Os destaques do festival Anima Mundi, que comemora 25 anos em 2017
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Os destaques do festival Anima Mundi, que comemora 25 anos em 2017

Redação Divirta-se

20 Julho 2017 | 17h32

Em sua 25ª edição, o Anima Mundi celebra o centenário da animação brasileira. “Nesse período, assistimos a uma transformação do gênero – de uma aventura solitária, sem muita estrutura, passamos a ter muitas produções”, diz Marcos Magalhães, um dos realizadores.

Ao todo, serão exibidos 470 títulos, entre longas e curtas. O festival ocorre de 4ª (26) a 30/7, em quatro espaços da capital, além do circuito Spcine. A seguir, confira os destaques das principais categorias do evento. André Carmona e Renato Vieira

LONGAS-METRAGENS

Foto: Anima Mundi

+ Com direção da canadense Ann Marie Fleming, Cavalos na Janela (foto acima) narra a saga de Rosie Ming, uma jovem poetisa que viaja ao Irã para se apresentar num festival. No país, ela vai se deparar com suas raízes e também com o próprio propósito de sua arte. CCBB: 28/7, 17h. Caixa Belas Artes: 28/7, 22h.

+ Habitantes de Londres, Ethel e Ernest vivenciam um período cheio de transformações sociais e econômicas. Baseado no romance gráfico homônimo, o filme do britânico Roger Mainwood conta a história da formação da Inglaterra e do Reino Unido. CCBB: 5ª (27), 17h. Caixa Belas Artes: 5ª (27), 22h.

+ Barkley, de Li-Wei Chiu, se passa em uma cidade governada por um mágico que finge ter superpoderes – no lugar, ele é conhecido como Deus. Quando Fido e Barkley se conhecem, tornam-se amigos inseparáveis. Determinados, eles vão lutar para denunciar a farsa de Deus. CCBB: 5ª (27), 15h30. Caixa Belas Artes: 28/7, 16h.

+ A magia do Natal é retratada no longa infantil Pixi Post e os Entregadores de Presentes (foto abaixo), do espanhol Gorka Sesma. Na trama, seres mágicos natalinos trabalham juntos pela felicidade das crianças. Até que Monopolish cria um plano para se tornar o maioral – o que não dará muito certo. CCBB: 4ª (26), 15h30. Caixa Belas Artes: 5ª (27), 16h.

Foto: Anima Mundi

+ Desenvolvido em 3D, Pequenos Heróis tem direção do venezuelano Juan Pablo Buscarini. Na trama, três amigos, que levam a vida de maneiras muito distintas, se unem para ajudar Simón Bolívar a derrotar o exército inimigo, em nome da liberdade. CCBB: 4ª (26), 17h. Caixa Belas Artes: 4ª (26), 22h.

+ Os Comedores de Pés de Meia são criaturas pequenas e invisíveis, que adoram se alimentar de meias. O único problema é que esses seres mágicos comem apenas um pé de cada par. A animação é da premiada diretora checa Galina Miklínová. CCBB: 28/7, 15h30. Caixa Belas Artes: 29/7, 16h.

CURTAS-METRAGENS

+ O Menor Homem do Mundo (foto abaixo), de Juan Pablo Zaramella, é uma série de animação feita para a TV argentina. Episódios de um minuto mostram um homem pequeno e sério tentando ignorar sua condição. Outros seis filmes são exibidos no mesmo bloco de curtas. Caixa Belas Artes: 4ª (26), 20h; 5ª (27), 19h. CCSP: 29/7, 18h30.

Foto: Anima Mundi

+ Um casal de idosos que parece ter perdido o afeto entre si é o ponto de partida de Ao Entardecer, filme de estreia da diretora austríaca Daniela Leitner que já passou por diversos festivais internacionais. O holandês ‘Embaralhado’ também é exibido na mesma sessão. CCSP: 4ª (26), 21h. Caixa Belas Artes: 5ª (27), 20h; 28/7, 19h.

Foto: Anima Mundi

+ Radicado na França há dez anos, o chinês Chen Chen dirige O Velho Urso (foto acima). O personagem do título vive num apartamento com uma jovem mulher e sonha em voltar para a floresta. O filme é exibido com outros sete curtas. CCSP: 4ª (26), 19h; 28/7, 20h. Caixa Belas Artes: 29/7, 20h.

+ Sub-humano, de Steffen Bang Lindholm, gira em torno de zumbis isolados em acampamentos. E um jornalista tenta provar que eles não estão aptos a saírem de lá. Mais seis curtas são exibidos junto com esta produção dinamarquesa. Caixa Belas Artes: 5ª (27), 21h. CCSP: 28/7, 18h30; 29/7, 19h.

PANORAMA INTERNACIONAL

Foto: Anima Mundi

+ Em Juros Unidos (foto acima), o diretor Tim Weimann expõe sua visão sobre as mazelas do capitalismo por meio de um passeio de bonde pela cidade de São Francisco, no início do século 20. O iraniano ‘W.A.R (A Guerra Sempre Destrói)’ também é exibido. Caixa Belas Artes: 4ª (26), 12h. CCBB: 5ª (27), 14h. CCSP: 30/7, 21h.

+ Gangorra, da Coreia do Sul, também integra o Panorama Internacional, mostra não competitiva de curtas. Ele conta a história de uma garota que quer fazer amizade com alguém de sua idade. A produção será exibida com outras sete, como ‘Yin’, da Bélgica. CCBB: 4ª (26), 14h. Caixa Belas Artes: 5ª (27), 12h. CCSP: 28/7, 17h30.

OLHO NELES

+ Nesta categoria voltada a curtas nacionais, está A Última Balada de El Manchez (foto abaixo), de Leonardo José Mancini, que, por meio de um mariachi, aborda a imigração. A sessão inclui mais nove filmes. CCSP: 28/7, 14h30. CCBB: 29/7, 11h; 30/7, 12h30. Spcine Roberto Santos: 6/8, 16h30.

Foto: Anima Mundi

+ Mãos, dirigido por Ivanildo Soares, também é exibido com outros nove curtas na mostra que destaca a diversidade da animação brasileira. O filme, com duração de um minuto e meio, é uma experiência que mostra mãos animadas nas mais diferentes situações. CCSP: 5ª (27), 14h30. CCBB: 29/7, 12h30; 30/7, 11h.

ANIMA MUNDI – 25 ANOS

+ Nesta seção, o festival realiza uma retrospectiva com melhor de suas edições anteriores. Em Estranhos Invasores (foto abaixo), de Cordell Barker, um visitante não esperado transforma a vida de um casal. O filme é exibido em um bloco com outros nove curtas. CCSP: 4ª (26), 15h; 5ª (27), 20h; 30/7, 20h. Cinemateca: 30/7, 21h. CCBB: 31/7, 12h30.

Foto: Anima Mundi

+ Com direção de Georges Schwizgebel, Chemin Faisant é baseado em conceitos do filósofo Jean-Jacques Rosseau. O curta será projetado junto com outras nove produções, como ‘L.E.R’, de João Angelini, e ‘Até a China’, de Marão. CCSP: 4ª (26), 16h30; 5ª (27), 13h30. Cinemateca: 29/7, 21h. Caixa Belas Artes: 30/7, 18h. CCBB: 31/7, 11h.

TESOUROS DO CENTENÁRIO

+ Os 100 anos da animação nacional ganham destaque nesta mostra. Macaco Feio, Macaco Bonito (foto abaixo), de Luiz Seel, foi lançado em 1929, como parte da série ‘Brasil Animado’. A exibição do curta ocorre com outros quatro filmes – ‘Frivolitá’, também de Seel, é um deles. Cinemateca: 5ª (27), 19h; 29/7, 17h.

Foto: Anima Mundi

+ Em outro bloco de exibição – ao lado de curtas como ‘Os Idiotas Mesmo’, de Allan Sieber, e ‘Frankestein Punk’ , de Cao Hamburger e Eliana Fonseca – tem Meow (1981), de Marcos Magalhães. O filme cria uma metáfora da globalização a partir de um gato faminto, forçado a tomar refrigerante em vez de leite. Cinemateca: 28/7, 19h; 30/7, 17h.

FOCO CANADÁ

+ Escocês radicado no Canadá, o diretor Norman McLaren (1914-1987) é um dos homenageados na mostra que celebra os 150 anos do país. Uma sessão exibe nove de seus filmes – como Vizinhos, vencedor do Oscar de curta-metragem de animação em 1953. CCSP: 4ª (26), 14h30. Caixa Belas Artes: 5ª (27), 13h. Cinemateca: 28/7, 21h.

+ Indicado ao Oscar, o curta Quando o Dia Amanhece (foto abaixo), de 1999, é exibido na retrospectiva do National Film Board, órgão de produção e distribuição do cinema canadense. O filme conta a história de Ruby, que encontra conforto após presenciar a morte de um estranho. CCSP: 4ª (26), 17h30. Caixa Belas Artes: 30/7, 19h.

Foto: Anima Mundi

PAPO ANIMADO

+ Vencedor do Oscar de melhor curta de animação em 2001 por ‘Pai e Filha’, o diretor e animador holandês Michael Dudok de Wit (foto abaixo) é um dos nomes que participam da programação de conversas com o público. Antes do papo, às 18h, três curtas de Dudok – entre eles, o que ganhou o prêmio da Academia – são exibidos em uma sessão com filmes publicitários clássicos e outras produções. Caixa Belas Artes: 28/7, 20h.

Foto: Claude Pauquet/Sony Pictures

ENDEREÇOS E PREÇOS 
+ Caixa Belas Artes. R. da Consolação, 2.423, metrô Paulista, 2548-7553. R$ 10.
+ Centro Cultural Banco do Brasil. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. R$ 10.
+ Centro Cultural São Paulo. R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 2253-1580. R$ 4.
+ Cinemateca Brasileira. Lgo. Sen. Raul Cardoso, 207, V. Clementino, 3512-6111. Grátis.
+ Spcine Roberto Santos. R. Cisplatina, 505, Ipiranga, 94106-9011. R$ 4.