Teatro: dez peças em São Paulo com ingressos por até R$ 30
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Teatro: dez peças em São Paulo com ingressos por até R$ 30

Júlia Corrêa

29 de julho de 2019 | 18h58

Piso Molhado
Com texto de Ed Anderson e direção de Mauro Baptista Vedia, a peça mostra o encontro entre três personagens singulares: uma cantora, um pianista e um encanador. Presos ao caos urbano, eles vivem reféns das próprias neuroses. Com Patrícia Gasppar, Helio Cicero, Carlos Palma e Valéria Pedrassoli. 70 min. 12 anos. Espaço Parlapatões (100 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 158, Consolação, 3258-4449. 3ª e 4ª, 21h. Sessão extra: 1º/8, 21h. R$ 20. Até 11/9.

As Atrizes
Léo Stefanini dirige comédia assinada por Juca de Oliveira, sobre a rivalidade entre uma atriz consagrada e outra jovem e ambiciosa. Com Angela Dippe, Renata Ricci e outros. 75 min. 10 anos. Teatro Opus (751 lug.). Shopping Villa Lobos. Av. das Nações Unidas, 4.777, Alto de Pinheiros, 4003-1212. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 20. Até 11/8.

Bartleby
Na peça do Núcleo Caixa Preta, inspirada na obra de Herman Melville, um escriturário não se opõe às investidas de seu chefe, mas, com o bordão ‘prefiro não’, consegue resistir às ordens do patrão. A convivência deles desperta uma sucessão tragicômica de acontecimentos. 80 min. 14 anos. Teatro Arthur de Azevedo. Sala Multiuso (50 lug.). Av. Paes de Barros, 955, Mooca, 2605-8007. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 4/8.

Coisas que Você Pode Dizer em Voz Alta
A DeSúbito Cia. apresenta peça sobre o despertar da sexualidade, os conflitos e os questionamentos de uma adolescente em sua busca por autoconhecimento. Dir. Ricardo Henrique. 70 min. 12 anos. CCSP. Sala Adoniran Barbosa (622 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. 3ª e 4ª, 20h. R$ 20. Até 4/9.

O Caso Severina
Inspirada em uma notícia de jornal, a peça da Fraternal Companhia de Arte e Malas-Artes propõe reflexões sobre a violência contra a mulher a partir da história de uma agricultora e mãe de cinco filhos, que manda matar o próprio pai. 70 min. 16 anos. Espaço do Folias (99 lug.). R. Ana Cintra, 213, S. Cecília, 3361-2223. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 20. Até 18/8.

Foto: Nataly Cavalcanti

Diana
Celso Frateschi (foto acima) apresenta nova versão da peça, encenada pela primeira vez em 1999. Ele dá vida a um professor que, desesperançoso com as relações humanas, apaixona-se por uma escultura de Victor Brecheret. Dirigido por Rudifran Pompeu, o trabalho integra o projeto Teatro Mínimo. 60 min. 14 anos. Sesc Ipiranga. Auditório (30 lug.). R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. 6ª, 21h30; sáb., 19h30; dom., 18h30. R$ 6/R$ 20. Até 4/8.

De Esperança, Suor e Farinha
Com texto de Paula Giannini, que também atua com o diretor Amauri Ernani, o espetáculo reúne cinco monólogos que dão voz a personagens ‘invisíveis’ de cada região do País. O trabalho integra a Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos. 90 min. 12 anos. CCSP. Sala Jardel Filho (321 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 20. Até 11/8.

A Noite dos Mortos-vivos
Idealizada por Paula Picarelli e Ronaldo de Morais, que também atuam, a peça traz ainda Flávio Falcone e Nilcéia Vicente para abordarem diferentes histórias ligadas ao uso de drogas. 80 min. 16 anos. Sesc Consolação. Espaço Beta (50 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. 2ª e 3ª, 20h. R$ 6/R$ 20. Até 27/8.

O Nome das Coisas
Interpretado por Suia Legaspe, o solo é inspirado em contos, poemas e reflexões da escritora portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen, cujo centenário é celebrado em 2019. Aos domingos, após as sessões, ocorre um ciclo de debates sobre a autora. Dir. Henrique Zanoni. 60 min. 12 anos. SP Escola de Teatro (60 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 210, Consolação, 3775-8600. 6ª, sáb. e 2ª, 21h; dom., 19h. R$ 20. Até 5/8.

Vem Buscar-me que Ainda Sou Teu
O Núcleo de Estética Teatral Popular remonta a peça de Carlos Alberto Soffredini, sob direção de Renata Soffredini, filha do dramaturgo. Em cena, atores como Bete Dorgam, Ian Soffredini e Yael Pecarovich, além de um grupo de músicos, interpretam a história dos bastidores de uma companhia de circo-teatro. 120 min. 14 anos. Teatro Municipal João Caetano (438 lug.). R. Borges Lagoa, 650, V. Clementino, 5573-3774. Sáb., 21h; dom., 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 4/8.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.