Música: Fabiana Cozza homenageia mulheres sambistas e outros shows para ver em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Música: Fabiana Cozza homenageia mulheres sambistas e outros shows para ver em São Paulo

Redação Divirta-se

12 de fevereiro de 2020 | 17h38

Danilo Casaletti (especial para o Estado)

Foto: Marina Decourt

+ A construção da história do samba no Brasil teve a inegável participação das mulheres. Como a quituteira Tia Ciata, apontada como a responsável por trazer o samba da Bahia para o Rio, no século 19, além de Dolores Duran, Clementina de Jesus, Dona Ivone Lara, Leci Brandão…

São esses nomes que Fabiana Cozza homenageia, cantando seus sambas, no show As Coisas que Mamãe me Ensinou – frase retirada de uma música de Leci. “A ideia de samba vai muito além do que todos pensam. É encontro, é resistência, e um lugar do feminino também, embora nem sempre seja fácil para as mulheres encontrarem espaço dentro dele”, observa Fabiana.

No sábado (15), Teresa Lopes e Nilze Carvalho fazem participação. No domingo (16), as convidadas são Karyna Spinello e Cris Pereira. “É uma nova geração que, com exceção da Nilze, nunca se apresentou em um grande palco de São Paulo. É importante que elas cheguem”, diz.

Sesc Vila Mariana. Teatro Antunes Filho (620 lug.). R. Pelotas, 141, 5080-3000. Sáb. (15), 21h; dom. (16), 18h. R$ 9/R$ 30.

Confira outras opções do roteiro de shows:

As Bahias e a Cozinha Mineira
‘No Coração do Brasil’ traz um repertório que homenageia grandes nomes da música brasileira, entre eles, Dorival Caymmi e Milton Nascimento. Blue Note (346 lug.). Conjunto Nacional. Av. Paulista, 2.073, 2º andar, metrô Consolação. 3ª (18), 20h. R$ 60.

Associação Livre Invisível
A big band, que funciona como um coletivo musical, faz show de lançamento do seu segundo álbum, batizado de ‘Avisos Luminosos’. As 10 faixas, que têm produção de Guilherme Chiapeta, falam de temas como racismo, machismo, violência e opressão. CCSP. R. Vergueiro, 1.000, Paraíso, 3397-4002. 5ª (20), 20h. Grátis.

Boogarins
O quarteto, que tem seis anos de carreira, faz show e que mostra músicas do álbum ‘Sombrou Dúvida’, seu mais recente trabalho, gravado entre Brasil e Estados Unidos. Casa Natura Musical (710 lug.). R. Artur de Azevedo, 2.134, Pinheiros, 4003-6860. 5ª (20), 21h30. R$ 50/R$ 80.

Cida Moreira
A cantora e atriz apresenta o inédito ‘Inventário’, espetáculo em que canta ao piano canções do teatro e do cinema musical. São temas de nomes como Charles Chaplin, Ira Gerswin, Chico Buarque e Jards Macalé. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. Sáb. (15), 20h. Grátis (retirar ingresso 1 h antes).

Eros Ramazzotti
O cantor italiano traz a turnê ‘Vita Ce N’e World Tour’, baseada em seu último álbum. Além de novas canções, ele mostrará sucessos como ‘Cose Della Vita’, ‘Parla Com Me’ e ‘La Cosa Mas Bella’. Espaço das Américas (8.000 lug.). R. Tagipuru, 795, Barra Funda, 3864-5566. 3ª (18), 21h. R$500/R$ 650.

Guinga
O compositor e violonista apresenta ‘Os Mais Belos Acordes do Subúrbio’. Gravado por cantores como Elis Regina, Clara Nunes e Chico Buarque, ele mostra algumas das parcerias que fez ao longo de quase 50 anos de carreira. Casa de Francisca (120 lug.). Palacete Teresa Toledo Lara. R. Quintino Bocaiuva, 22, metrô Sé, 3052-0547. Sáb. (15), 22h. R$ 62/R$ 80.

João Cavalcanti & Trio Gato com Fome
O cantor e os músicos se juntam para o lançamento do single ‘Responderei Sambando’, música que estará no próximo trabalho do trio. Eles também apresentam canções que gravaram ao longo da carreira. Casa de Francisca (120 lug.). Palacete Teresa Toledo Lara. R. Quintino Bocaiuva, 22, metrô Sé, 3052-0547. 3ª (18), 21h30. R$ 35/R$ 44.

