Ponte Aérea: 7 dicas para aproveitar a semana no Rio de Janeiro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ponte Aérea: 7 dicas para aproveitar a semana no Rio de Janeiro

Humberto Abdo

15 de fevereiro de 2018 | 17h43

Atualizado 16 de fevereiro, às 17h45

Por Kamille Viola (especial para o Estado)

AVISO: A Prefeitura do Rio de Janeiro cancelou o evento Temperou Fest Rio. Por isso, as informações foram retiradas desta seção.

Foto: Gustavo Baxter/ALICANTE

Considerado o primeiro evento do gênero no País, a Bienal de Arte Digital, em cartaz no Oi Futuro, faz uma reflexão sobre a experimentação de novas linguagens artísticas com o uso de ferramentas digitais e tecnologias inovadoras, traçando um panorama da produção atual. Cerca de 20 artistas de países diferentes participam da exposição. Entre as obras, está a instalação ‘Bloques Erráticos’, do chileno Daniel Cruz. Com inspiração na preservação das geleiras, o trabalho traz 49 garrafas iluminadas. Já ‘Espelho Sonoro’, do brasileiro Rodrigo Ramos, busca proporcionar uma experiência imersiva nas paisagens sonoras da cidade. ‘Movimentos Negros’, da alemã Carla Chan, é uma videoinstalação imersiva que vem do fascínio da artista pelas transformações naturais e simula a formação e o desmembramento de uma massa amorfa. Oi Futuro Flamengo. R. Dois de Dezembro, 63, Flamengo, (21) 3131-3060. 11h/20h (fecha 2ª). Até 18/3. Grátis. Inf.: bienalartedigital.com/programacao-rio

Foto: Fernando Maia/Riotur

CARNAVAL
O Monobloco chega à maioridade em 2018 – e seu concorrido desfile, que sempre ocorre no domingo depois do carnaval, muda-se este ano para o Aterro do Flamengo. O bloco, que tem o cantor Pedro Luís à frente, ganhou um presente de Moraes Moreira: a música ‘Amor de Carnaval’, composta especialmente para o cordão. Além da canção, eles apresentam versões carnavalescas de sucessos de artistas brasileiros como Lulu Santos, Skank e Gilberto Gil, entre outros. Coreto Modernista. Aterro do Flamengo. Trajeto: segue pelo Aterro, com dispersão no MAM (Av. Infante Dom Henrique, 85). Dom. (18), 6h (concentração) e 9h/12h (desfile). Grátis.

Foto: CCBB/Reprodução

CINEMA
O CCBB apresenta duas programações que dialogam com a exposição ‘Ex Africa’, em cartaz no espaço. A mostra O Cinema de John Akomfrah: Espectros da Diáspora exibe, até 5/3, filmes do diretor ganês-inglês, que, em sua obra, reflete sobre o racismo e as ramificações contemporâneas do colonialismo. Entre os longas, ‘O Último Anjo da História’ é exibido no domingo (18), às 19h. Hoje (16), a partir das 23h30, ainda tem a festa Moo de Carnaval: Conexões Africanas, com DJs como Bruno Baltazar e Joutro Mundo (Jonas Rocha) e músicas de matriz africana e ritmos percussivos. CCBB. R. 1º de Março, 66, Centro, (21) 3808-2000. Grátis. Inf.: bit.ly/afrccbb

Foto: Warley Venancio

BALADA
Inspirada na ilha grega que batiza a festa, a Mykonos Rio ocupa o terraço da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) Lagoa durante boa parte do verão. A decoração do espaço é toda branca com detalhes azuis – com direto até a igreja e moinhos, como na Grécia. O bufê também tem inspiração mediterrânea. E a trilha sonora passeia pelas vertentes da house music e da nu disco – neste sábado (17), ela fica a cargo dos Djs Bee Alvezz, Carol Emmerick, DDP e Etto. Associação Atlética Banco do Brasil Lagoa. Av. Borges de Medeiros, 829, Leblon, (21) 97222-6638. Sáb., 16h. R$ 70/R$ 100. Até 24/2.

Foto: Rafael Ramos

MÚSICA
O Tropical Sound System Vol. 4 apresenta a sensação do carnaval baiano: Àttøøxxá (pronuncia-se “atocha”). Sucesso com a música ‘Elas Gostam (popa da bunda)’, gravada ao lado de Márcio Victor, do Psirico, o grupo do produtor Rafa Dias une bass music (eletrônico com ênfase nos graves) a sonoridades brasileiras como o pagode e o funk, e vem sendo chamado de “o novo BaianaSystem”. A noite conta também com o coletivo carioca Heavy Baile, formado por DJ Leo Justi, MC Thelinho e DJ Thai, que mistura o funk a estilos como trap, dancehall e bmore. Circo Voador. R. dos Arcos, s/nº, Lapa, (21) 2533-0354. Hoje (16), 22h (abertura dos portões). R$ 80.

Foto: Guga Melgar

TEATRO
Aos 95 anos, 76 deles em cena, a atriz e cantora Bibi Ferreira é homenageada em Bibi, Uma Vida em Musical. Com direção-geral de Tadeu Aguiar, o espetáculo passeia pela vida e obra da artista. Ela é interpretada pela atriz Amanda Acosta (foto), que começou como cantora no grupo mirim Trem da Alegria e já estrelou diversos musicais. Amanda viveu, por exemplo, Eliza Doolittle na montagem paulista de ‘My Fair Lady’ de 2006 – papel que foi de Bibi, na clássica primeira versão brasileira da peça americana, em 1962. 10 anos. 165 min. Teatro Oi Casa Grande (926 lug.) Av. Afrânio de Melo Franco, 290, Leblon, (21) 2511-0800. 5ª e 6ª, 20h; sáb., 17h e 21h; dom., 18h. R$ 50/150. Até 1/4.

AVISO: A Prefeitura do Rio de Janeiro cancelou o evento Temperou Fest Rio. Por isso, as informações foram retiradas desta seção.

Tudo o que sabemos sobre:

ponte aéreaRio

Tendências: