Sopas, fondues e bares aconchegantes para aproveitar neste inverno
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sopas, fondues e bares aconchegantes para aproveitar neste inverno

Lucineia Nunes

27 de junho de 2019 | 17h36

Em padarias, bares e restaurantes, confira boas opções para provar nos dias mais frios.

SOPAS EM PADARIAS

+ As sopas voltam ao menu da Santo Pão. Na simpática boulangerie, o chef Gustavo Young prepara opções como caldinho de feijão-preto com bacon e couve frita (R$ 21), creme de mandioquinha com crispy de alho-poró, e sopa de cebola francesa (R$ 26, cada), acompanhadas de torradinhas. R. Padre João Manuel, 968, Jd. Paulista, 2309-5594. 8h/22h (dom., 8h/21h).

+ Até o fim do inverno, a Dona Deôla monta seu tradicional bufê de sopas, com seis versões a cada dia, incluindo receitas vegetarianas. Entre as novidades da temporada, estão o creme de espinafre com queijo brie e o creme de tomate com leite de coco e bacon. Também não faltam os sabores mais pedidos, como caldo verde e canja (R$ 41,90, à vontade, com acompanhamentos). R. Cotoxó, 901, Perdizes, 3871-2656. 24h (fecha dom., 22h/6h).

Minestrone de frango da Padoca di Napoli (Foto: Mauro Holanda)

+ Durante a estação, caldos e cremes integram o cardápio da Padoca Di Napoli. Boa pedida para qualquer hora do dia, há sugestões como sopa de feijão, creme de mandioquinha, minestrone de frango (foto) e creme de palmito. Servidas à la carte, as sopas custam R$ 17,90, cada, ou R$ 23,90, com uma taça de vinho. Av. Rouxinol, 214, Moema, 2507-3764. 6h/22h.

+ Servido diariamente, a partir das 18h, o caprichado festival de sopas da St. Etienne – com antepastos, pães, saladas, embutidos e até pratos quentes – ganha uma seção com quitutes juninos, de 6ª a domingo, que inclui canjica, bolo de milho, pinhão e maçã do amor. Entre as opções de sopas, há creme de abóbora com gorgonzola, creme de palmito e de cogumelos (R$ 42,90, à vontade). Av. Diógenes Ribeiro de Lima, 2.555, Alto de Pinheiros, 3021-1200. 24h.

+ Depois de uma reforma, a Bella Paulista ganhou um salão mais amplo e novidades também no cardápio. Na estação de sopas, montada das 18h às 4h, há sempre canja, caldo verde, uma receita vegana e outras duas opções que se revezam diariamente, como a ‘Tailandesa’, de curry, camarão e leite de coco (R$ 48, à vontade; ou R$ 23, cada). R. Haddock Lobo, 354, Cerqueira César, 3129-8340. 24h.

+ Na padaria A Trigueira, o bufê de sopas é servido o ano inteiro, a partir das 18h, com direito a pães, bolos e doces (R$ 36,90, à vontade). São quatro opções de sopas por dia, com um rodízio de receitas, como caldo de carne com legumes e creme de espinafre com gruyère. R. Demóstenes, 805, Campo Belo, 5531-7158. 6h/23h.

SOPAS EM RESTAURANTES

+ O 150 Maksoud quer tornar as noites de inverno mais reconfortantes com seu festival de sopas. Até 10/8, quem for ao restaurante do hotel Maksoud Plaza encontrará um variado bufê montado de 2ª a sábado, entre 19h e 23h30. Treze receitas integram o cardápio – como caldo verde, sopa de cebola e de abóbora com carne-seca –, além de acompanhamentos, saladas, pães, queijos e frios (R$ 60). R. São Carlos do Pinhal, 424, Bela Vista, 3145-8000. 6h/0h (6ª e sáb., 6h/1h).

Festival de sopas do Consulado Mineiro (Foto: Luís Simione)

+ O caldo verde (foto) é um dos hits do Festival de Sopas, Cremes e Caldos do Consulado Mineiro. Em sua 3ª edição, o evento ocorre de 5ª a sábado, a partir das 19h, nas duas unidades de Pinheiros. No bufê (R$ 42, à vontade), figuram opções como canjiquinha com costelinha, sopa de alho-poró e creme de mandioquinha. Para acompanhar, há desde torresmo até cuscuz de carne de sol. Pça. Benedito Calixto, 74, Pinheiros, 3064-3882. 11h45/0h (dom. e fer., 11h45/23h).