Hermeto Pascoal

Foto: Gabriela Biló/ Estadão

Acompanhado por um grupo, o músico de 83 anos, conhecido como Bruxo, faz uma apresentação para mostrar canções que gravou em mais de 35 discos que lançou ao longo da carreira, além de seus famosos improvisos no palco. Blue Note (346 lug.). Conjunto Nacional. Av. Paulista, 2.073, 2º andar, metrô Consolação. Sáb. (15), 20h e 22h30. R$ 140/R$ 180.

Mariene de Castro
A cantora baiana volta à cidade com o show ‘Santo de Casa’ em que relembra o repertório do seu primeiro DVD, lançando em 2010. São músicas como ‘Falsa Baiana’ e ‘Samba de Terreiro’ . Casa Natura Musical (710 lug.). R. Artur de Azevedo, 2.134, Pinheiros, 4003-6860. 6ª (14), 22h. R$ 70/R$ 160.

Ná Ozzetti
Em ‘Balangandãs’, a cantora presta uma homenagem a Carmem Miranda e ao universo musical que a circundava. Por isso, o show tem músicas como ‘Camisa Listrada’ e ‘Adeus Batucada’. Sesc Avenida Paulista. Arte II (30 lug.). Av. Paulista, 119, metrô Brigadeiro, 3170-0800. 5ª (20) e 21/2, 21h. R$ 9/R$ 30.

Pedro Luís
O cantor e compositor carioca mostra pela primeira vez na cidade o projeto Macro, uma parceria com o artista visual Batman Zavarez na qual música e imagem se misturam. Sesc Vila Mariana. Teatro Antunes Filho (620 lug.). R. Pelotas, 141, 5080-3000. 6ª (14), 21h. R$ 9/R$ 30.

Renato Braz
Dentro do projeto Eles Cantam no Rádio – Os Cantores do Brasil nas décadas de 30, 40 e 50, o cantor interpreta canções de Francisco Alves, conhecido como o Rei da Voz. Ele será acompanhado por uma orquestra de câmara regida por Rodrigo Morte. Sesc 24 de Maio. Teatro (216 lug.). R. 24 de Maio, 109, metrô República, 3350-6300. 3ª (18), 19h. R$ 12/R$ 40.

Rincon Sapiência
O rapper participa do projeto Plataforma para apresentar ao público seu segundo álbum, chamado ‘Mundo Manicongo – Dramas, Danças e Afroreps’. Sesc Pompeia. Comedoria (800 lug.). R. Clélia, 93, 3871-7700. 6ª (14) e sáb. (15), 21h30. R$ 9/ R$ 30.

Scalene
A banda formada por Gustavo Bertoni, Tomas Bertoni, Lucas Furtado e Philipe Conde mostra canções de ‘Respiro’, seu mais recente trabalho, que tem influências de ritmos como a bossa nova e a música eletrônica. Sesc 24 de Maio. Teatro (216 lug.). R. 24 de Maio, 109, metrô República, 3350-6300. Sáb. (15), 18h e 21h.R$ 12/R$ 40.

Zé Neto & Cristiano
A dupla sertaneja apresenta a turnê ‘Esquece o Mundo Lá Fora e Venha Curtir’, baseada em seu mais recente trabalho. Entre as músicas que se destacaram no projeto, está ‘Largado às Traças’. Espaço das Américas (8.000 lug.). R. Tagipuru, 795, Barra Funda, 3864-5566. 6ª (14), 23h59. R$ 140.

MÚSICA CLÁSSICA

Senzalas Brasileiras e Irmã Dulce
O maestro brasileiro Roberto Laborda apresenta, em companhia da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, duas de suas obras em um único concerto. ‘Senzalas Brasileira’ retrata dores e sofrimentos e a busca por liberdade e felicidade. Já a inédita no Brasil ‘Irmã Dulce’ traz parte da ópera que foi apresentada na Itália, em outubro do ano passado, quando a religiosa brasileira foi canonizada. Teatro Municipal (1.500 lug.). Pça. Ramos de Azevedo, s/nº, Centro, 3053-2090. 4ª (19), 20h. R$ 12/ R$ 40.

 

Tudo o que sabemos sobre:

músicaMúsica Clássica

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: