Mostra Internacional de Cinema exibe longas de diretoras, produções latino-americanas e documentários inéditos; confira a programação
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mostra Internacional de Cinema exibe longas de diretoras, produções latino-americanas e documentários inéditos; confira a programação

Humberto Abdo

25 Outubro 2018 | 17h56

‘Chris, o Suíço’ mescla cenas gravadas e animação. Foto: First Hand Films

+ Na lista de filmes com mulheres diretoras, a programação tem o documentário ‘Chris, o Suíço’ (foto; Itaú Augusta: 27/10, 15h50), de Anja Kofmel, que conduz uma investigação sobre seu primo, correspondente internacional que foi encontrado morto em casa com o uniforme de um grupo de mercenários. ‘Rafiki’ (Frei Caneca: 29/10, 13h30), de Wanuri Kahiu, retrata duas amigas cujas famílias são rivais políticas. E ‘Selvagem’ (Frei Caneca: 27/10, 15h45. Itaú Augusta: 31/10, 19h50), que tem direção de Camille Vidal-Naquet, acompanha o jovem Leo, que ganha dinheiro como garoto de programa e, após se envolver com o personagem Ahd, precisa descobrir como lidar com um sentimento não correspondido.

+ Entre os filmes estrangeiros que participam da corrida ao Oscar, tem o polonês ‘Guerra Fria’ (Frei Caneca: 26/10, 13h30; 27/10, 14h), de Pawel Pawlikowski, sobre um romance impossível entre um músico e uma jovem cantora. ‘A Árvore dos Frutos Selvagens’ (Reserva Cultural: 26/10, 14h. Cinesesc: 27/10, 18h. Frei Caneca: 31/10, 15h30), filme turco de Nuri Bilge Ceylan, destaca um jovem apaixonado por literatura que sonha em se tornar escritor.

+ A lista de filmes latino-americanos inclui o argentino ‘O Anjo’ (Cinesala: 29/10, 20h. Itaú Augusta: 30/10, 18h45. Reserva Cultural: 31/10, 14h), de Luis Ortega, baseado na história real de Carlitos, jovem que fazia sucesso no cinema, mas cometia crimes em segredo. O uruguaio ‘El Creador de Universos’ (Marabá: 28/10, 13h), de Mercedes Dominioni, conta a história de Juan, que faz filmes com Rosa, sua avó de 96 anos, e se preocupa com o dia em que ela irá partir.

+ Entre os documentários da programação, o ‘Minha Vida na Alemanha de Hitler’ (Marabá: 29/10, 20h50. Cinearte: 31/10, 21h30), de Jérôme Prieur, reúne, a partir de cerca de 20 mil depoimentos escritos, histórias de pessoas que viveram na Alemanha nazista. ‘Isto É um Lar: Uma História de Refugiados’ (Caixa Belas Artes: 27/10, 15h40. Cinearte: 28/10, 17h45) de Alexandra Shiva, acompanha a chegada de quatro famílias sírias a Baltimore, nos Estados Unidos.

+ Nacionais como ‘A Voz do Silêncio’ (Frei Caneca: 26/10, 13h30. Marabá: 27/10, 13h), de André Ristum, integram a seleção. No enredo, sete pessoas têm as rotinas abaladas por um eclipse lunar. ‘Todas as Canções de Amor’ (Frei Caneca: 28/10, 13h30), de Joana Mariani, destaca o casal Chico e Ana. Ao se mudarem para um novo apartamento, eles descobrem uma fita cassete gravada décadas antes. Ana decide usar o registro como inspiração para seu trabalho.

INGRESSOS E PACOTES

– Ingresso avulso: R$ 20 (2ª a 5ª) / R$ 24 (6ª, sáb. e dom.).
– Permanente Integral: R$ 500.
– Permanente Especial: R$ 117 (para todas as sessões de 2ª a 6ª, até 17h55).
– Pacote 40 ingressos: R$ 374.
– Pacote 20 ingressos: R$ 220.

Central da Mostra. Conj. Nacional. Av. Paulista, 2.073, metrô Consolação, 2172-2042. 11h/21h. Até 31/10. Ingressos avulsos são vendidos apenas nas respectivas salas de exibição ou pela internet (www.veloxtickets.com).