Matteo Bonfitto estreia solo inspirado em obra de Hugo von Hofmannsthal
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Matteo Bonfitto estreia solo inspirado em obra de Hugo von Hofmannsthal

Júlia Corrêa

15 de fevereiro de 2017 | 20h30

Leo Brant/Divulgação

Leo Brant/Divulgação

Em 1902, o austríaco Hugo von Hofmannsthal publicou uma carta fictícia, situada em 1603, em que o personagem Lord Chandos, um escritor que quer renunciar à literatura, dirige-se ao filósofo Francis Bacon para descrever seus conflitos relativos ao uso da linguagem.

A ‘Carta de Lord Chandos’ inspira Palavras Corrompidas, solo com atuação e direção de Matteo Bonfitto. Com cenografia minimalista, a peça faz uso da performance para expor o papel da linguagem em nossa percepção da realidade.

Na montagem, um personagem em crise busca mostrar como a degeneração de valores éticos e políticos pode gerar forte ceticismo em relação às palavras. Mas, ironicamente, ele precisa fazer uso delas até mesmo para reconhecer sua vulnerabilidade.

50 min. 14 anos. Sesc Ipiranga. Auditório. (30 lug.). R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. Estreia 6ª (17). 6ª, 21h30; sáb., 19h30; dom., 18h30. R$ 6/R$ 20. Até 12/3. 

Tendências: