Mostra reúne importante acervo de arte abstrata latino-americana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mostra reúne importante acervo de arte abstrata latino-americana

Celso Filho

06 Abril 2017 | 17h41

GUSTAVO-PEREZ-MONZON-VILOS-2-E29

Obra de Gustavo Pérez Monzón, da Coleção Ella Fontanals-Cisneros. Foto: Gustavo Pérez Monzón

Desde a década de 1970, a cubana Ella Fontanals-Cisneros se dedica a colecionar obras de arte, especialmente latinas. Hoje, sua fundação nos Estados Unidos é um dos mais representativos acervos do mundo. Um recorte da coleção pode ser visto na recém-inaugurada Construções Sensíveis, no Centro Cultural Fiesp.

Na mostra, os curadores Rodolfo de Athayde e Ania Rodríguez abordam a experiência geométrica latino-americana por meio de 124 trabalhos. A proposta é dar um panorama da produção abstrata no continente, na visão de 63 artistas.

Assim, há desde criações dos anos 1930, como uma pintura do uruguaio Joaquín Torres-García, até produções mais recentes – caso de uma escultura de Iran do Espírito Santo, de 2002.

ONDE: Centro Cultural Fiesp. Av. Paulista, 1.313, Metrô Trianon- Masp, 3146-7406. QUANDO: 10h/ 20h. Até 18/6. QUANTO: Grátis.

Confira outras inaugurações da semana:

Maio Fotografia
Todo ano, o MIS abre suas portas para fotógrafos de destaque com o Maio Fotografia. Em 2017, a programação tem sete mostras paralelas. A principal delas apresenta mais 200 imagens do acervo de Allan Porter, antigo editor da revista suíça Camera. São fotografias, publicadas no periódico, de nomes importantes como André Kertész e Cartier-Bresson. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. Inauguração: 5ª (13). 12h/21h (dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). R$ 6 (3ª, grátis). Até 28/5.

Confluências
Há dez anos, o projeto Transatlântica tem dado oportunidades a fotógrafos de diferentes países da América Latina. Na mostra, são recuperados trabalhos de 22 fotógrafos que participaram do programa. Sesc Vila Mariana. R. Pelotas, 141, 5080-3000. Inauguração: 6ª (7). 10h/21h30 (sáb., 10h/20h30; dom. e fer., 10h/18h30; fecha 2ª). Grátis. Até 9/7.

Construção e Memória
A mostra de longa duração reabre as casas do Bandeirante e do Sertanista para exposições. Nelas, são exibidas fotografias históricas que contextualizam a trajetória dos locais e suas transformações como espaço cultural. Casa do Bandeirante. Pça. Monteiro Lobato, s/nº, Butantã, 3031-0920. Inauguração: dom. (9). 9h/17h (fecha 2ª). Grátis. Por tempo indeterminado.
Casa do Sertanista. Pça. Enio Barbato, s/nº, Caxingui, 3726-6348. Inauguração: dom. (9). 9h/17h (fecha 2ª). Grátis. Por tempo indeterminado.

Conversas – Fotografias da Coleção Bank of America Merrill Lynch
Com curadoria de Anne Havinga e Karen Hass, a mostra faz um panorama histórico da fotografia. São cem imagens de nomes de destaque, como Man Ray, Candida Höfer e Cindy Sherman. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. Inauguração: 5ª (13). 11h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até 4/6.

Hugo França
França apresenta, no vão livre do MAC USP, a escultura ‘Um Tronco para Exu’. A obra é um grande tronco suspenso de pequizeiro. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, Ibirapuera, 2648-0254. Inauguração: sáb. (8), 11h. 10h/18h (3ª, 10h/ 21h; fecha 2ª). Grátis. Até 13/8.

José Patrício
Em ‘Ponto Zero’, o artista pernambucano cria mosaicos a partir de pregos e tachas. Na mostra, ele apresenta quatro trabalhos recentes, incluindo uma instalação. Sesc Santo Amaro. R. Amador Bueno, 505, 5541-4000. Inauguração: sáb. (8), 11h. 10h30/ 21h (sáb., dom. e fer., 11h/18h; fecha 2ª). Grátis. Até 30/7.

Sérgio Poroger
Em 2014, o fotógrafo viajou mais de 3 mil quilômetros pelo sul dos EUA. Os registros de sua viagem estão em ‘Cold Hot’, sob a curadoria de Eder Chiodetto. Estação Metrô República. Pça. da República, 299, mezanino. Inauguração: 2ª (10). 4h40/0h25 (sáb., até 1h). R$ 3,80 (bilhete). Até 30/4.

La Mínima 20 Anos
A história da companhia circense La Mínima é contada na exposição. São 90 peças, entre objetos cênicos, figurinos e fotografias sobre os 20 anos do grupo. Centro Cultural Fiesp. Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3146-7406. Inauguração: 4ª (12). 10h/20h. Grátis. Até 9/7.

Mario Ramiro
Ex-integrante do coletivo 3NÓS3, o artista repassa sua carreira em ‘Improvável’. Além de criações inéditas, a mostra recupera trabalhos de diferentes fases, como obras com xerox, feitas entre 1979 e 1991. Zipper Galeria. R. Estados Unidos, 1.494, Jd. América, 4306-4306. Inauguração: 4ª (12). 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 13/5.

Metrópole: Experiência Paulistana
Na coletiva, o curador Tadeu Chiarelli propõe uma reflexão sobre como é viver em São Paulo. Ele reuniu a visão de 33 artistas de diferentes gerações – entre eles, Brecheret, Dora Longo Bahia e Leda Catunda. Estação Pinacoteca. Lgo. Gal. Osório, 66, Luz, 3335-4990. Inauguração: sáb. (8), 11h. 10h/17h30 (fecha 3ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 18/9.

Retrato – Território da Fotografia
A coletiva expõe o trabalho de 30 fotógrafos, entre eles, J. R. Duran, Pierre Verger e Bob Wolfenson. As obras são divididas em temas como cultura pop, clássicos e moda. A curadoria é de Rubens Fernandes Junior. MAB-Faap. R. Alagoas, 903, Higienópolis, 3662-7198. Inauguração: 2ª (10). 10h/18h (sáb., dom. e fer., 10h/ 17h; fecha 3ª). Grátis. Até 11/6.

Sara Ramo
Sob a curadoria de Douglas de Freitas, Sara exibe, na Capela do Morumbi, a instalação ‘Para Marcela e as Outras’. A obra foi inspirada na convivência da artista com transexuais e travestis da região onde mora. Av. Morumbi, 5.387, Morumbi, 3772-4301. Inauguração: sáb. (8), 14h. 9h/17h (fecha 2ª). Grátis. Até 8/9.