São Paulo Companhia de Dança apresenta novas coreografias
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

São Paulo Companhia de Dança apresenta novas coreografias

Júlia Corrêa

30 de maio de 2019 | 16h47

A São Paulo Companhia de Dança dá início à temporada 2019, ‘Sem Fronteiras’, com dois programas. Na 5ª (6) e nos dias 7 e 8/6, às 20h, e em 9/6, às 17h, o primeiro deles conta com a estreia de ‘Agora’ (20 min.), coreografia de Cassi Abranches sobre os significados do tempo, e com a pré-estreia do novo trabalho do canadense Édouard Lock (50 min.; foto), cuja trilha sonora ‘desconstrói’ trechos de óperas do período romântico.

Foto: Édouard Lock

O segundo programa, nos dias 13, 14 e 15/6, às 20h, e em 16/6, às 17h, reúne três produções. A primeira é a inédita ‘A Morte do Cisne’ (3 min.), a partir do solo criado em 1907 por Michel Fokine. A segunda, ‘Balé Pulcinella’ (40 min.), coreografia neoclássica do italiano Giovanni Di Palma, dirigida por William Pereira. E a terceira é ‘Suíte Para Dois Pianos’ (21 min.), com movimentos criados por Uwe Scholz a partir da música de Rachmaninoff.

Livre. Teatro Sérgio Cardoso. Sala Sérgio Cardoso. (835 lug.). R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, 3288-0136. R$ 40/R$ 65.

CONFIRA OUTRAS DICAS DE DANÇA

Balé Nacional da China
A companhia apresenta ‘Lago dos Cisnes’, clássico de Tchaikovsky, em coreografia dirigida por Natalia Makarova. 150 min. Livre. Credicard Hall (4.170 lug.). Av. das Nações Unidas, 17.955, S. Amaro, 4003-5588. Sáb. (1º), 21h; dom. (2), 15h. R$ 50/R$ 350.

Cão Sem Plumas
A Cia. de Dança Deborah Colker apresenta coreografia inspirada no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto. Em cena, os bailarinos aparecem cobertos de lama, e seus passos evocam ‘homens-caranguejos’ – uma referência à população ribeirinha do rio Capibaribe, cuja pobreza é descrita no poema. 70 min. Livre. Teatro Sérgio Cardoso. Sala Sérgio Cardoso. (835 lug.). R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, 3288-0136. 6ª (31) e sáb. (1º), 20h; dom. (2), 17h. R$ 75/R$ 120. Até dom. (2).

Eco
Dois solos independentes, dirigidos por Alejandro Ahmed e Renato Turnes, ganham interpretação de Karin Serafin, em espetáculo ligado a aspectos como a imitação, a repetição e a memória. 50 min. 16 anos. Sesc Avenida Paulista. Av. Paulista, 119, Bela Vista, 3170-0800. 5ª (6), 7 e 8/6, 20h30; 9/6, 17h30. R$ 6/R$ 20.

Gesto Coreográfico 4: Gestus 4.13
A edição do projeto, que propõe a partilha entre um criador de trajetória consolidada e um grupo emergente, traz os resultados do encontro entre Daniel Kairoz – diretor do Terreyro Coreográfico – e o Núcleo KASA. 40 min. Livre. Centro de Referência da Dança (70 lug.). Baixos do Viaduto do Chá, s/nº, metrô Anhangabaú, 3214-3249. 2ª (3), 3ª (4) e 4ª (5), 19h. Grátis.

Sons d’Oeste
Parte do projeto (Re)Existência do Povo Negro, o espetáculo da Trupe Benkady une diferentes ritmos e movimentos tradicionais da cultura mandingue. 60 min. Livre. Sesc Parque Dom Pedro II. Pça. São Vito, s/nº, Brás, 3111-7400. Dom. (2), 15h. Grátis.

Tendências: