Teatro: montagem de ‘Dogville’, de Lars von Trier, está entre as estreias da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Teatro: montagem de ‘Dogville’, de Lars von Trier, está entre as estreias da semana

Júlia Corrêa

24 de janeiro de 2019 | 17h19

Montagem da obra-prima do cineasta dinamarquês Lars von Trier, a peça Dogville, dirigida por Zé Henrique de Paula, chega a São Paulo com grande elenco. Mel Lisboa, Eric Lenate, Fábio Assunção, Bianca Byington, Rodrigo Caetano e Chris Couto estão entre os 16 atores que interpretam a história ambientada no obscuro vilarejo que dá nome à peça.

A adaptação aos palcos pode despertar curiosidade entre aqueles que já assistiram ao filme. Afinal, o longa de 2003 já lança mão de toda uma estrutura teatral.

Foto: Renato Mangolin

Ironicamente, o diretor aposta no caminho inverso, incorporando à encenação recursos da linguagem cinematográfica, com projeções e videomapping.

Na história, a protagonista Grace – interpretada, nas telas, por Nicole Kidman e vivida agora por Mel Lisboa – é uma forasteira misteriosa que busca abrigo em Dogville. Ela é recebida por Tom Edison Jr. (Rodrigo Caetano), responsável por convencer os moradores a recebê-la.

Em agradecimento à acolhida, ela passa a oferecer serviços às famílias. Contudo, a situação chega a extremos quando, em um jogo perverso, eles passam a abusar de sua bondade.

100 min. 16 anos. ONDE: Teatro Porto Seguro (496 lug.). Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elísios, 3226-7300. QUANDO: Estreia 6ª (25). 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. Até 31/3. QUANTO: R$ 50/R$ 90.

CONFIRA OUTRAS ESTREIAS

Meu Quintal É Maior do que o Mundo
A obra ‘Livro Sobre Nada’, de Manoel de Barros, inspira o monólogo dirigido por Ulysses Cruz e estrelado por Cássia Kiss. 70 min. Livre. Teatro do Sesi (456 lug.). Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3146-7406. Estreia 5ª (31), 20h. 6ª e sáb., 20h; dom., 19h. Grátis (reserva pelo site: bit.ly/sesisp). Até 17/2.

Argumento contra a Existência de Vida Inteligente no Cone Sul
O Coletivo Labirinto, sob direção de Marina Vieira, encena texto do uruguaio Santiago Sanguinetti, com reflexões sobre o cenário político na América Latina. 85 min. 14 anos. CCSP. Espaço Cênico Ademar Guerra (70 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. Estreia 6ª (25). 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 24/2.

Ensaio sobre a Lucidez
Com direção de Fernando Nistch e dramaturgia de Marcos Barbosa, a Cia. da Revista apresenta uma livre adaptação do romance de José Saramago, abordando temas como a democracia. 100 min. 16 anos. Espaço Cia. da Revista (82 lug.). Al. Nothmann, 1.135, S. Cecília, 3791-5200. Estreia sáb. (26). Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 20. Até 31/3.

(In)justiça
Com direção de Miguel Rocha, a Companhia de Teatro Heliópolis aborda diferentes concepções de justiça a partir da história de um jovem que, involuntariamente, pratica um crime. 90 min. 14 anos. Casa de Teatro Maria José de Carvalho. R. Silva Bueno, 1.533, Ipiranga, 2060-0318. Estreia 6ª (25). 6ª e sáb., 20h; dom., 19h. Pague quanto quiser. Até 19/5.

Na Nuvem
Sob direção de Elias Andreato, a atriz Patrícia Gasppar apresenta solo com divagações entre ficção e realidade sobre temas como memória e passagem do tempo. 70 min. 12 anos. Teatro Cacilda Becker (198 lug.). R. Tito, 295, Lapa, 3864-4513. Estreia 6ª (25). 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 30. Até 10/2.

Mais conteúdo sobre:

teatroDogvillelars von trier