‘Super 16’, no CCBB, exibe clássicos em 16 mm
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Super 16’, no CCBB, exibe clássicos em 16 mm

Rafael Sousa Muniz de Abreu

24 de março de 2016 | 15h49

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

A mostra Super 16, realizada pelo CCSP de sábado (26) até 6/4, se dedica a um formato importante para o cinema, criado na década de 1920 e considerado um meio difusor do cinema por décadas. Na programação, cuja exibição é toda em películas 16 mm, 26 filmes clássicos, como ‘Paixões que Alucinam’ (1963, foto), de Samuel Fuller, são exibidos.

A seguir, confira a programação desta semana.

Sáb. (26):

15h – Quando Morre o Dia (1941), de Henry Hathaway.

17h15 – Cidadão Kane (1941), de Orson Welles.

19h30 – Roma, Cidade Aberta (1945), de Roberto Rossellini.

Dom. (27):

15h – Crimes da Alma (1950), de Michelangelo Antonioni.

17h – De Crápula a Herói (1959), de Roberto Rossellini.

20h – O Dever Conjugal (1965), de Marco Ferreri.

3ª (29):

15h – Divórcio à Italiana (1960), de Pietro Germi.

17h15 – Fogo de Outono (1936), de William Wyler.

19h30 – Algemas Partidas (1960), de Philip Leacock.

4ª (30):

15h – Paixões que Alucinam (1963), de Samuel Fuller.

17h15 – Dersu Uzala (1975), de Akira Kurosawa.

20h15 – Fuga de Nova York (1981), de John Carpenter.

5ª (31):

15h – O Grande Ditador (1940), de Charles Chaplin.

17h30 – O Jovem Frankenstein (1974), de Mel Brooks.

19h30 – Júlia (1977), de Fred Zinnemann.

Serviço: Centro Cultural São Paulo (CCSP). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. R$ 1.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.