Lina Bo Bardi e Tarsila do Amaral ganham mostras no Masp
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lina Bo Bardi e Tarsila do Amaral ganham mostras no Masp

Júlia Corrêa

04 de abril de 2019 | 16h12

No Masp, novas exposições de Lina Bo Bardi e Tarsila do Amaral movimentam o ciclo Histórias das Mulheres, Histórias Feministas

Foto: Lew Parrella

+ Dedicada à arquiteta italiana que se tornou um ícone do modernismo brasileiro, Lina Bo Bardi: Habitat contempla também sua atuação na educação e nas áreas editorial e museológica. Nos anos 1950, quando dirigia o Masp com o marido, Pietro Maria Bardi, Lina produzia a revista ‘Habitat’, que desvendava boa parte de suas ideias.

O título da mostra refere-se à publicação e à imersão da arquiteta no contexto brasileiro, mostrando, por exemplo, seu envolvimento na criação do próprio Masp (com seus cavaletes de vidro) e em projetos de outras regiões do País, como o Museu de Arte Moderna da Bahia.

Foto: Jorge Bastos


+ Figura-chave no modernismo brasileiro, Tarsila do Amaral (1886-1973) é homenageada em ‘Tarsila Popular’, que reúne 120 pinturas e desenhos. Com curadoria de Adriano Pedrosa e Fernando Oliva, a mostra propõe um novo olhar para temas, narrativas e personagens ligados à cultura popular.

Foto: Jaime Acioli

São elementos que estiveram presentes em diversas fases de sua produção – desde o período ‘Pau-Brasil’ (com obras como ‘Estrada de Ferro Central do Brasil’), passando pelo ‘Antropofágico’ (com destaque para ‘Abaporu’, que chega à cidade vinda do acervo do Malba, na Argentina) até o ‘Social’ (com trabalhos como ‘Operários’).

Foto: Gustavo Lowri

ONDE: Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. QUANDO: Inauguração: 6ª (5). 10h/18h (3ª, 10h/20h; fecha 2ª). Até 28/7. QUANTO: R$ 40 (3ª, grátis).