Teatro: dez peças para ver em SP por até R$ 30
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Teatro: dez peças para ver em SP por até R$ 30

Júlia Corrêa

22 de abril de 2019 | 15h20

Foto: Ale Virgílio

O Aniversário de Jean Lucca

Com estética que remete ao Teatro do Absurdo, a peça (foto acima) escrita e dirigida por Dan Nakagawa mostra os preparativos para a festa de aniversário de um menino, que nunca aparece em cena. Seus pais são moradores de um luxuoso condomínio e sentem-se ameaçados pela babá, que organiza o evento, e pelas pessoas que vão chegando na casa da família. 60 min. 14 anos. Teatro Sérgio Cardoso. Sala Paschoal Carlos Magno (144 lug.). R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, 3288-0136. dom. e 2ª, 20h; sáb., 19h. R$ 30. Até 2/5.

Insones

Com texto de Victor Nóvoa e direção de Kiko Marques, a peça mostra quatro personagens passam 365 noites em claro aguardando o ano seguinte. São abordados, assim, temas como o atual excesso de estímulos. 55 min. 14 anos. Tusp. Sala Multiuso (72 lug.). R. Maria Antônia, 294, V. Buarque, 3123-5233. 5ª, 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 20. Até 26/5.

Chá e Catástrofe

‘Escaped Alone’, texto da inglesa Caryl Churchill, ganha montagem dirigida por Regina Galdino. A peça traz no elenco as atrizes Clarisse Abujamra, Selma Egrei, Chris Couto e Agnes Zuliani e mostra três senhoras que se reúnem para seu tradicional chá da tarde. Em meio a conversas sobre o cotidiano, são surpreendidas pela presença de uma intrusa, em um encontro acaba por revelar, com ironia, a solidão e as dificuldades de comunicação entre elas. 50 min. 14 anos. CCSP. Sala Jardel Filho (321 lug.). R. Vergueiro, 1.000, Paraíso, 3397-4002. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 20. Até 12/5.

De Volta a Reims

Escrita por Reni Adriano e dirigida por Cácia Goulart, a peça é inspirada no relato autobiográfico do filósofo francês Didier Eribon. Em cena, Pedro Vieira interpreta a história de um intelectual que retorna à sua terra natal e encontra um cenário político completamente diferente do que o de 30 anos atrás. 90 min. Livre. Viga Espaço Cênico. Sala Viga (73 lug.). R. Capote Valente, 1.323, metrô Sumaré, 3801-1843. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 30. Até 26/5.

A Queda

Dirigido por Nelson Baskerville, o solo de Marcello Airoldi mostra um homem em queda livre, com um pássaro a lhe arrancar as vísceras – uma metáfora para a renovação de valores e crenças do personagem. 60 min. 16 anos. Sesc Pompeia. Espaço Cênico (60 lug.). R. Clélia, 93, 3871-7700. 5ª, 6ª e sáb., 21h30; dom. e fer., 18h30. R$ 20. Até 5/5.

Foto: José Limongi

Tom na Fazenda

Idealizada pelo ator Armando Babaioff, que também integra o elenco, a peça (foto acima) é baseada na obra do canadense Michel Marc Bouchard – já adaptada para o cinema pelo diretor Xavier Dolan. Na história, o publicitário Tom vai ao funeral de seu companheiro realizado em uma área rural, onde descobre que a sogra o desconhecia e também não sabia que o filho era gay. A partir disso, o personagem é envolvido em um perigoso jogo familiar. A direção é de Rodrigo Portella. 120 min. 18 anos. Sesc Santo Amaro. Teatro (279 lug.). R. Amador Bueno, 505, 5541-4000. Sáb. (27), 21h; dom. (28), 19h. R$ 9/R$ 30.

Rilke

Sob direção de Arieta Corrêa, o ator Ivo Müller interpreta monólogo que aborda o universo do poeta de língua alemã (1875-1926) Rainer Maria Rilke a partir de sua produção epistolar. 60 min. 12 anos. Sesc Pinheiros. Auditório (98 lug.). R. Paes Leme, 195, 3095-9400. 5ª, 6ª e sáb., 20h30. R$ 7,50/R$ 25. Até 11/5.

Se Fosse Fácil, Não Teria Graça

Partindo do relato pessoal do diagnóstico de esclerose múltipla, o palhaço e ator Nando Bolognesi faz um ‘sitdowntragedy’ bem-humorado sobre sua situação. 80 min. 14 anos. Tucarena (150 lug.). R. Monte Alegre, 1.024, Perdizes, 3670-8455. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 20. Até 26/5.

Soror

Caco Ciocler dirige peça escrita por Luisa Micheletti, que atua com Daniel Infantini, Fernanda Nobre e Geraldo Rodrigues. No enredo, um encontro entre as figuras femininas da Gênese – Eva e Lilith. 80 min. 18 anos. Sesc Ipiranga. Teatro (200 lug.). R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 9/R$ 30. Até 5/5.

Tecelão. Trama Cênica Metropolitana

Marcos Damigo apresenta solo baseado em manuscritos de seu bisavô operário, morto em 1912 durante surto de meningite, em um período de intensas transformações urbanas em São Paulo. 60 min. 12 anos. Biblioteca Mário de Andrade. Auditório. (170 lug.). R. da Consolação, 94, Consolação, 3775-0002. 2ª, 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 29/4.

Tudo o que sabemos sobre:

teatro em são paulo

Tendências: