As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O outro lado dos fundos

Redação Divirta-se

20 de setembro de 2013 | 14h15

O Jazz nos Fundos estava preocupado com a intensa demanda. O antigo Bar B estava lá, com o espaço vazio e clientes órfãos. Juntou-se o útil ao agradável e agora o Centro de São Paulo tem uma nova casa de shows, o Jazz B. Funcionando como uma extensão do Jazz nos Fundos, o bar traz mais opções para a já apreciada programação do estacionamento de Pinheiros, com o diferencial que também abre para o almoço (o menu com entrada, prato e principal e sobremesa custa R$ 33). Mariano Levy, um dos sócios, conta que algumas noites fixas estão sendo testadas, como as segundas para dançar e as terças dedicadas a duos, que já foram realizadas algumas vezes. Assim como no Jazz nos Fundos, as apresentações são dividas em duas partes, das 22h às 23h e das 0h às 1h. Mas chegue cedo: apesar de só ter inaugurado a alguns meses, o Jazz B já tem filas e fica abarrotado nos fins de semana. O problema da grande demanda acabou não sendo muito resolvido: por causa da lotação, o atendimento é demorado. Peça um chope, que sai mais rápido, e mantenha a conversa em volume baixo para aproveitar o show. Taís Toti

ONDE: Jazz B (120 lug.). R. Gal. Jardim, 43, metrô República, 3257- 4290. www.jazzb.net.
QUANDO
: 2ª a sáb., 11h30/1h. QUANTO: R$ 25/R$ 35 (a partir de 20h).

Tudo o que sabemos sobre:

jazz b

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: