Mostra sobre o carnaval é uma das inaugurações da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mostra sobre o carnaval é uma das inaugurações da semana

Celso Filho

22 Outubro 2015 | 18h58

Expo Carne Vale Cortejo da Rainha Negra na Festa dos Reis Carlos Julião

Foto: Divulgação

+ O carnaval é o mote de Carne Vale. Com curadoria de Roberto Moreira Cruz, a festa popular é abordada desde o período colonial, por artistas como Carlos Julião (foto) e Maurice Rugendas, até nomes da arte contemporânea. Galeria de Arte do Sesi. Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3146-7401. 10h/20h. Inauguração: 3ª (27). Grátis. Até 31/1/2016.

+ Masp visita coleção de moda e obras de León Ferrari

Inaugurações

Betina Samaia. Com curadoria de Eder Chiodetto, a artista apresenta 20 fotografias na mostra ‘Azul’. Dispostas em caixas de luz, as imagens são registros noturnos de cidades como Rio, Veneza e Nova York. Na abertura, Betina também lança um livro homônimo sobre os ensaios. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 12h/21h (dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). Inauguração: 2ª (26), 19h. R$ 10 (3ª, grátis).  Até 10/1/2016.

Cláudio Cruz. O projeto Nova Fotografia, do MIS, encerra a temporada de 2015 com a mostra ‘Efêmero Eterno’. Na série, Cruz utiliza luz e sombra para criar uma atmosfera enigmática em cenas do cotidiano. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 12h/21h (dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). Inauguração: hoje (23). Grátis. Até 6/12.

Duda Penteado. Radicado nos EUA, o artista brasileiro exibe pinturas recentes na mostra ‘Raízes e Fragmentos – Uma Viagem ao Território Mental’. Nas obras, Penteado aborda questões como memória e identidade nacional. Museu Afro Brasil. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, 3320-8900. 10h/17h (fecha 2ª). Inauguração: hoje (23), 19h. R$ 6 (sáb., grátis). Até 3/1/2016.

Eustáquio Neves. Em ‘Cartas ao Mar’, o artista mineiro expõe 12 trabalhos recentes, misturando técnicas de fotografia e pintura em papel de algodão. Nas obras, Neves apresenta uma pesquisa sobre a região portuária de Valongo, no Rio, conhecida por ter recebido navios negreiros. Museu Afro Brasil. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, 3320-8900. 10h/17h (fecha 2ª). Inauguração: hoje (23), 19h. R$ 6 (sáb., grátis). Até 3/1/2016.

Guto Lacaz. De curta duração, a mostra reúne obras do artista. Ao lado delas, também são exibidos trabalhos feitos por pessoas com Síndrome de Down, que participaram de oficinas com Lacaz no Instituto Olga Kos. Na 5ª (29), às 19h, haverá lançamento de um livro sobre a carreira de Lacaz. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 12h/21h (dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). Inauguração: 3ª (27). Grátis. Até 1º/11.

Ismael Nery. Sob a curadoria de Denise Mattar, a mostra homenageia o modernista paraense, que morreu precocemente aos 33 anos, em 1934. São reunidas 45 obras, algumas raramente expostas – entre pinturas, desenhos e aquarelas. Galeria Almeida e Dale. R. Caconde, 152, Jd. Paulista, 3887-7130. 10h/18h (sáb., 10h/14h; fecha dom.). Inauguração: 5ª (29). Grátis. Até 12/12.

João Farkas – Amazônia. Também em cartaz no Sesc Bom Retiro, o fotógrafo exibe registros da região amazônica entre os anos de 1984 e 1993. Para a mostra da galeria, ele selecionou 34 imagens desse ensaio, que ganha um livro em novembro. Galeria Marcelo Guarnieri. Al. Lorena, 1.966,  Jd. Paulista, 3063-5410. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Inauguração: sáb. (24), 14h. Grátis. Até 28/11.

Jogando com Ben Patterson. Um dos fundadores do Grupo Fluxus, o artista norte-americano é homenageado na mostra. Ao lado de suas obras, também são exibidas criações dos seus amigos Guto Lacaz, Paulo Bruscky, Dudi Maia Rosa, Cristina Barroso e Francisco Klinger Carvalho. Na 5ª (29), às 19h, e no dia 31/10, às 12h, haverá performances de Patterson com Lacaz e Bruscky. Galeria Bolsa de Arte. R. Mourato Coelho, 790, Pinheiros, 3097-9673. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Inauguração: 3ª (27), 19h. Grátis. Até 21/11.

Los Carpinteros. Em ‘El Pueblo se Equivoca’, a dupla cubana Marco Castillo e Dagoberto Rodríguez ocupa tanto a galeria quanto o galpão da Fortes Vilaça com obras recentes. Em diferentes suportes, eles propõem uma crítica aos sistemas político e econômico. Galeria Fortes Vilaça. R. Fradique Coutinho, 1.500, V. Madalena, 3032-7066. 10h/19h (sáb., 10h/18h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: 3ª (27), 19h. Grátis. Até 14/11.

Galpão Fortes Vilaça. R. James Holland, 71, Barra Funda, 3392-3942. 10h/19h (sáb., 10h/18h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: 3ª (27), 21h. Grátis. Até 19/11.

A Nossa Invenção da Arte. A mostra coletiva apresenta a coleção de Ladi Biezus, ao longo de 45 anos. São exemplares de arte popular, assinados por nomes como Véio, Mirian Inês da Silva e Agnaldo Manoel dos Santos. Museu Afro Brasil. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, 3320-8900. 10h/17h (fecha 2ª). Inauguração: hoje (23), 19h. R$ 6 (sáb., grátis). Até 3/1/2016.

Sachiko Koshikoku. A japonesa comemora 50 anos morando no Brasil. São exibidas cerca de 30 criações, incluindo pinturas recentes e obras mais antigas, como as de sua mostra no Masp, em 1981. Galeria Deco. R. dos Franceses, 153, Bela Vista, 3289-7067. 10h/19h (fecha dom.). Inauguração: sáb. (24), 15h. Grátis. Até 24/11.

Yolanda Mohalyi. Ao chegar ao Brasil em 1931, a húngara Yolanda Mohalyi (1909-1978) fez carreira, frequentando o ateliê de Lasar Segall. Sua obra é lembrada em um livro e na retrospectiva com 50 criações. Dan Galeria. R. Estados Unidos, 1.638, Jd. Paulista, 3083-4600. 10h/18h (sáb., 10h/13h; fecha dom.). Inauguração: sáb. (24). Grátis. Até 24/11.

Especial

Lambes na Laje #4. Na 4ª edição do evento, há trabalhos de 50 artistas. São lambe-lambes, que estarão à venda, de nomes como Marcela Tiboni, Renato Pera e Vitor Mizael. Red Bull Station. Pça. da Bandeira, 137, Centro, 3107-5065. Sáb. (24), 14h/22h. Grátis.

henrique_madeira_herakut_mcity2

Foto: Henrique Madeira/Divulgação

O.bra Festival. Neste fim de semana, o Largo do Arouche será ocupado pelo O.bra Festival. O evento de arte urbana convidou 18 artistas, como Herakut (foto) e Binho, para criar murais tanto no largo quanto em outros pontos do Centro. A programação ainda inclui palestras, shows e exibição de filmes. De hoje (23) a dom. (25), 8h/22h. Grátis. www.obrafestival.com

Vidas Secas SP. O projeto do Coletivo S.E.C.A., que reúne artistas para discutir a crise hídrica em São Paulo, ocupa o Palacete Carmelita. Além da mostra com seus trabalhos, na 2ª (26), às 20h, haverá um show da banda Tribororo, seguida de uma performance de Flavio Barollo. Palacete Carmelita. R. Dom Francisco de Souza, 165, metrô Luz. 2ª (26), a partir das 18h. R$ 20. Inf.: http://oesta.do/vidassecasSPI

Veja outras mostras em cartaz:

Última semana

Arpilleras: Bordando a Resistência. Usada como forma de protesto contra a opressão de Pinochet no Chile, a técnica de bordado arpillera ganhou popularidade em outros lugares. Agora, 37 peças, feitas por artesãs de seis países, compõem a mostra. Memorial da América Latina. Salão de Atos. Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, metrô Palmeiras-Barra Funda, 3823-4600. 9h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (25).

Bailes do Brasil. A história brasileira é contada por meio das festas e comemorações coletivas, desde o final do século 19. A curadoria selecionou cerca de 200 imagens de arquivos históricos, que são expostas em instalações com trechos de músicas e vídeos. Solar Marquesa de Santos. R. Roberto Simonsen, 136, Sé, 3241-1081. 9h/17h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (25).

Elena Bajo. A espanhola expõe trabalhos recentes, inspirados na Fordlândia, no Pará. O lugar abandonado era um projeto de Henry Ford para um polo de produção de látex nos anos 1920. Kunsthalle. R. dos Pinheiros, 411, Pinheiros, 2339-8586. 11h/19h (sáb., 12h/17h; fecha dom., 2ª e 3ª). Grátis. Até sáb. (24).

Elisa Bracher. Trabalhos recentes em barro compõem ‘Luctus Lutum’, nova mostra da paulistana. Na exposição, ela monta uma grande instalação, além de apresentar uma série fotográfica feita durante viagem ao Ártico, em 2014. Galeria Raquel Arnaud. R. Fidalga, 125, V. Madalena,3083-6322. 10h/19h (sáb., 12h/16h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (24).

A Experiência da Arte. Com curadoria de Evandro Salles, a exposição interativa exibe a produção recente de sete artistas contemporâneos brasileiros. São nomes como Cildo Meireles, Waltercio Caldas e Vik Muniz. Sesc Santo André. R. Tamarutaca, 302, V. Guiomar, S. André, 4469-1200. 10h30/21h30 (sáb. e dom., 10h30/18h30; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (25).

Galeria Gravura Brasileira. O espaço exibe duas mostras. Wladimir Fontes expõe trabalhos feitos entre 2005 e 2015, em técninas como desenho, xilogravura e colagem. Já Paula Almozara explora processos gráficos e fotográficos em ‘Ar’. Galeria Gravura Brasileira. R. Dr. Franco da Rocha, 61, Perdizes, 3624-0301. 10h/18h (sáb., 11h/13h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (24).

Hildebrando de Castro. Pinturas e relevos recentes compõem ‘Arquitetura da Luz’. Neles, o artista aborda a relação da luz na arquitetura modernista, representando edifícios famosos, como o Pavilhão da Bienal. Galeria Oscar Cruz. R. Clodomiro Amazonas, 526/528, Itaim Bibi, 3167-0833. 11h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (24).

Janaína Matarazzo. Para ‘Mundo à Parte’, a artista reúne 19 imagens de um ensaio feito em parques e reservas ambientais no sul da África. Nas fotografias, Janaína explora diferentes efeitos de luz. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 12h/21h (dom., 11h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (25).

Julio Plaza Indústria Poética. Fotografias; vídeo; holografias. Recursos como esses eram usados pelo artista espanhol, radicado em São Paulo, para discutir as relações entre arte e tecnologia.
A mostra também aborda a ligação de Plaza (1938-2003) com o próprio museu. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, Moema, 2648-0254. 10h/18h (3ª, 10h/21h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (25).

Mulheres Artistas: As Pioneiras. Na mostra, um recorte exibe a produção artística brasileira entre 1880 e 1930. São obras de mulheres que desafiaram padrões sociais e ganharam notoriedade, como Tarsila do Amaral e Nicota Bayeux. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, 3324-1000. 10h/18h (fecha 2ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até dom. (25).

Rumos 2013/2014. Selecionados pelo programa Rumos, 14 trabalhos estão na mostra. Com diferentes suportes – alguns interativos -, a exposição reúne nomes como Berna Reale, João Angelini e Pedro França. Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1776. 9h/20h (sáb. e dom., 11h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (25).

Sara Ramo. A artista espanhola exibe obras inéditas na mostra ‘Os Ajudantes’. São dois vídeos, além de um conjunto de esculturas e fotografias. Galeria Fortes Vilaça. R. Fradique Coutinho, 1.500, Pinheiros, 3032-7066. 10h/19h (sáb., 10h/ 18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até hoje (23).

Territórios Imanentes. A mostra reúne trabalhos de sete artistas, entre eles Carolina Krieger e Renata Chebel. A fotografia é o principal suporte das criações, que abordam questões filosóficas, como a mitologia e a existência humana. Fauna Galeria. R. Tangará, 132, V. Mariana, 3668-6572. 10h/19h (sáb., 10h/14h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (24).

Em cartaz

Eduardo Viveiros de Castro. O antropólogo é lembrado por seu trabalho como fotógrafo na mostra. São expostas cerca de 400 imagens que percorrem sua carreira – dos projetos com o cineasta Ivan Cardoso às pesquisas na Amazônia. Sesc Ipiranga. R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. 7h30/ 21h30 (sáb., 10h/21h30; dom., 10h/ 17h30; fecha 2ª). Grátis. Até 29/11.

À Flor da Pele. Com curadoria de Bob Wolfenson, Helio Hara e Ricardo Feldman, a mostra lembra os dez anos da Revista S/N. São 150 imagens de seu acervo, explorando o universo feminino pelas lentes de fotógrafos como Luiz Carlos Barreto e Marisa Alvarez Lima. Praça das Artes. Av. São João, 281, Centro, 4571-0401. 10h/20h (dom., 10h/18h). Grátis. Até 20/11.

Frida Kahlo. A mostra estabelece conexões entre Frida e outras modernistas no México, como Leonora Carrington, Maria Izquierdo e Remedios Varo. São cerca de cem obras no total, sendo 33 criações assinadas por Frida. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). R$ 10 (3ª, grátis). Até 10/1/2016.

João Farkas – Amazônia Ocupada. Entre 1986 e 1994, o fotógrafo visitou a floresta amazônica para registrar as mudanças socioeconômicas durante a exploração do ouro na região. Ele apresenta 90 dessas imagens em ‘Amazônia Ocupada’. Sesc Bom Retiro. Al. Nothmann, 185, 3332-3663. 9h30/20h30 (sáb., 10h/18h30; dom., 10h/17h30; fecha 2ª). Grátis. Até 1º/11.

Máquina Tadeusz Kantor. A mostra homenageia o centenário do dramaturgo polonês. São expostos 130 objetos, além de filmes e fotografias que ajudam a contar suas ideias revolucionárias. Sesc Consolação. R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. 11h30/ 21h30 (sáb. e fer., 10h/18h30; fecha dom.). Grátis. Até 14/11.

Miles Aldridge. Em sua carreira, o fotógrafo britânico já trabalhou para grandes nomes do mundo da moda, como Carolina Herrera. Paralela à São Paulo Fashion Week, ‘A Dazzling Beauty’ faz uma retrospectiva de seu trabalho, com 50 imagens. Oca. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, 5082-1777. 9h/17h (fecha 2ª). Grátis. Até 2/11.

Prêmio Marcantonio Vilaça. A mostra exibe trabalhos dos 30 finalistas da 5ª edição do prêmio – entre eles, Berna Reale, Nydia Montenegro, Cristiano Lenhardt e Virginia de Medeiros. Também há uma sala especial em homenagem à artista Amelia Toledo. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (3ª, 10h/21h; fecha 2ª). Grátis. Até 6/12.

Mais conteúdo sobre:

Carne ValeexposiçõesO.bra Festival