Retrospectiva Luchino Visconti exibe 17 filmes do diretor italiano no CineSesc
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Retrospectiva Luchino Visconti exibe 17 filmes do diretor italiano no CineSesc

André Carmona

28 de fevereiro de 2018 | 20h23

Luchino Visconti. Foto: CineSesc

O CineSesc (R. Augusta, 2.075, Cerqueira César, 3087-0500) foi à Cinemateca Nazionale de Roma para coletar cópias em 35mm de dez filmes do cineasta italiano Luchino Visconti – um dos maiores de todos os tempos. Entre 5ª (1º) e 14/3, a Restrospectiva Luchino Visconti exibirá um total de 17 longas do diretor, como os clássicos ‘Rocco e Seus Irmãos’ (1960), ‘O Leopardo’ (1963) e ‘Ludwig’ (1973). Nascido no seio de uma família nobre, Visconti fez da decadência da aristocracia um de seus temas preferidos. Os ingressos têm valor de R$ 12.

A seguir, veja a programação completa da mostra, com filmes, datas e horários.

As Bruxas

Filme com cinco episódios, dirigidos por Mauro Bolognini (Senso Cívico), Vittorio De Sica (Uma Noite Como as Outras), Pier Paolo Pasolini (A Terra Vista da Lua), Franco Rossi (A Siciliana) e Luchino Visconti (A Bruxa Queimada Viva). No segmento de Visconti, Gloria (Silvana Mangano) é uma atriz que decide fugir do assédio dos jornalistas e paparazzi e se hospeda num chalé da amiga Valeria (Annie Girardot), que festeja seu aniversário de casamento. Gloria é cortejada por dois homens, um dos quais é o marido de Valeria (Francisco Rabal), e joga com a rivalidade despertada entre eles. Após um desmaio, Gloria se dá conta de que está grávida. 5ª (1º), às 19h, e 13/03, às 14h.

Violência e Paixão

Um velho professor (Burt Lancaster), colecionador de pinturas que retratam grupos familiares, vê seu modo de vida austero e sua intimidade alterados ao alugar para a marquesa Bianca Brumonti (Silvana Mangano) um apartamento de sua propriedade no andar superior ao seu. Bianca instala ali seu amante, Konrad (Helmut Berger), e a filha Lietta (Claudia Marsani) com seu namorado, Stefano (Stefano Patrizi). A vulgaridade dos inquilinos incomoda o professor, mas a personalidade de Lietta e de Konrad, que possui um passado de ativismo político, acaba aproximando-o da família. Mas essa convivência será abalada por um conflito inesperado, desencadeado por Stefano. 5ª (1º), às 21h, e 8/3, às 18h30.

Vagas Estrelas da Ursa

Sandra (Claudia Cardinale) e o marido, Andrew (Michael Craig), partem de Genebra para um breve retorno à cidade de Volterra, na Toscana, para uma homenagem ao pai dela, morto num campo de concentração nazista durante a II Guerra. A volta ao antigo palacete da família, o reencontro com a mãe  (Marie Bell), internada em uma clínica psiquiátrica, o padrasto (Renzo Ricci) e a chegada do irmão, Gianni (Jean Sorel), deixam-na perturbada. Suspeitas sobre a deportação do pai e a revelação de um segredo oculto no passado da família aumentam a tensão do encontro, com desdobramentos imprevisíveis. 6ª (2), às 19h, e 12/3, às 19h30.

Belíssima

Maddalena Cecconi (Anna Magnani) inscreve a filha, Maria (Tina Apicella), em um concurso que vai eleger a mais bela criança de Roma e que atuará em um filme do diretor Alessandro Blasetti (interpretado por ele próprio). Madalena se sacrifica para pagar um fotógrafo, uma professora de balé e de recitação, costureira e cabeleireira para aumentar as chances da menina. Contraria o marido (Gastone Renzelli), que não concorda com essa obsessão, e enfrenta a difícil concorrência de centenas de mães, que também lutam pela chance de estrelato de suas filhas. E a pressão sobre a criança se torna brutal. Sábado (3), às 19h, e 12/3, às 14h.

Morte em Veneza

Na adaptação do romance homônimo de Thomas Mann, o musicista Gustav von Aschenbach (Dirk Bogarde) está hospedado, em 1911, em um hotel no Lido de Veneza para se restabelecer de uma crise de estresse. Nos salões do hotel e na praia, se depara com o adolescente Tadzio (Björn Andrésen), filho de uma nobre polonesa, e fica encantado com sua beleza. Seus olhares são percebidos e correspondidos de forma ambígua pelo rapaz, em um jogo secreto que só faz aumentar a paixão despertada no músico. Abalado, Gustav decide deixar a cidade. Mas, a pretexto de um contratempo com a bagagem, retorna quando são descobertos sinais de uma epidemia. Sábado (3), às 21h, e 11/3, às 18h30.

