Mostras de Tec e Evandro Carlos Jardim estão entre as inaugurações da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mostras de Tec e Evandro Carlos Jardim estão entre as inaugurações da semana

Celso Filho

24 Setembro 2015 | 19h09

Pintura de Tec

 

Foto: Divulgação

+ Trabalhos inéditos do argentino Tec estão reunidos na mostra ‘3 Capas’. São dez pinturas com tinta acrílica – algumas em grande formato, como a obra acima: de 2 m de largura por 1,5 de altura. Choque Cultural. R. Medeiros de Albuquerque, 250, V. Madalena, 3061-4051. 11h/18h (fecha dom. e 2ª). Inauguração: sáb. (26), 12h. Grátis. Até 14/11.

+ Evandro Carlos Jardim é homenageado em mostra que percorre 30 anos de sua produção artística. São exibidos desenhos, trabalhos em têmpera e gravuras. O artista estará presente na abertura. Graphias. R. Joaquim Távora, 1.605, V. Mariana, 5539-1358. 13h/18h (sáb., 11h/15h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: sáb. (26), 14h. Grátis. Até 7/11.

Veja outras mostras em cartaz na cidade:

Inaugurações

Caixa Cultural. Três mostras entram em cartaz. O artista baiano Terciliano Jr. é homenageado em exposição com mais de cem criações, entre pinturas, trabalhos em papel e objetos. O espaço também recebe 45 trabalhos do cearense Darcílio Lima, além da instalação narrativa ‘A Sociedade Cavalieri’, de Pierre Lapalu. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 9h/19h (fecha 2ª). Inauguração: sáb. (26), 11h. Grátis. Pierre Lapalu: até 22/11. Terciliano Jr.: até 29/11. Darcílio Lima: até 6/12.

Foto Formato V2. Na mostra, a curadora Lica Pedrosa apresenta obras de 17 jovens artistas. Em diferentes suportes, são trabalhos de nomes como Carol Milano, Guilherme Ghisoni e Sonia Dias. Galeria Pintura Brasileira. R. Groenlândia, 530, Jd. Europa, 2619-8530. 10h/19h (sáb. e dom., 10h/16h). Inauguração: 3ª (29), 19h. Grátis. Até 3/10.

Luciano Figueiredo. O artista faz dobraduras em telas, criando formas geométricas tridimensionais, e, depois, pinta parte das obras com tinta acrílica. Na mostra, Figueiredo exibe uma série recente desses relevos. Galeria Leme. Av. Valdemar Ferreira, 130, Butantã, 3093-8183. 10h/19h (sáb., 10h/17h;
fecha dom. e 2ª). Inauguração: 5ª (1º), 19h. Grátis. Até 7/11.

Última semana

Abraham Palatnik. Referência na arte cinética, o artista exibe criações recentes, entre pinturas e relevos. A mostra também reúne obras de nomes que dialogam com a carreira de Palatnik, como Amir Mavignier e Ivan Serpa. Galeria Nara Roesler. Av. Europa, 655, Jd. Europa, 3063-2344. 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (26).

André Ricardo. Pintando sobre madeira, papel e tela, o artista faz sobreposições de formas geométricas. Da sua pesquisa recente, ele traz 15 trabalhos para a mostra ‘Elemento Vazado’. Galeria Pilar. R. Barão de Tatuí, 389, S. Cecília, 3661-7119. 11h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (26).

Arte Atual Festival 2015 – Coisas Sem Nome. Nesta edição do programa, foram selecionados 15 artistas, como Sofia Borges, Tiago Mestre e Bruno Moreschi. Para criar a mostra, a curadoria sugeriu que os próprios artistas decidissem como montar e ocupar o espaço expositivo. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (27).

Atributos do Silêncio. O silêncio e suas possibilidades são o mote da mostra coletiva. Com curadoria de Felipe Scovino, o tema é abordado por 15 artistas, entre eles, Waltercio Caldas, Leonilson e Brígida Baltar. Galeria Bergamin & Gomide. R. Oscar Freire, 379, lj. 1, Jd. Paulista, 3853-5800. 11h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (26).

Central Galeria de Arte. Em ‘Lapso’, o uruguaio Pedro Cappeletti expõe uma série de obras inéditas, nas quais ele aborda o conflito entre o ideal e o real. A galeria também expõe trabalhos do português Tiago Mestre. Central. R. Mourato Coelho, 751, V. Madalena, 2645-4480. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (26).

Flávia Junqueira. Para a mostra ‘Em Nome do Pai’, a artista exibe fotografias e uma instalação inédita. Nos trabalhos, Flávia aborda diferentes relações de poder. Oficina Oswald de Andrade. R. Três Rios, 363, metrô Tiradentes, 3222-2662. 9h/20h (sáb., 13h/20h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (26).

Galeria Leme. Alexandre Brandão apresenta obras de sua pesquisa mais atual. Nelas, a terra é a principal matéria-prima utilizada pelo artista. O espaço também expõe trabalhos de Felipe Cama. Galeria Leme. Av. Valdemar Ferreira, 130, Butantã, 3093-8184. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (26).

Imaterialidade. Na mostra, a desmaterialização e a exploração de elementos impalpáveis, como a luz e o som, são o foco de 22 obras. Há criações de nomes como Waltercio Caldas, Carlito Carvalhosa e James Turrel. Sesc Belenzinho. R. Pe. Adelino, 1.000, 2076-9700. 10h/21h (dom., 10h/19h30; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (27).

José Resende. Depois de expor na Pinacoteca, José Resende leva suas obras mais recentes à Galeria Millan. Entre as cerca de dez criações, há a escultura inédita ‘Corpo de Prova II’. Galeria Millan. R. Fradique Coutinho, 1.360, Pinheiros, 3031-6007. 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (26).

Julião Sarmento. Inspirado em obras de Marcel Duchamp e Edgar Degas, o artista português apresenta criações recentes em ‘Easy, Fractals & Star’. A mostra é composta de esculturas e pinturas. Galpão Fortes Vilaça. R. James Holland, 71, Barra Funda, 3392-3942. 10h/19h (sáb., 10h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (26).

Kandinsky: Tudo Começa num Ponto. Precursor do abstracionismo, o artista ganha retrospectiva com 150 obras. São exibidas criações do russo, mas também de nomes que dialogam com o pintor, como Gabrielle Münter, sua segunda mulher. Para visitar, é preciso agendar horário por um aplicativo ou pelo site ingressorapido.com.br. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113- 3651. 9h/21h (fecha 3ª). Grátis. Até 2ª (28).

Marino Marini. Nome importante da arte moderna italiana, Marini (1901-1980) é homenageado na retrospectiva com 68 obras. A seleção reúne tanto suas famosas esculturas de bronze quanto desenhos e pinturas. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, Luz, 3324-1000. 10h/17h30 (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (27).

Poesia Agora. Na mostra, estão reunidos versos de 500 poetas iniciantes. O público também é convidado a interagir com a exposição, como em uma sala onde é possível criar sua própria poesia em livros brancos. Museu da Língua Portuguesa. Pça. da Luz, s/nº, metrô Luz, 3322-0080. 10h/18h (fecha 2ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até dom. (27).

Retratos Imigrantes. A mostra promove um intercâmbio entre o museu paulistano e o de Ellis Island (Nova York). São expostas 50 fotografias do início do século 20 – 35 delas pertencem à coleção de Augustus F. Sherman (1865-1925), funcionário da antiga hospedaria de imigrantes nos EUA. Museu da Imigração. R. Visconde de Parnaíba, 1.316, Mooca, 2692-1866. 9h/17h (dom., 10h/17h; fecha 2ª). R$ 6. Até 4ª (30).

Roger Ballen. No início, ele registrava situações comuns, observadas nas ruas. Depois, passou a criar imagens quase surreais, num misto de realidade e ficção. A retrospectiva reúne 113 trabalhos do fotógrafo norte-americano. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, Ibirapuera, 2648-0254. 10h/18h (3ª, 10h/21h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (27).

Em cartaz

Alberto de Sampaio. O advogado virou fotógrafo amador no final do século 19, registrando as paisagens do Rio. Cerca de 120 imagens de Sampaio estão na mostra, além de filmes e objetos pessoais. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até 1º/11.

Alice Brill. No início dos anos 2000, 14 mil negativos da alemã foram adquiridos pelo Instituto Moreira Salles. Cerca de 90 imagens, agora, ganham mostra. São registros históricos de cidades como São Paulo e Rio. IMS. R. Piauí, 844, 1º andar, Higienópolis, 3825-2560. 13h/19h (sáb. e dom., 13h/18h; fecha 2ª). Grátis. Até 10/1/2016.

Apodi 69. Entre 2003 e 2008, Cinthia Marcelle, Lais Myrrha, Marilá Dardot, Matheus Rocha Pitta e Sara Ramo formaram o ateliê Apodi 69, em Belo Horizonte. Agora, o grupo se reencontra em uma mostra coletiva. Pivô. Ed. Copan. Av. Ipiranga, 200, bloco A, lj. 54, Centro, 3255-8703. 13h/20h (sáb., 13h/19h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 7/11.

Fernando Saiki. Em ‘Corpo Interminável’, o artista apresenta resultados de sua pesquisa na Universidade de Artes de Tóquio. São xilogravuras, nas quais Saiki se inspira em desenhos eróticos japoneses. Mônica Filgueiras Galeria. R. Bela Cintra, 1.533, Consolação, 3082-5292. 10h30/ 19h (sáb., 10h30/14h30; fecha dom.). Grátis. Até 17/10.

Judith Lauand. Depois de ficar em cartaz no IAC e no Muba, a mostra foi reestruturada e voltou a ocupar o IAC. A artista expõe mais de cem obras, feitas entre 1950 a 1959 – quando ela migrou da arte figurativa para a abstrata. IAC. R. Dr. Álvaro Alvim, 90, V. Mariana, 3255-2009. 10h/ 18h (sáb., 10h/16h; fecha dom.). Grátis. Até 31/10.

A Paisagem na Arte. Em parceria com a Tate Britain, de Londres, são exibidas cerca de cem obras do acervo do instituto. A mostra percorre o paisagismo britânico desde o século 17 até a segunda metade do 20 – com nomes como William Turner e John Constable. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, Luz, 3324-1000. 10h/ 17h30 (fecha 2ª). Grátis. Até 18/10.

Prêmio Marcantonio Vilaça. A mostra exibe trabalhos dos 30 finalistas da 5ª edição do prêmio – entre eles, Berna Reale, Nydia Montenegro, Cristiano Lenhardt e Virginia de Medeiros. Também há uma sala especial em homenagem à artista Amelia Toledo. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (3ª, 10h/21h; fecha 2ª). Grátis. Até 6/12.

Sonia Guggisberg. Entre videoinstalações e fotografias, a artista paulistana apresenta, na mostra ‘Em Trânsito’, obras que abordam questões como o tempo e a memória. A curadoria é de Priscila Arantes. Galeria Rabieh. Al. Gabriel Monteiro da Silva, 145, Jd. América, 3081-0017. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 21/10.

Mais conteúdo sobre:

Evandro Carlos JardimexposiçõesTec