Mostra percorre invenções humanas em releituras de 30 artistas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mostra percorre invenções humanas em releituras de 30 artistas

Celso Filho

30 Julho 2015 | 17h24

Julius von Bismarck - Clockwork - Concreto

Foto: Divulgação

Em uma sala, um conjunto de betoneiras trabalham de maneira oposta – alternadamente, elas decompõem pedaços de concreto de construções de São Paulo. A obra ‘Clockwork’, de Julius von Bismarck, é uma das 35 criações reunidas na mostra Invento, a partir desta quarta-feira (5), na Oca.

Os curadores Marcello Dantas e Agnaldo Farias selecionaram trabalhos de 30 nomes, nacionais e internacionais. Entre eles, artistas que propõem releituras e interpretações de invenções clássicas. É o caso de ‘Gift’, de Man Ray, um ferro de passar com uma fileira de pregos afiados. Ou as topografias de Takahiro Iwakasi, estilizadas em um rolo de fita adesiva prateada.

A exposição também reúne outras obras de artistas icônicos, como a guitarra criada por Andy Warhol para Lou Reed, da banda Velvet Underground. Já Nam June Paik homenageia a escritora Gertrude Stein com a escultura de um robô feito a partir de televisores, discos de vinil e alto-falantes. Na ala nacional estão criações de Guto Lacaz, Nazareth Pacheco e da dupla de mineiros O Grivo.

ONDE: Oca. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, 5082-1777. QUANDO: 9h/17h (fecha 2ª). Inauguração: 4ª (5). Até 4/10. QUANTO: Grátis.