Quibi: direto ao ponto
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quibi: direto ao ponto

A coluna 'No Sofá' é publicada aos domingos no caderno impresso Na Quarentena, também disponível online

Redação Divirta-se

12 de abril de 2020 | 06h00

Murilo Busolin

@murilobusolin no Instagram

Estamos em 2020, vivendo uma época totalmente atípica, passando feriados dentro de nossas casas para salvar não só a nossa, mas a vida de outras pessoas e porque não investir em mais uma plataforma de streaming para o nosso bom e velho entretenimento?

A bola da vez é o Quibi, um aplicativo de conteúdos originais com duração de, no máximo 10 minutos, desenvolvido para ser assistido apenas em aparelhos móveis.

Quibi disponibiliza conteúdos curtos, de até 10 minutos de duração.

A novidade, que chegou na última segunda-feira (6) no Brasil,  não vai entrar na guerra com as gigantes Amazon Prime Video, Netflix, Hulu, Globoplay e outras, já que o foco é diferente e somente baseado em produções curtas, seguindo a linha de sucesso dos Stories do Instagram e do ‘hypado’ TikTok.

Nomes nada básicos como Steven Spielberg, que assinou contrato para produzir títulos como a série de terror After Dark, LeBron James, Jennifer Lopez e Reese Whiterspoon estão por trás das primeiras apostas da plataforma.

O clássico programa de piadinhas da MTV, Punk’d ,ganhou uma nova roupagem na plataforma, com apresentação do rapper Chance The Rapper. Liam Hemsworth e Sophie Turner são outras estrelas presentes nas 50 produções já disponíveis no aplicativo.

Como o foco do Quibi é mantê-lo conectado apenas pela tela do seu celular para que você consuma o conteúdo rapidamente, os vídeos ficam disponíveis tanto na vertical, como na horizontal. Pontos negativos? Ainda não existem opções de legendas em português e muito menos a reprodução em sua Smart TV.

O produto foi desenvolvido por Jeffrey Katzenber, cofundador da Dreamworks e pela executiva Meg Withman, e conta com US$ 1,7 bilhão investido por produtoras como Disney, Warner Bros e Sony Pictures.

Custo? Gratuito nos primeiros três meses de uso e logo após a assinatura passa a custar R$ 32,90 mensais. Pode se encontrado na App Store e também na Play Store.

Quibi é originado da expressão ‘quick bites’, ou seja, é um aplicativo que chega para oferecer os mais novos e deliciosos petiscos do mundo audiovisual. Bom apetite!

CONECTE-SE

Como um presente de Páscoa, o Cine Belas Artes disponibilizou, de graça (até dia 15), o seu programa de streaming A La Carte. Um prato cheio de filmes cults, aproveite! https://bit.ly/3aXRkDJ

Virou burburinho: a série documental A Máfia dos Tigres (Netflix) é o assunto do momento nas redes sociais. Bizarra, polêmica e baseada em fatos reais. https://bit.ly/3c5IeEZ

A série documental é o assunto do momento no Twitter.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: