As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Alice Através do Espelho’ está entre estreias de cinema da semana

Rafael Sousa Muniz de Abreu

26 de maio de 2016 | 16h26

Alice Através do Espelho continua a história adaptada da obra de Lewis Carroll e dirigida por Tim Burton em ‘Alice no País das Maravilhas’. No novo longa, de James Bobin, Alice (Mia Wasikows- ka) tenta impedir um plano do Senhor do Tempo (Sacha Baron Cohen), que pretende transformar o País das Maravilhas num mundo sem vida.

 

Dirigido por Jodie Foster, o thriller O Jogo do Dinheiro se volta para o mercado financeiro. Lee Gates (George Clooney), um apresentador de um programa de investimento, é surpreendido por Kyle (Jack O’Connell) – ele invade o estúdio enquanto o show está sendo gravado e passa a ameaçar Gates de morte.

 

O Botão de Pérola, vencedor do prêmio de melhor roteiro no Festival de Berlim de 2015, é um documentário poético. No longa, Patricio Guzmán parte do significado e da importância da água para a história da humanidade com o intuito de abordar a história do Chile, com tribos indígenas quase extintas e oprimido pela ditadura militar.

 

Ponto Zero, primeiro longa de José Pedro Goulart, conta a história de Ênio (Sandro Aliprandini), um adolescente tímido. Enquanto sofre bullying na escola, tem de fazer companhia à mãe (Patricia Selonk). Ressentida pela ausência do pai do garoto (Eucir de Souza), que trabalha demais, ela desconta a frustração do relacionamento nele.

 

ESTREIAS

 

A Garota do Livro
(The Girl in the Book, EUA/2015, 88 min.) – Drama. Dir. Marya Cohn. Com Emily VanCamp, Michael Nyqvist, Ana Mulvoy Ten. Alice, filha de um agente literário poderoso e assistente de uma editora de livros, tem o sonho de ser escritora. Ao trabalhar no lançamento de um livro de um dos antigos clientes de seu pai, ela tem de enfrentar um passado incômodo.

Os Outros
(Brasil/2016, 70 min.) – Documentário. Dir. Sandra Werneck. O filme gira em torno dos covers mais fiéis possíveis de determinados artistas. No caso, de Roberto Carlos (Carlos Evanney), Cazuza (Pepê Moraes) e Ivete Sangalo (Edson Júnior/Scarleth Sangalo). Na tela, o filme aborda a interação que essas imitações fazem com a própria personalidade dos artistas.

Peppa Pig, as Botas de Ouro e Outras Histórias
(Peppa Pig, Reino Unido/2016, 62 min.) – Animação. Dir. Phillip Hall e Joris van Hurzel. Com Lily Snowden-Fine, Morwenna Banks, Richard Ridings. O filme é uma coletânea de vários curtas animados da Peppa Pig, uma porquinha que é protagonista do programa infantil homônimo.

Roteiro de Casamento
(Me Casé Con un Boludo, Argentina/2016, 110 min.) – Comédia. Dir. Juan Taratuto. Com Valeria Bertuccelli, Adrian Suar, Maria Alché. Uma atriz novata, casada com o diretor do filme em que atua, se apaixona pelo protagonista do mesmo longa. O triângulo tem uma peculiaridade: aos poucos, ela percebe que é atraída pelo personagem, e não pelo ator.

São Sebastião do Rio de Janeiro – A Formação de uma Cidade
(Brasil/2015, 90 min.) – Documentário. Dir. Juliana de Carvalho. O filme se volta para o surgimento da cidade do Rio de Janeiro, abordando suas transformações ao longo dos anos. O longa consiste em imagens de arquivo, simulações em 3D, imagens atuais e depoimentos.

Uma Noite em Sampa
(Brasil/2016, 75 min.) – Comédia. Dir. Ugo Giorgetti. Com Otávio Augusto, Cris Couto e Siomara Schröder. Um grupo de pessoas do interior de São Paulo viaja à capital para assistir a uma peça de teatro. No fim do espetáculo, o motorista do ônibus que faria a viagem de volta desaparece e deixa o veículo trancado. Desorientado, o grupo espera que algo o liberte da situação.

O Valor de um Homem
(La Loi du Marché, França/2015, 93 min.) – Drama. Dir. Stéphane Brize. Com Vincent Lindon, Karine de Mirbeck, Matthieu Schaller. Desempregado há meses, Thierry consegue um trabalho. Mas a conquista da vaga, suscita uma pergunta: deve aceitar tudo para mantê-la? Indicado à Palma de Ouro em Cannes 2015, o longa rendeu o prêmio de melhor ator a Vincent Lindon no festival. 14 anos. Reserva Cultural.