+ O Zillis Bar Lounge & Restaurante apresenta uma seleção de sopas, apenas de 2ª a 6ª. No almoço, o bufê reúne três sabores (R$ 39,90, à vontade); e, à noite, são servidos seis tipos (R$ 49,90, à vontade). Entre as opções, sopa de cebola e cremes de mandioquinha com carne-seca e de cenoura com gengibre e mel. Av. Ibirapuera, 2.927, Moema, 2161-2228. 6h/1h (sáb. e dom., 6h/0h).

Sopa de ervilha com hortelã do Spot (Foto: Tadeu Brunelli)

+ Até o fim de julho, a temporada de sopas do Spot traz uma receita diferente a cada semana. São elas: ervilha com hortelã (foto); pera com alho-poró; banana com curry; e caldo verde (R$ 39, cada). Sucesso entre os clientes há 25 anos, as sopas de pera e de banana foram criadas pelas sócias Maria Helena Guimarães e Lygia Lopes. Al. Ministro Rocha Azevedo, 72, Bela Vista, 3283-0946. 12h/15h e 19h30/1h (sáb., 12h/17h e 19h30/1h; dom., 12h/17h e 19h30/0h).

+ Sob o comando do chef Carlos Bertolazzi, o descontraído Zena Caffè também insere receitas quentinhas no menu. São três sugestões que prometem chegar fumegantes à mesa: o clássico capelete in brodo, o minestrone al pesto e o creme de abóbora, que vem com um toque de coalhada (R$ 48, cada). R. Peixoto Gomide, 1.901, Jd. Paulista, 3081-2158. 12h/0h (6ª e sáb., 12h/1h).

+ Com origem permeada de lendas, a sopa de pedra é feita no Rancho Português com feijões-vermelhos, orelha de porco, caldo de carne e temperos (R$ 32). Até o fim do inverno, ela figura no cardápio ao lado de outras três opções: caldo verde com chouriço (R$ 30), sopa de frutos do mar (R$ 48) e creme de aspargos (R$ 28). Av. dos Bandeirantes, 1.051, V. Olímpia, 2639-2077. 12h/23h (6ª e sáb., 12h/0h; dom., 12h/18h).

+ Garçons vestidos de Lampião ou Maria Bonita se encarregam de levar à mesa os caldos do festival do Baião Cozinha Nordestina. Entre as oito variedades servidas à la carte, há pedidas como a sopa de costelinha com macaxeira (R$ 17,50), o creme de queijo servido no pão (R$ 18,90) e o caldinho de camarão (R$ 20). R. Traipu, 91, Pacaembu, 4306-2078. 11h/0h (6ª e sáb., 11h30/3h; dom. e fer., 11h/18h).

FONDUES

+ Uma seleção de fondues de queijo, carne e chocolate belga compõem o menu especial do Praça São Lourenço, em cartaz até 21/7, no jantar. A degustação dos três tipos sai por R$ 269, para dois. Quem optar pela de carnes mistas paga R$ 155. R. Casa do Ator, 608, V. Olímpia, 3053-9300. 12h/15h e 19h/23h30 (6ª, até 0h30; sáb., 12h/ 17h e 19h/0h30; dom., 12h/17h).

Fondue do Konstanz (Foto: Wellington Nemeth)

+ Casa de culinária alemã, o Konstanz realiza mais uma temporada de fondues – prato ideal para compartilhar à mesa nas noites frias de inverno. No menu, tem desde a clássica fondue de queijo suíço e mostarda, servida com salsichas (R$ 188), até a fondue de chocolate belga, acompanhada de frutas (R$ 119). Também não faltam, claro, as opções com carne, a exemplo da ‘Fondue da Casa’ (R$ 169; foto), com filé mignon, molhos e pães. Todas servem duas pessoas. Av. Aratãs, 713, Moema, 5543-4813. 12h/1h (sáb., 9h30/1h; dom., 9h30/18h).

