Paisagens de Paulo Pasta ganham mostra na Galeria Millan
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Paisagens de Paulo Pasta ganham mostra na Galeria Millan

Celso Filho

12 de novembro de 2015 | 16h54

Foto: Divulgação

+ A partir desta sexta-feira (13), 65 obras recentes do pintor Paulo Pasta ocupam a Galeria Millan e inauguram o novo anexo da galeria. Em ‘Há um Fora Dentro da Gente e Fora da Gente um Dentro’, os dois espaços exploram tanto seu trabalho na arte figurativa quanto abstrata.

No novo anexo, estão, em sua maioria, pinturas de paisagens, que marcam a retomada de Pasta à figuração. Nas obras, o artista retrata a região de Ariranha, sua terra natal, no interior do Estado.

Já na galeria, Pasta exibe majoritariamente seus novos trabalhos na abstração, resultados de sua pesquisa com cores. Paralelamente à exposição, é lançado o livro-objeto ‘Fábula da Paisagem’, editado pelo crítico Samuel Titan Jr., com algumas das paisagens expostas.

ONDE: Galeria Millan e Anexo. R. Fradique Coutinho, 1.360 e 1.416, V. Madalena, 3031-6007. QUANDO: 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: hoje (13). Até 19/12. QUANTO: Grátis.

Veja outras inaugurações da semana:

+ Em ‘Ateliê Transparente’, Waltercio Caldas expõe 67 cadernos de anotações, como na fotografia abaixo. Além deles, o artista também reuniu para a mostra objetos, maquetes, desenhos e projetos de esculturas. IAC. R. Dr. Álvaro Alvim, 90, 1º andar, V. Mariana, 3255-2009. 10h/18h (sáb., 10h/16h; fecha dom.). Inauguração: sáb. (14), 11h. Grátis. Até 19/12.

Waltercio Caldas, Cadernos de anotação, foto Wilton Montenegro_12

Foto: Wilton Montenegro/Divulgação

+ A arte postal é o foco de ‘Arte É a Última Esperança’, sobre a produção de Paulo Bruscky entre 1970 e 2013. Também são exibidas criações em outras mídias, como videoarte. Ele faz uma performance na abertura. Centro Cultural Correios. Av. São João, s/nº, Vale do Anhangabaú, 2102-3690. 11h/17h (fecha 2ª). Inauguração: sáb. (14). Grátis. Até 25/1/2016.

Arquinterface. Na fachada do prédio da Fiesp, na Avenida Paulista, são exibidos seis trabalhos de artistas, arquitetos e designers, com curadoria de Giselle Beiguelman. A maioria das obras é interativa. Galeria de Arte Digital Sesi-SP. Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp. 19h/ 6h. Inauguração: hoje (13). Grátis. Até 13/12.

Campos Alterados. Criado em 2014, o programa ‘rural.scapes – Laboratório em Residência’ leva artistas para uma fazenda no interior do Estado. Agora, 25 trabalhos do projeto estão na mostra coletiva. A abertura terá uma performance com Alexandre Heberte e Marcelo Armani. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Inauguração: sáb. (14), 11h. Grátis. Até 21/2/2016.

Complexidade Coletiva. A mostra apresenta a produção recente de seis artistas da Choque Cultural. São criações de Daniel Melim, Jaca, Mariana Martins, Matias Picón, Rafael Silveira e Tec. Choque Cultural. R. Medeiros de Albuquerque, 250, V. Madalena, 3061-4051. 11h/18h (fecha dom. e 2ª). Inauguração: sáb. (14), 13h. Grátis. Até 5/2/2016.

Francisco Hurtz. Em ‘O Estranho’, que faz parte da programação paralela do Festival Mix Brasil, o artista expõe 20 obras. Nelas, ele aborda questões relacionadas à sexualidade e à identidade de gênero. Na abertura, às 19h30, Hurtz participa do bate-papo ‘Arte Queer no Brasil’ com os curadores Tadeu Chiarelli e Bruno Mendonça. Galeria Emma Thomas. R. Estados Unidos, 2.205, Jd. América, 3063-2149. 11h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Inauguração: 5ª (19), 17h. Grátis. Até 21/11.

Marco Maggi. O uruguaio reúne desdobramentos de sua mostra na 56ª Bienal de Veneza. Entre os trabalhos, Maggi cria pequenas formas geométricas com papel e as cola diretamente na parede, formando imagens que parecem mapas de cidades imaginárias. Galeria Nara Roesler. Av. Europa, 655, Jd. Europa, 3063-2344. 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Inauguração: sáb. (14). Grátis. Até 13/2/2016.

Maria Nepomuceno. Em suas esculturas, a carioca cria figuras e formas coloridas a partir de materiais como palha, barro, cerâmica e cordas. Em ‘Universo em Expansão’, estão cinco criações recentes. Baró Galeria (Jardins). R. da Consolação, 3.417, Cerq. César, 3661-9770. 10h30/19h30 (fecha dom.). Inauguração: sáb. (14), 16h. Grátis. Até 19/12.

Sete do Seibi. Com 42 obras, a mostra homenageia o Grupo Seibi, formado em 1935 por artistas nipo-brasileiros. Estão reunidas criações de Tomoo Handa, Yoshya Takaoka, Yuji Tamaki, Tikashi Fukushima, Manabu Mabe, Tomie Ohtake e Kazuo Wakabayashi. Proarte Galeria. Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1.644, Jd. Paulistano, 3085-7488. 10h/20h (sáb., 10h/16h; fecha dom.). Inauguração: 4ª (18). Grátis. Até 27/11.

Simon Evans. Com técnicas de colagem, o britânico une materiais como folhas, pedaços de papel e fotografias para criar obras que remetem a mapas, desenhos, gráficos e tapetes. Em ‘Interior Design’, ele traz trabalhos inéditos, alguns produzidos durante sua estadia no Rio. Galeria Fortes Vilaça. R. Fradique Coutinho, 1.500, V. Madalena, 3032-7066. 10h/19h (sáb., 10h/ 18h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: 4ª (18), 19h. Grátis. Até 22/12.

Zilvinas Kempinas. O artista lituano ocupa todo o espaço expositivo com a instalação ‘Verticals’. Nela, Kempinas distribuiu tiras de fita VHS, que se movimentam com o ar que entra pela galeria, e pequenos rolamentos de aço sobre uma superfície com óleo. Na abertura, o artista Mauro Piva também lança um livro sobre seu trabalho. Galeria Leme. Av. Valdemar Ferreira, 130, Butantã, 3093-8184. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: 3ª (17), 19h. Grátis. Até 9/1/2016.

Tendências: