Peça que ironiza grandes musicais está entre as estreias de teatro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Peça que ironiza grandes musicais está entre as estreias de teatro

Júlia Corrêa

25 Maio 2017 | 17h37

Foto: Leekyung Kim

Com texto e direção de Dan Rosseto, o espetáculo Enquanto as Crianças Dormem questiona o que as pessoas são capazes de fazer pelos seus sonhos. Nele, Rosseto propõe o que chama de um ‘antimusical tragicômico’, em que critica, com ironia, o modelo exuberante dos musicais estrangeiros. Com esses dois motes, a peça narra a história de Kelly. Vivida por Carol Hubner, a personagem é uma atendente de lanchonete que sonha em se tornar uma atriz da Broadway. Sem grandes esperanças, ela canaliza suas fantasias para o dia a dia, e encara momentos de sua rotina como números de um musical. Além da crítica ao formato, entre expectativas e desilusões da protagonista, o enredo expõe o preço e as consequências da ambição. 110 min. 14 anos.

Teatro Aliança Francesa (226 lug.). R. General Jardim, 182, V. Buarque, 3572-2379. Estreia 4ª (31). 4ª e 5ª, 20h30. R$ 50. Até 27/7. 

CONFIRA OUTRAS ESTREIAS DE TEATRO

Afinação-Ajuste
Em cena, duas peças dirigidas por Georgette Fadel. Na primeira, ela vive a pensadora Simone Weil.
Na segunda, três homens emitem opiniões superficiais. 120 min. 14 anos. Companhia do Feijão (40 lug.). R. Dr. Teodoro Baima, 68, República, 3259-9086. Estreia 3ª (30). 3ª e 4ª, 21h. R$ 30. Até 21/6.

Jogo do Amor e da Morte
Um homem contrata uma mulher para lhe acompanhar por cinco noites, nas quais representam personagens frustrados no amor. Dir. Eliseu Paranhos. 80 min. 14 anos. Casa dos Fagundes (20 lug.). Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1.239, V. Mariana, 99331-9366. Estreia sáb. (27). Sáb., 21h; dom., 20h. R$ 60. Até 26/8.

Por Isso Fui Embora
Desiludida, a escritora Cires se envolve com vários homens. Entre eles, Martin, casado com Pérola. Com Joaquim Lopes e Juliana Knust. Dir. Regis Faria. 70 min. 14 anos. Teatro Vivo (274 lug.). Av. Dr. Chucri Zaidan, 2.460, Morumbi, 3279-1520. Estreia 6ª (26). 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 40/R$ 80. Até 16/7.

Sutil Violento
A Companhia de Teatro Heliópolis encena peça sobre pequenas agressões cotidianas. 90 min. 14 anos. Casa de Teatro Maria José de Carvalho (48 lug.). R. Silva Bueno, 1.533, Ipiranga, 2060-0318. Estreia sáb. (27). 6ª e sáb., 20h; dom., 19h. Grátis. Até 27/8.