Quatro passeios para fazer a pé no aniversário de São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quatro passeios para fazer a pé no aniversário de São Paulo

Redação Divirta-se

24 de janeiro de 2020 | 05h00

Uma seleção de passeios que propõem caminhadas pela cidade

Caminhada Fotográfica
A Casa-Museu Ema Klabin promove caminhada fotográfica pelas ruas do Jardim Europa, com a intenção de registrar suas características e observar como o bairro se desenvolveu ao longo dos anos. Os participantes podem usar desde câmeras analógicas até as de celulares. R. Portugal, 43, Jd. Europa, 3897-3232. Sáb. (25), 14h30/16h30. Grátis (inscrições pelo site: www.emaklabin.org.br).

Free Walking Tour
A iniciativa, que promove passeios guiados por pontos turísticos e regiões das cidades – em especial para turistas, com guias falando em inglês – fará uma edição especial com caminhada narrada em português. Entre os locais a serem visitados estão Praça da República, Mosteiro de São Bento, Edifício Copan, Bolsa de Valores, Teatro Municipal, Pátio do Colégio, Viaduto do Chá, Catedral da Sé, Faculdade de Direito do Largo São Francisco, entre outros. Pça. da República (ponto de encontro: ao lado do Centro de Informações Turísticas). Sáb. (25), 10h40/14h30. Pague quanto quiser (reservas pelo site: bit.ly/fwt20).

Passeio a Pé

Foto: Luan Araújo

Para comemorar o aniversário de São Paulo, o CCBB promove uma caminhada pelo centro da cidade. No trajeto, cartões-postais como Praça da Sé, Largo São Bento e o Pátio do Colégio. Na volta, a sugestão é que os participantes conheçam o prédio que abriga a instituição e aproveitem sua programação gratuita. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, metrô São Bento, 4298-1270. Sáb. (25), 11h/15h. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

São Paulo de Todos os Povos
O Museu Memória do Bixiga e o Museu Judaico de São Paulo promovem caminhada comemorativa pelos 466 anos de São Paulo. Os participantes partem do museu no Bexiga e passam por pontos tradicionais do bairro, como a Praça Dom Orione, a Escadaria e a Igreja de Nossa Senhora da Achiropita. Ao meio-dia, a parada é para saborear o tradicional bolo de aniversário da cidade. Depois, o passeio segue até o Museu Judaico, onde o público poderá participar de dança circular e visitar a exposição ‘Judeus e Xangai: Famílias Europeias Refugiadas, nas Décadas de 1930 e 1940’. A última parada é na Ocupação 9 de Julho (R. Álvaro de Carvalho, 427, Centro), com atrações como música, dança africana e barracas de comidas de vários países. Museu da Memória do Bixiga. R. dos Ingleses, 118, Morro dos Ingleses, 2691-3501. Sáb. (25), 11h. Grátis

Tendências: