As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Questão indígena é tema de novo filme de Lucia Murat

Rafael Sousa Muniz de Abreu

30 Julho 2015 | 16h58

A primeira vez que Lucia Murat entrou em contato com os índios Kadiwéu foi em 1999, ao filmar seu longa ‘Brava Gente Brasileira’. A Nação que Não Esperou por Deus, documentário dirigido por ela, com a codireção de Rodrigo Hinrichsen, surge de uma nova visita à tribo, em 2013 e 2014.

Na mais de uma década que separa os dois encontros, a eletricidade chegou ao lugar. Alguns integrantes da tribo que atuaram no filme de Murat se mudaram para a cidade, outros ingressaram em igrejas evangélicas e uma parcela passou a enfrentar os pecuaristas com quem disputam a posse de um território.

No longa, de ritmo contemplativo, são os depoimentos dos próprios indígenas que suscitam questionamentos sobre suas existências. Da identidade étnica à manutenção de tradições, as perguntas são feitas, mas não respondidas.