+ Duas fondues estreiam no festival do Bananeira, a ‘Oriental’, com queijos gruyère e emental, cogumelos e saquê; e a de queijos servida com camarão-rosa. O ‘combo’, com fondues salgada e doce, sai por R$ 199, para dois. R. Mal. Hastimphilo de Moura, 419, V. Suzana, 3542-4630. 12h/15h e 18h/0h (sáb., 12h/17h e 19h/0h; dom. e fer., 12h/17h; fecha 2ª).

+ O requintado Parigi serve três tipos de fondue no jantar. Duas são à base de queijo, como a ‘Du Brasseur’, que leva emental, gruyère, mostarda Dijon e cerveja escura (R$ 236, para dois). A outra é a ‘Fondue Au Chocolat’, com frutas frescas (R$ 114, para dois). R. Amauri, 275, Itaim Bibi, 3167-1575. 12h/15h e 19h/0h30 (6ª, 12h/16h e 19h/1h; sáb., 19h/1h; dom., 12h/17h).

+ No Geppetto Cucina, as fondues entram em cena como sugestão de sobremesa. A escolha fica entre chocolate meio amargo da Dengo ou branco (R$ 69,90, cada, para dois), na companhia de uva, morango, banana e biscoitos. R. Bandeira Paulista, 405, Itaim Bibi, 3078-4735. 12h/15h e 19h/0h (4ª e 5ª, até 1h; 6ª, 12h/16h e 19h/1h; sáb., 12h/1h; dom., 12h/0h).

Fondue do Bistrot di Paris (Foto: Wellington Nemeth)

+ Localizado em uma pequena vila comercial nos Jardins, o charmoso Bistrot de Paris apresenta uma série de pratos para a estação, a exemplo das fondues. Uma delas é feita com queijos suaves, vinho branco e kirsch (R$ 79, por pessoa). Outra opção traz a fondue de queijo acompanhada de tábua de frios (R$ 96, por pessoa). Para a doçura final, a dica é a versão de chocolate, servida com frutas da estação e madeleines (R$ 42, por pessoa). Em tempo, o chef Alain Poletto também prepara a típica ‘Soupe à L’Oignon’ (R$ 40), sopa de cebola francesa coberta com massa folhada. R. Augusta, 2.542, Jd. Paulista, 3063-1675. 12h/15h e 19h/23h30 (6ª, até 0h; sáb., 12h/17h e 19h/0h; dom., 12h/16h; fecha 2ª).

+ O ambiente aconchegante e com ares de casa de campo do Felix Bistrot é perfeito para dividir as fondues. A clássica de queijo (R$ 122) vem com pão artesanal, batata sauté e tomate-cereja. Já a de chocolate com frutas custa R$ 79. R. José Felix de Oliveira, 555, Granja Viana, 4702-3555. 12h/15h e 19h/22h (6ª, até 23h; sáb., 12h/16h e 19h/23h; dom., 12h/17h; fecha 2ª).

+ Fundado há 40 anos em Belo Horizonte e desde 2001 na capital paulista, o Chalezinho ficou conhecido por seu ambiente ao estilo dos chalés suíços e seu cardápio amplo de fondues, com destaque para as de filé mignon (R$ 152, 500g) e de queijos emental, gruyère e estepe (R$ 116). Há também degustações, várias fondues doces e até opção vegana. R. Itapimirum, 11, Morumbi, 3501-9322. 18h/0h (6ª e sáb., 18h/1h; fecha dom.).

BARES

+ Em um edifício dos anos 1920, o Drosophyla Bar ostenta uma decoração ao mesmo tempo extravagante e acolhedora, com lustres antigos, pinturas nas paredes e piso de madeira. O casarão, bem aquecido, é ideal para esta época do ano. Do menu, caldinhos ajudam a esquentar ainda mais. Entre as receitas, a do caldo tailandês ‘Tom Kha Gai’ (R$ 16) leva frango em cubos, leite de coco, cogumelos, gengibre, capim-limão e especiarias. Na carta de drinques, o ‘Negroni Unforgetable’ (R$ 35) é feito com Campari, tequila, vermute e licor de café. R. Nestor Pestana, 163, Consolação, 3120-5535. 19h/1h (6ª e sáb., 20h/3h; fecha dom. e 2ª).

Adega Santiago (Foto: Rômulo Fialdini)

+ Em suas três unidades, a Adega Santiago oferece mantinhas para os clientes e tem aquecedores espalhados pelos ambientes. Na do Jardim Paulista (foto), a fachada com tijolos aparentes e plantas traz ainda um clima de montanha. No cardápio, as sugestões para o inverno incluem a ‘Feijoada de Polvo’ (R$ 178, para dois), com polvo, feijão-vermelho, feijão-manteiga e broa de milho. Outra opção é o ‘Bacalhau com Broa’ (R$ 198, para dois), servido com bacalhau em postas, batatas e broa de milho. Entre os coquetéis, o ‘Vieux Carré’ (R$ 35) leva uísque americano, licor de xerez, vermute tinto Carpano, licor Bénédictine e bitter. R. Sampaio Vidal, 1.072, Jd. Paulista, 3081-5211. 12h/15h e 19h/0h (6ª e sáb., 12h/0h; dom., 12h/22h; 2ª, 12h/15h e 19h/23h).

+ O clima caloroso do Sancho Bar y Tapas, com luz baixa e néon vermelho, combina com os dias mais frios – assim como o ‘Cocido Madrileño’ (R$ 15), ensopado típico espanhol feito com grão-de-bico, legumes e carne. O cardápio, que foi totalmente renovado, inclui ainda receitas como o ‘Rabo de Toro’ (R$ 43), rabada bovina acompanhada de polenta. Da carta de drinques, o novo ‘Adônis’ (R$ 32) leva xerez, vermute Dolin Rouge e bitter de laranja. R. Augusta, 1.415, Consolação, 3141-1956. 12h/0h (5ª, 12h/1h; 6ª e sáb., 12h/2h; 2ª, 12h/14h30 e 17h/0h).

+ Aberto há menos de um mês, o Baixo MiCi fica no porão do restaurante MiCi, em Perdizes. A entrada adjacente leva a um ambiente aconchegante, com mesas para duas pessoas e uma namoradeira. O bar serve releituras de clássicos como o ‘Rabo de Galo’ (R$ 26), feito com cachaça Serra das Almas, vermute e bitter de laranja – perfeito para se esquentar nos dias mais frios. Assim como no restaurante, a cozinha brasileira é o que compõe o menu – no caso, em porções menores, para comer com as mãos, como a empanada de costela cozida (R$ 9). R. Ministro Ferreira Alves, 244, Perdizes, 3871-5294. 19h/0h (sáb., 19h30/0h; fecha dom. a 4ª).

Canaille Bar (Foto: Frederic Laplace)

+ Além de mantinhas e aquecedores, o Canaille Bar (foto) reúne boas opções de vinho para experimentar no inverno, como o tinto Côtes du Ventoux Emotion (R$ 95, a garrafa). Para acompanhá-lo, a sugestão é pedir os croquetes de cassoulet (R$ 18), feitos com a típica ‘feijoada’ branca francesa, com geleia de pimenta. Já o queijo St. Marcelin ao forno (R$ 34), servido derretido com alecrim, vai bem com o rosé La P’Tite Annie (R$ 19, a taça; R$ 93, a garrafa). A carta de vinhos conta com 66 marcas, 25 delas orgânicas, naturais ou biodinâmicas. E, de 3ª a 6ª, das 18h às 20h, o happy hour da casa serve entre seis e oito opções de vinhos em taça, cujas marcas mudam toda semana. R. Cristiano Viana, 390, Cerqueira César, 3898-3102. 12h/15h e 18h/0h (6ª, 12h/15h e 18h/0h30; sáb., 12h30/17h e 19h/ 0h30; dom., 12h30/17h; fecha 2ª).

Tendências:

  • Netflix divulga as 5 séries internacionais preferidas do público brasileiro
  • Projeta Brasil do Cinemark apresenta filmes brasileiros por apenas R$ 4
  • Glória Maria faz cirurgia para remover lesão cerebral e passa bem
  • ‘Sonic - O Filme’: Internautas aprovam ‘reforma’ do personagem; assista
  • Lollapalooza Brasil 2020: confira o line up por dia