Novo longa brasileiro ‘A Vida Invisível’ tem participação de Fernanda Montenegro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Novo longa brasileiro ‘A Vida Invisível’ tem participação de Fernanda Montenegro

Humberto Abdo

21 de novembro de 2019 | 18h44

Foto: Bruno Machado/Vitrine Filmes

+ Representante brasileiro no Oscar 2020, o novo longa A Vida Invisível disputa uma vaga na lista de indicados como melhor filme estrangeiro – desbancando ‘Bacurau’, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, outro sucesso nacional deste ano.

Dirigido por Karim Aïnouz, o mesmo de ‘Praia do Futuro’ (2014) e ‘Madame Satã’ (2002), o filme retrata duas irmãs com personalidades bem diferentes: enquanto Guida (Julia Stockler), a irmã mais velha, é audaciosa e extrovertida, Eurídice (Carol Duarte) demonstra um comportamento obediente e introspectivo.

Filhas de um português com costumes rígidos e conservadores, ambas tentam lidar com as exigências do pai, enquanto encaram o início da vida adulta. E, apesar das diferenças, encorajam as descobertas e os planos uma da outra com total fidelidade.

Certa noite, após sair escondida, Guida surpreende a família ao fugir de casa com o namorado para outro país. Sem a irmã, Eurídice enfrenta a saudade e a solidão à medida que se dedica à sua iniciante carreira de pianista e tenta conquistar uma vaga num conservatório em Viena, na Áustria.

Com o Rio de Janeiro dos anos 1950 como cenário, suas trajetórias destacam a noção limitada dos homens sobre as necessidades e os desejos das mulheres – e contestam, em vários aspectos, o conceito tradicional de família.

A escolha pelo título para talvez participar do Oscar ganha força, sobretudo, pela história comovente e pelo ótimo elenco (com participação de Fernanda Montenegro). Confira salas e horários de exibição

Tudo o que sabemos sobre:

cinemaA Vida Invisívelestreia

Tendências: