O que fazer no Bom Retiro, bairro eleito o 25º mais ‘cool’ do mundo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O que fazer no Bom Retiro, bairro eleito o 25º mais ‘cool’ do mundo

Redação Divirta-se

25 de setembro de 2019 | 14h34

O bairro ganhou destaque em pesquisa de revista inglesa que entrevistou 27 mil pessoas de diversos países para eleger os lugares do mundo que são “frequentados pelos moradores mais antenados”

O Bom Retiro, no centro de São Paulo, é conhecido por abrigar comunidades de imigrantes de diversas origens e foi eleito o 25º bairro mais “cool” do mundo pela revista britânica Time Out. A região que abriga o único bairro brasileiro do ranking é rica em ofertas culturais. Entre elas, estão prédios históricos como a Estação da Luz, a Pinacoteca e a Sala São Paulo. Em meio a tantas atrações, o Divirta-se montou um roteiro com as melhores opções. 

Museu da Energia de São Paulo

Fachada do museu. Foto: Caio Mattos.

A arquitetura do casarão do século 19, cujo projeto é atribuído a Ramos de Azevedo, já é por si só uma atração interessante. Lá dentro, salas abordam, por exemplo, a história da iluminação pública paulistana, desde os lampiões, e as fontes de energia, como hidrelétrica, solar e eólica. Também há uma mostra temporária sobre trens e meios de transporte elétricos, como metrô, VLT e o futuro dos carros elétricos. A mostra traz objetos que fizeram parte do sistema paulistano desde 1900. Al. Nothmann, 184, 3224-1489. 10h/17h (fecha dom. e 2ª). Grátis. 

Sesc Bom Retiro  

Entre as inúmeras atividades do centro cultural, neste fim de semana, Fabiana Cozza apresenta o show do álbum ‘Canto da noite na boca do vento’, dedicado ao repertório da sambista Dona Ivone Lara (28/9, 21h; 29/9, 18h; R$ 9/R$ 30). São músicas como ‘Canto do Meu Viver’, ‘Alguém Me Avisou’ e ‘Adeus Timidez’. No domingo (29), tem a estreia da peça infantil ‘Existo!’, da Cia. La Leche (29/9 e 6/10, 12h; R$ 5/R$ 17). E, a partir de 4ª (2), o local exibe exposição de fotografias do português Fernando Lemos (grátis; até 26/1/2020). Al. Nothmann, 185, 3332-3600. 9h/21h (sáb., 10h/21h; dom., 10h/18h; fecha 2ª). 

Espaço Cultural Porto Seguro

O espaço conta com exposições, visitas educativas e oficinas culturais. A mostra fotográfica de Carlos Moreira está atualmente em exibição no local. A exposição reúne 400 fotos, desde os anos 1970 até imagens digitais recentes do paulistano. Em cartaz no local também está a peça estrelada por Irene Ravache, ‘Alma Despejada’ (4ª e 5ª, 21h, até 28/11; R$ 60/R$ 70). Nela, a atriz vive uma senhora que, depois de morta, faz sua última visita à casa onde viveu com a família. Al. Barão de Piracicaba, 610, 3226-7361. 10h/19h (dom., 10h/17h; fecha 2ª). 

Casa do Povo

Entre as atividades do centro cultural há uma oficina de moda e costura todos os primeiros sábados do mês e também aulas de ioga às segundas-feiras. O local também disponibiliza um audioguia sobre o Bom Retiro, com um percurso para se fazer a pé, de 55 minutos, que sai do local e passa por comércios tradicionais, sinagogas e construções que contam a história do bairro. É possível fazer o passeio com aparelhos que a casa fornece durante seu horário de visitação ou baixar diretamente pelo Soundcloud. R. Três Rios, 252, 3227-4015. 14h/19h (fecha dom. e 2ª). Grátis.

Oficina Cultural Oswald de Andrade

No Bom Retiro, as oficinas culturais têm programas diversos para todas as idades. Até o fim de semana, o local conta com programação do cineclube infantil. No sábado (28), às 11h, será exibido o filme ‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’. Já a programação do Ciclo de Filmes tem como tema ‘musicais inesquecíveis’ e exibe, neste sábado (28/9), ‘My fair lady’ (14h30) e ‘Sinfonia de Paris’ (18h). Além disso, há exposições, oficinas de arte e peças, como ‘¡D-eia’, sobre a relação entre o corpo e suas representações sociais (26/9, 18h, 27/9, 18h; 28/9, 20h; grátis). R. Três Rios, 363, Bom Retiro, 3222-2662. 9h/21h30 (sáb., 10h/18h; fecha dom.). Grátis. 

Sala São Paulo

Com programação de concertos e cursos, o local recebe, nos dias 27/9, às 16h30, e 28/9, às 21h, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, sob a regência de Isaac Karabtchevsky (R$ 75). Aos domingos de manhã, é possível assistir a concertos gratuitos da Banda Sinfônica Jovem do Estado. E, na próxima semana, a Orquestra Sinfônica de Montreal faz dois concertos sob a regência de Kent Nagano (R$ 75/R$ 600). Na 3ª (1º/10, 21h), na Série Branca, temas de Brahms e Bartók. Na Série Azul, na 4ª (2/10, 21h), Mozart e Mahler. Pça. Júlio Prestes, 16, Luz, 3367-9500. 

Pinacoteca

Foto: Filipe Araújo/Estadão

Doze esculturas e relevos do acervo da Pinacoteca compõem a exposição A Linha Como Direção, que destaca o uso da linha para criar ‘espacialidade’ nas obras. Erika Verzutti, Iole de Freitas, León Ferrari, Luiz Hermano, Macaparana, Sérvulo Esmeraldo e Willys de Castro estão entre os artistas presentes na mostra. Também em cartaz está uma exposição da artista portuguesa Grada Kilomba, Desobediências Poéticas. Lgo. Gal. Osório, 66, metrô Luz, 3335-4990. 10h/18h (fecha 3ª). R$ 10 (sáb., grátis). 

Um Coffee Co.

Um Coffee Co. Bom Retiro

Foto: Divulgação/Andrea Son

O espaço clean e charmoso pertence a coreanos, que também exportam o café cultivado na fazenda da família em Minas Gerais. O cardápio é convidativo e tem vários quitutes para harmonizar com o expresso (R$ 5,50) ou com o ótimo café coado (R$ 15, para dois), como croissant (R$ 8,50), bolo da casa (R$ 10) e ‘combos’, por R$ 17 a R$ 27, como o que combina pão de queijo da Canastra, geleia e requeijão, mais café da casa. R. Júlio Conceição, 553, Bom Retiro, 3229-3988. 8h/17h (sáb., 9h/17h; fecha dom.).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: