MIS Experience é inaugurado com mostra imersiva de Leonardo da Vinci
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

MIS Experience é inaugurado com mostra imersiva de Leonardo da Vinci

Renato Vieira

31 de outubro de 2019 | 12h26

A exposição Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio inaugura, neste sábado (2), o MIS Experience, espaço sob coordenação do Museu da Imagem e do Som (MIS) em parceria com a TV Cultura. Foram investidos R$ 8,5 milhões no local e na realização da mostra, que reúne objetos e ambientes imersivos que exemplificam as criações do multiartista.

Em uma área expositiva com 1,7 mil metros quadrados, sendo 800 metros quadrados dedicados a projeções, a mostra foi criada em parceria com o Museo Leonardo da Vinci, em Roma. São expostas cerca de cem peças, réplicas das invenções e das obras do mestre renascentista italiano. Pinturas famosas, como a ‘Mona Lisa’, também são projetadas – algumas nas próprias paredes do local, outras em telas de tecido –, formando múltiplos painéis. A experiência imersiva ainda conta com audioguia que pode ser ouvido por meio de um aplicativo de celular. A seguir, confira os principais destaques da exposição, com detalhes e curiosidades.

ONDE: MIS Experience. R. Vladimir Herzog, 75, Água Branca. QUANDO: 10h/20h (fecha 2ª). Inauguração: sáb. (2). Até 1º/3/2020. QUANTO: R$ 30/R$ 40. Vendas pelo site: www.sympla.com.br

Imersão. Público se sentirá dentro da obra. Foto: Grande Exhibitions

+ Feito para a Igreja Santa Maria delle Grazie, em Milão, o afresco ‘A Última Ceia’ (imagem acima, nas projeções) é um exemplo da dedicação de Leonardo da Vinci – o artista demorou três anos para completar a encomenda. Essa é uma das tantas criações de Da Vinci que serão projetadas no ambiente imersivo que fica na área central da mostra. Ali, tudo foi feito para que o visitante tivesse a sensação de estar ‘dentro’ da obra de arte. Para isso, a empresa que concebeu a exposição, a Grande Exhibitions, desenvolveu uma tecnologia chamada Sensory 4, que permite projeções em altíssima definição.

QUEM FOI ELE

Nascido na Itália, Leonardo da Vinci (1452 – 1519) foi, além de figura fundamental do Renascimento, um dos maiores gênios da história. Sua produção passa por pinturas e esculturas, além de criações ligadas a engenharia e arquitetura militar.

+ Concebida no início dos anos 1500 – entre 1503 e 1506 –, a obra mais conhecida de Leonardo da Vinci conta com um espaço só para ela na mostra do MIS Experience. Criada por especialistas do Museu do Louvre, onde a ‘Mona Lisa’ original está exposta, a seção Os Segredos de Mona Lisa revela os bastidores de criação da pintura a óleo e explica por que ela considerada uma das mais importantes da história da arte.

Foto: Grande Exhibitions

A ala destaca diferentes aspectos dessa obra-prima, incluindo sua exibição em diversas paletas de cores e os detalhes das mãos cruzadas e também de seu rosto – que tem um dos sorrisos mais discutidos e apreciados pelos estudiosos. Em ‘Mona Lisa’, Da Vinci aprimorou a técnica do ‘sfumato’, efeito que permite criar suaves gradações de tonalidade. A obra também é conhecida como ‘La Gioconda’. Isso porque, segundo especialistas, a mulher retratada seria Lisa Gherardini, que foi casada com um comerciante de Florença chamado Francesco del Giocondo. Tudo indica que Da Vinci, em vez de entregar seu trabalho a quem o encomendou, levou-o para a França. Desde 1797, a pintura faz parte do acervo do Louvre.

Foto: Grande Exhibitions

+ Logo na entrada da exposição, o público poderá ver réplicas dos diários de anotações do artista, chamados ‘Códices’. Neles, ele projetava seus inventos e também fazia desenhos, como o conhecido ‘O Homem Vitruviano’. Baseado no trabalho do arquiteto Vitruvius, que viveu na Roma Antiga, a ilustração foi feita por volta de 1490. A figura retrata um homem em duas posições sobrepostas, com braços e pernas em diferentes direções. A imagem tornou-se extremamente conhecida ao longo dos anos e muito associada a Da Vinci.

Foto: Grande Exhibitions

Além da pintura, ele também se interessava por engenharia, criando protótipos de peças e veículos – chegou até a ser contratado como arquiteto militar pelo poderoso César Bórgia, durante os anos de 1502 e 1503. Uma área da exposição mostra os objetos aéreos projetados por Da Vinci. O principal deles (que aparece na parte superior da imagem acima) é o parafuso helicoidal aéreo. Também chamado de ‘Parafuso Aéreo’, o projeto, que data de 1493, tem elementos que lembram um helicóptero – o que só seria inventado 450 anos depois. Um projeto de paraquedas também está exposto na mesma ala.

Tudo o que sabemos sobre:

Leonardo da VinciMIS Experience

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.