Peça com Ary Fontoura e Ana Lucia Torre está entre as estreias de teatro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Peça com Ary Fontoura e Ana Lucia Torre está entre as estreias de teatro

Júlia Corrêa

06 Abril 2017 | 17h57

Foto: João Caldas

Foto: João Caldas

A trama familiar Num Lago Dourado, clássico do cinema interpretado, em 1981, por Katharine Hepburn, Henry Fonda e Jane Fonda, ganha uma adaptação brasileira para os palcos de teatro.

Sob direção de Elias Andreato, os atores Ary Fontoura e Ana Lucia Torre dão vida a Norman e Ethel Thayer, um casal que vai passar as férias às margens de um rio paradisíaco e recebe a visita da complicada filha Chelsea, interpretada por Tatiana de Marca, que encarrega os pais de cuidarem do enteado, enquanto viaja com o marido.

A relação deles com o garoto – inicialmente perturbadora, mas depois marcada por ternura – é o centro do texto de Ernest Thompson, que salienta, entre outros temas, a redescoberta do afeto familiar. 90 min. 10 anos.

Teatro Renaissance (448 lug.). Al. Santos, 2.233, Jd. Paulista, 3069-2286. Estreia sáb. (8). 6ª e sáb., 21h30; dom., 18h. R$ 80. Até 2/7. 

 

Confira outras estreias da semana:

Oeste Verdadeiro
Mario Bortolotto dirige mais um texto de Sam Shepard. A peça traz os conflitos entre os irmãos Austin, um roteirista de cinema, e Lee, um rapaz errante que se sustenta por meio de roubos. 90 min. 16 anos. Teatro & Bar Cemitério de Automóveis (35 lug.). R. Frei Caneca, 384, Consolação, 2371-5743. Estreia 6ª (7). 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 40. Até 30/4. 

Flutuante
Com texto do cartunista Caco Galhardo e direção de Mauro Baptista Vedia, a peça mostra uma professora de alemão que, sem motivo aparente, não consegue mais trabalhar. 70 min. Livre. Teatro Sergio Cardoso. Sala Paschoal Carlos Magno (144 lug.). R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, 3288-0136. Estreia 6ª (7). 6ª a dom., 20h. R$ 40. Até 30/4.

Laura
O solo autobiográfico de Fabrício Moser parte da pergunta ‘o que das avós há em nós?’. Para respondê-la, ele traz arquivos, vídeos e objetos de sua avó Laura, assassinada quando ele tinha nove meses.
80 min. 16 anos. SP Escola de Teatro (50 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 210, Consolação,3775-8600. Estreia sáb. (8). Sáb., 21h; dom. e 2ª, 20h. R$ 20. Até 1º/5.

Mil Mulheres e uma Noite
O primeiro espetáculo adulto do grupo As Meninas do Conto, dirigido por Eric Nowinski, parte de contos da obra ‘As Mil e uma Noites’ e os relaciona com notícias contemporâneas de opressão de gênero. 90 min. 14 anos. Oficina Cultural Oswald de Andrade (35 lug.). R. Três Rios, 363, Bom Retiro, 3222-2662. Estreia 6ª (7). 6ª, 20h; sáb., 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 22/4.

Pão com Ovo
A comédia do grupo Santa Ignorância retrata costumes e hábitos de diferentes classes sociais a partir do reencontro de duas amigas de escola: Dijé, moradora da periferia, e Clarisse, uma emergente alpinista social. Dir. César Boaes. 90 min. 12 anos. Teatro Itália (276 lug.). Av. Ipiranga, 344, metrô República, 3255-1979. Estreia 6ª (7). 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 19h. R$ 50/R$ 60. Até 28/5.

Refluxo
A peça, com texto de Angela Ribeiro e direção de Eric Lenate, traz a história de Dário, um ascensorista que trabalha em um prédio de classe média decadente, para tratar de temas como a violência moral. 80 min. 14 anos. Teatro do Sesi (456 lug.). Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3146-7406. Estreia 4ª (12). 4ª a sáb., 20h30; dom., 19h30. Grátis (reserva pelo site bit.ly/sesisp). Até 2/7.