O Leopardo

Baseado no romance de Giuseppe Tomasi di Lampedusa, drama histórico, vencedor da Palma de Ouro em Cannes, mostra a chegada dos revolucionários de Giuseppe Garibaldi à Sicília e seu impacto na nobreza local, que teme perder privilégios. Em 1860, a notícia do desembarque das forças revolucionárias em Marsala interrompe as orações no palácio do príncipe Fabrizio di Salina (Burt Lancaster). Tancredi (Alain Delon), seu sobrinho, se alista nas fileiras garibaldinas e Salina vê na iniciativa uma forma de manter seus privilégios. Percebe também a ascensão da burguesia, na figura do prefeito dom Calogero (Paolo Stoppa), e atua para unir seu sobrinho à filha dele, Angelica (Claudia Cardinale). Domingo (4), às 17h30, e 9/3, às 18h,

O Estrangeiro

Na adaptação do romance homônimo de Marcel Camus, ambientado na Argélia colonial, Marcello Mastroianni é Meursault, francês de origem argelina que recebe a notícia da morte da mãe, que vivia em uma clínica. Sua indiferença diante do corpo choca os funcionários. No dia seguinte, Mersault reencontra Marie (Anna Karina), uma antiga colega de trabalho, e testemunha em favor de Raymond (Georges Géret), acusado de agredir a amante, despertando o desejo de vingança por parte de alguns árabes. No confronto que culmina com a morte de um deles, Meursault se vê envolvido em um processo no qual o que menos interessa é a punição pelo crime. Domingo (4), às 21h, e 10/3, às 18h30.

Nós, as Mulheres

Filme composto por cinco episódios (incluindo um prólogo, dirigido por Alfredo Guarini), idealizado por Cesare Zavattini, nos quais uma atriz interpreta a si mesma no dia a dia, com direção de quatro cineastas: Alida Valli, por Gianni Franciolini; Ingrid Bergman, por Roberto Rossellini; Isa Miranda, por Luigi Zampa; e Anna Magnani, por Luchino Visconti. No episódio de Visconti, Anna Magnani pega um táxi a caminho do teatro onde vai se apresentar e se nega a pagar um adicional pelo transporte de seu cachorro. Ela reclama para um policial, mas ele a multa por não possuir licença para condução do animal. Mas o caso ainda está longe de ser solucionado. 5/3, às 19h, e 14/3, às 14h.

Senso / Sedução da Carne

Durante a luta pela reunificação da Itália, em meados do século XIX, quando Veneza ainda estava sob ocupação da Áustria, a condessa Livia Serpieri (Alida Valli), casada com o conde Serpieri (Heinz Moog), apaixona-se pelo tenente austríaco Franz Mahler (Farley Granger), a quem entrega o dinheiro destinado ao esforço de guerra dos patriotas italianos, que lhe havia sido confiado por seu primo, o marquês Ussoni (Massimo Girotti). À custa de trair seu país, Livia continua fiel ao amante e tenta, mesmo assim, protegê-lo, temerosa de que a vitória italiana coloque sua vida em risco. Baseado em conto homônimo de Camillo Boito. 5/3, às 21h, e 10/3, às 21h.

Noites Brancas

Mario (Marcello Mastroianni) é um jovem e solitário empregado transferido para a cidade de Livorno, onde encontra Natalia (Maria Schell) durante seus passeios noturnos. Arredia, ela acaba lhe confidenciando que está apaixonada por um homem (Jean Marais), inquilino de sua avó, que não vê há um ano, mas que prometeu reencontrá-la naquele local. Apaixonado pela moça, Mario consegue encontrá-la mais vezes, na esperança de que supere o antigo amor, mas a possibilidade de retorno do misterioso inquilino está sempre presente. Baseado no conto homônimo de Fiódor Dostoiévski, ganhou o Leão de Prata de melhor direção no Festival de Veneza. 6/3, às 19h, e 11/3, às 21h.

Obsessão

Gino Costa (Massimo Girotti) é um desocupado que entra no bar de Bragana (Juan de Landa) e acaba se insinuando para a mulher dele, Giovanna (Clara Calamai). De comum acordo, ela e Gino planejam a morte de Bragana, simulando um acidente de carro, que acaba levantando suspeitas da polícia. O relacionamento entre os dois amantes entra em crise, com o medo de Giovanna de que ele possa se desinteressar dela a qualquer momento. Ela ajuda Gino a cuidar do restaurante, mas o clima de desconfiança se acentua. Baseado no romance O Destino Bate à sua Porta, de James M. Cain. 6/3, às 21h, e 12/3, às 21h30.

Ludwig

Versão restaurada do filme, que recupera a montagem inicial de quatro horas de duração idealizada pelo diretor, acompanha a trajetória de Ludwig II, o Rei Louco da Baviera, morto aos 40 anos em circunstâncias misteriosas. Coroado em 1864, Ludwig (Helmut Berger) é mecenas do compositor Richard Wagner (Trevor Howard) e nutre uma paixão platônica pela prima Elisabeth (Romy Schneider), imperatriz da Áustria. Dois anos depois, com a entrada da Baviera na guerra austro-prussiana, contra sua vontade, Ludwig encontra oposição por ser considerado excêntrico. Envergonhado por sua decadência, busca refúgio nas artes e tem sua capacidade mental questionada por opositores palacianos. 7/3, às 19h, e 10/3, às 14h.

Rocco e seus Irmãos

Com a morte do marido, Rosaria (Katina Paxinou) parte da Lucânia, região pobre do sul da Itália, para Milão com quatro filhos: Simone (Renato Salvatori), Rocco (Alain Delon), Ciro (Max Cartier) e Luca (Rocco Vidolazzi). Eles vão se reunir com Vincenzo (Spiros Focás), o irmão mais velho, que migrou primeiro para o norte rico e industrializado em busca de um futuro melhor. Simone, que sonha vencer na vida como pugilista, se envolve com uma prostituta, Nadia (Annie Girardot), que o troca por Rocco, o mais suave e terno dos irmãos, e termina sendo pivô da tragédia que marca a vida dos dois e dela própria. 8/3, às 14h, e 12/03, às 16h.

Os Deuses Malditos

Ambientado na Alemanha durante o período nazista, com referências a Macbeth, de William Shakespeare, drama aborda a decadência da família Von Essenbeck, industriais do ramo siderúrgico. Em 1933, o patriarca Joachim von Essenbeck (Albrecht Schoenhals) reúne a família para passar a direção da siderúrgica ao oficial da SA Konstantin (Reinhard Kolldehoff), num gesto para agradar ao partido nazista. Indignado, o liberal HerbertThallman (Umberto Orsini) se demite e se refugia no exterior.  No mesmo dia, Joaquim é assassinado e as suspeitas recaem sobre Herbert. Mas há mais interesses na morte de Joaquim que envolvem a família Von Essenbeck. 8/3, às 21h, e 13/3, às 16h.

A Terra Trema

Na adaptação para o cinema do romance I Malavoglia, de Giovanni Verga, falado em dialeto siciliano e com atores não profissionais, Visconti cria um quase documentário para narrar a história do pescador ‘Ntoni Valastro (Antonio Arcidiacono), que se rebela contra os atacadistas de peixe no povoado de Aci Trezza, e hipoteca a casa para se tornar independente com sua família. Mas, durante uma pescaria promissora, perde o barco em uma tempestade, é obrigado a vender o peixe a um preço vil e não tem mais como recuperar a casa, tornando-se odiado no povoado e vendo sua família se dispersar. Vencedor do prêmio internacional do Festival de Veneza. 9/03, às 14h, e 13/03, às 19h.

O Inocente

Inspirado no romance de Gabriele D’Annunzio e ambientado na sociedade aristocrática do século XIX, Tullio Hermil (Giancarlo Giannini) mantém um casamento apenas formal com Giuliana (Laura Antonelli), que aceita sem demonstrar reação o relacionamento do marido com a amante, a condessa Teresa Raffo (Jennifer O’Neill). Num período de ausência dos dois, Giuliana conhece o escritor Filippo d’Arborio (Marc Porel), com quem também se envolve.  Sentindo que está perdendo a mulher, Tullio se reaproxima e propõe a reconciliação. Quando tudo parece caminhar para uma nova e estável vida conjugal, Tullio descobre que a mulher está grávida do escritor. 9/3, às 21h30, e 14/03, às 16h.

Boccaccio 70

Filme com quatro episódios, dirigidos por Mario Monicelli (Renzo e Luciana), Federico Fellini (As Tentações do Dr. Antonio), Vittorio De Sica (A Rifa) e Luchino Visconti (O Trabalho), tendo como pano de fundo a sátira ao moralismo e ao puritanismo dos anos 1960, conceitualmente inspirado em Giovanni Boccaccio, autor de Decameron. No episódio dirigido por Visconti, Pupe (Romy Schneider) que teve sua conta bancária bloqueada pelo pai, passa a cobrar do marido, o conde Ottavio (Tomas Milian), pagamento por sexo. A exigência começa como um jogo bizarro, mas Pupe passa a acreditar que as relações matrimoniais são uma forma de prostituição. Baseado no conto Au Bord du Lit, de Guy de Maupassant. 11/03, às 14h, e 14/3, às 18h30.

 

Tendências: