Mostra do artista suíço Augustin Rebetez é uma das inaugurações da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mostra do artista suíço Augustin Rebetez é uma das inaugurações da semana

Júlia Corrêa

11 de abril de 2019 | 17h37

Foto: Augustin Rebetez

Augustin Rebetez
Instalações que envolvem fotografia, filme de animação, desenho e poesia compõem a exposição ‘Estremecer Auroras’ (foto), do jovem artista suíço. A curadoria é de Adelina von Fürstenberg. Sesc Consolação. R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. Inauguração: 6ª (12). 10h/21h (sáb. e fer., 10h30/18h30; fecha dom.). Grátis. Até 27/7.

Felipe Seixas
Com uso de materiais industriais, como concreto e asfalto, e luzes produzidas a partir de dispositivos digitais gráficos, o artista busca estabelecer, nas obras da exposição, dicotomias entre o corpóreo e o intangível. A curadoria é de Douglas de Freitas. Zipper Galeria. R. Estados Unidos, 1.494, Jd. América, 4306-4306. Inauguração: sáb. (13), 12h. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 4/5.

Tríptico
A exposição é composta por obras dos artistas Caligrapixo, Senk e Sator. Sob curadoria de Juliana Akina, eles apresentam trabalhos individuais e um coletivo, todos ligados à arte urbana. Matilha Cultural. R. Rego Freitas, 542, República, 3256-2636. Inauguração: 6ª (12). 12h/22h (fecha 2ª). Grátis. Até 10/5.

CONFIRA EXPOSIÇÕES EM CARTAZ RECOMENDADAS PELO DIVIRTA-SE

Além do Infinito
Duas obras integram a mostra. ‘Up There’, de Regina Silveira, traz uma animação sobre a passagem da noite para o dia. Já ‘Beyond Infinity’, instalação de Serge Salat, combina espelhos, luzes e música. Farol Santander. R. João Brícola, 24, Centro, 3553-5627. 9h/20h (dom., 9h/19h; fecha 2ª). R$ 20. Até 5/5.

Leonilson: Arquivo e Memória Vivos
Entre pinturas, desenhos e bordados, cerca de 120 obras – muitas delas inéditas – compõem a mostra, que tem curadoria de Ricardo Resende. Centro Cultural Fiesp. Galeria de Arte. Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3146-7000. 10h/22h (dom., 10h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até 19/5.

Lina Bo Bardi: Habitat
Dedicada à arquiteta italiana que se tornou um ícone do modernismo brasileiro, a mostra contempla também sua atuação na educação e nas áreas editorial e museológica. Nos anos 1950, quando dirigia o Masp com o marido, Pietro Maria Bardi, Lina produzia a revista ‘Habitat’, que desvendava boa parte de suas ideias. O título da mostra refere-se à publicação e à imersão da arquiteta no contexto brasileiro, destacando, por exemplo, projetos como o do próprio Masp e o do Museu de Arte Moderna da Bahia. Masp. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/18h (3ª, 10h/20h; fecha 2ª). R$ 40 (3ª, grátis). Até 28/7.

Paul Klee – Equilíbrio Instável
O artista suíço chegou a ter contato com correntes como o expressionismo e o cubismo, mas permaneceu sempre independente em relação a esses movimentos. É essa autonomia de estilo que a mostra busca evidenciar, com 120 pinturas, papéis, gravuras, desenhos e objetos vindos do Zentrum Paul Klee, de Berna. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. 9h/21h (fecha 3ª). Grátis. Até 29/4.

São Francisco de Assis na Arte de Mestres Italianos
A exposição destaca a iconografia do santo em 18 obras datadas dos séculos 15, 16 e 17. A seleção contempla do realismo da Renascença em Tiziano, passando pelo Barroco de Guido Reni e Guercino, até obras ligadas à Reforma Católica, como as de Cigoli e Andrea Lilli. MAB-Faap. R. Alagoas, 903, Higienópolis, 3662-7198. 10h/19h (sáb., dom. e fer., 10h/18h; fecha 3ª). Grátis. Até 12/4.

Tarsila Popular
Tarsila do Amaral é homenageada em mostra que propõe um novo olhar para seus temas, narrativas e personagens ligados à cultura popular. São elementos que estiveram presentes em diversas fases de sua produção – desde o período ‘Pau-Brasil’ (com obras como ‘Estrada de Ferro Central do Brasil’), passando pelo ‘Antropofágico’ (com destaque para ‘Abaporu’, que chega à cidade vinda do acervo do Malba, na Argentina) até o ‘Social’ (com trabalhos como ‘Operários’). Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/18h (3ª, 10h/ 20h; fecha 2ª). R$ 40 (3ª, grátis). Até 28/7.

Tempo Mata – Imagem em Movimento na Julia Stoschek Collection
No Sesc Avenida Paulista, a mostra reúne vídeos e filmes de 17 artistas presentes no acervo da instituição alemã, que contempla seis décadas de produção neste suporte. Sob curadoria Rodrigo Moura, são exibidos trabalhos de nomes como Dan Graham, Douglas Gordon, Eleanor Antin e Rachel Rose. Av. Paulista, 119, metrô Brigadeiro, 3170-0800. 10h/22h (dom. e fer., 10h/19h; fecha 2ª). Grátis. Até 16/6.