Teatro: peça com Alessandra Negrini é uma das estreias da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Teatro: peça com Alessandra Negrini é uma das estreias da semana

Júlia Corrêa

09 de maio de 2019 | 15h20

Lançada em 2016, uma obra da escritora e roteirista brasileira Juliana Frank, sobre as aventuras e desventuras da personagem Charlotiê pela cidade de São Paulo, é a base da montagem homônima Uísque e Vergonha, adaptada por Michelle Ferreira e dirigida por Nelson Baskerville.

No elenco, estão reunidos Alessandra Negrini, Erika Puga, Gui Calzavara, Carcarah e Ester Laccava. Os cinco artistas, além de bonecos que aparecem no palco, interpretam 22 personagens, em um total de 37 cenas. Tudo isso num cenário caótico, cheio de referências aos locais frequentados pela protagonista – entre eles, seu quarto, um cemitério, uma sala de aula, um consultório, uma boate e uma praia.

Foto: João Caldas

É nessa ambientação que se desenrolam as relações da garota com personagens de sua família, como a própria mãe e a tia já morta, além de seu psicanalista e de seus namorados. Por meio dos relatos das experiências cotidianas da adolescente rebelde, marcados, sobretudo, por sua conduta irreverente, o público acompanha, ao longo da história, um universo urbano com elementos reais e, até mesmo, surreais.

80 min. 18 anos. ONDE: Teatro Novo (497 lug.). R. Domingos de Morais, 348, V. Mariana, 3542-4680. QUANDO: Estreia sáb. (11). 6ª e sáb., 21h30; dom., 19h. Até 7/7. QUANTO: R$ 50/R$ 60.

CONFIRA OUTRAS ESTREIAS

Bairro Caleidoscópio
A peça marca dez anos da Casa Gioconda. Diri- gido por Marcella Piccin, Thiago Carreira interpreta monólogo sobre problemas da vida moderna. 60 min. 12 anos. Casa da Gioconda (35 lug.). R. Conselheiro Carrão, 288, Bela Vista, 97102-1272. Estreia 6ª (10). 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 20 (valor sugerido). Até 16/6.

Boca de Ouro
O Grupo Oficcina Multimédia encena texto de Nelson Rodrigues, deslocando a trama do subúrbio para o interior de uma casa. 85 min. 14 anos. Sesc Santo Amaro. Teatro (279 lug.). R. Amador Bueno, 505, 5541-4000. Estreia 5ª (16). 5ª, 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 9/R$ 30. Até 9/6.

A Desumanização
Adaptação da obra de Valter Hugo Mãe, a peça mostra Halldora, que relembra as razões pelas quais deixou a cidade natal, na Islândia. Dir. José Roberto Jardim. Com Fernanda Nobre e Maria Helena Chira. 75 min. 16 anos. Sesc Santana. Teatro (330 lugares). Av. Luiz Dumont Villares, 579, 2971-8700. Estreia 6ª (10). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 12/R$ 40. Até 30/6.

Dois Perdidos numa Noite Suja
A montagem da peça de Plínio Marcos, sobre dois personagens à margem da sociedade, é dirigida por Marco Antônio Braz e traz no elenco os jovens atores Dom Capellari e Alex Lanutti. 70 min. 14 anos. Teatro de Arena (99 lug.). R. Dr. Teodoro Baima, 98, República, 3259-6409. Estreia 4ª (15), 20h. 5ª, 6ª e sáb., 20h; dom., 19h. R$ 20. Até 28/7.

Tudo o que sabemos sobre:

teatroNelson BaskervilleAlessandra Negrini

Tendências: