9/12.

Mesa Para Cinco
Com direção de Gabriela Lemos, a peça apresenta cinco amigos de infância que se reúnem em uma mesa de bar para animar um colega que acabou de sair de um longo relacionamento. 60 min. 14 anos. Espaço Cia da Revista (40 lug.). Al. Nothmann, 1.135, Santa Cecília, 3791-5200. Estreia sáb. (3). Sáb. e dom., 18h. R$ 40. Até 2/12.

Na Anatomia Oca dos Pássaros – Ensaio Lírico a Santos Dumont
Santos Dumont se torna o centro do drama apresentado pela Cia. Terranova, que traz uma mistura de teatro, música e euritmia. Dir. Dino Bernardi. 60 min. 14 anos. Teatro Itália (276 lugares). Av. Ipiranga, 344, metrô República, 3255-1979. Estreia 3ª (6). 3ª, 21h. R$ 40. Até 27/11.

Pança
Com texto de Leo Lama e atuação de Beto Magnani, a tragicomédia é inspirada na relação de Dom Quixote e Sancho Pança. Dir. Robert Coelho. 55 min. 14 anos. Cia Pessoal do Faroeste (40 lug.). R. do Triunfo, 305, República, 3362-8863. Estreia 6ª (2). 6ª e sáb., 22h. Pague quanto quiser. Até 22/12.

Poema Suspenso para uma Cidade em Queda
Encenada em quatro torres de andaimes de cinco metros de altura e baseada em experiências pessoais dos atores, a montagem, realizada pela Cia. Mungunzá de Teatro, trata sobre a sensação de paralisia do mundo moderno. Dir. Luiz Fernando Marques. 70 min. 14 anos. Teatro de Contêiner Mungunzá (99 lug.). R. dos Gusmões, 43, metrô Luz, 97632-7852. Estreia 6ª (2). 6ª, sáb., dom. e 2ª, 20h. Pague quanto quiser. Até 12/11.

Violento
A peça, que faz parte da programação ‘Corpos Negros nas Artes Cênicas’, conta a trajetória de um jovem negro atingido por diversas violações. Dir. Alexandre Sena. 60 min. 16 anos. Sesc Consolação. Espaço Beta (50 lugares). R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. Estreia 2ª (5). 2ª e 3ª, 20h. R$ 6/R$ 20. Até 18/12.

Reestreias

A Cantora Careca
Sob direção de Eduardo Tolentino de Araujo, a montagem, escrita pelo francês Eugéne Ionesco, conta com diálogos absurdos e irônicos entre os seis personagens. 60 min. 12 anos. Teatro João Caetano (430 lugares). R. Borges Lagoa, 650, Vila Clementino, 5773-3774. A partir de 6ª (2). 6ª e sáb, 21h; dom., 19h. R$ 30. Até 18/11.

Jogos na Hora da Sesta
O grupo Teatro da Vértebra encena texto da polonesa Roma Mahieu, cujo enredo traz um grupo de crianças que demonstram a brutalidade aprendida com os adultos. Dir. Sérgio Marques. 60 min. 14 anos. Teatro de Arena Eugênio Kusnet (99 lug.). R. Teodoro Baima, 94, V. Buarque, 3259-6409. A partir de sáb. (3). 6ª e sáb., 20h30; dom., 18h. R$ 30. Até 2/12.

Sutura
César Baptista dirige texto do escocês Anthony Neilson, que mostra a tentativa de um casal de reconstruir sua história de amor diante de uma notícia. Com Anna Cecilia Junqueira e Ivo Müller. 70 min. 16 anos. Teatro Alfredo Mesquita (198 lug.). Av. Santos Dumont, 1.770, Santana, 2221-3657. A partir de 6ª (2). 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 30. Até 25/11.

Musical

Chaplin, o Musical
O espetáculo, cuja versão brasileira é assinada por Miguel Falabella, acompanha a vida de Chaplin e sua importância para a evolução do cinema. No elenco, Jarbas Homem de Mello e outros. 150 min. Livre. Theatro Net (799 lug.) Shopping Vila Olímpia. R. Olimpíadas, 360, V. Olímpia, 3448-5061. A partir de sáb. (3). 5ª e 6ª, 21h; sáb., 17h e 21h; dom., 18h. 5ª, R$ 80; 6ª, R$ 75/R$ 150; sáb. e dom., R$ 75/R$ 160. Até 25/11.