Jardins ganha bar de coquetéis que recebe só 30 clientes por noite
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Jardins ganha bar de coquetéis que recebe só 30 clientes por noite

Marina Vaz

17 de setembro de 2015 | 00h29


Ambiente do Frigobar
FOTO: divulgação

O Frigobar é para poucos. Mesmo. No novo bar, voltado à coquetelaria, são recebidos apenas 30 clientes por noite. E isso apenas às terças e quartas. Escondido por uma porta sem identificação, o local só recebe quem possui uma senha pessoal – adquirida após reserva por e-mail e pagamento de R$ 150.

Preço, à primeira vista, salgado – mas que pode valer a pena se considerados os itens incluídos no pacote. São quatro drinques (um de boas-vindas, eleito pelo bartender; e outros três à escolha do cliente), couvert e petiscos – as porções, servidas a cada meia hora, podem incluir itens como camarões crocantes. Café e sobremesa encerram a experiência, cercada de surpresas ao longo da noite.

O ambiente subterrâneo, com muita madeira e tons escuros, remete à sua principal inspiração: os anos 1920, quando vigorou a Lei Seca nos Estados Unidos, dando origem a bares secretos.

O cardápio lista coquetéis da época, releituras e criações de Pablo Moya, Diego Dillon e Sylas Rocha (NOH Bar). Entre eles, o ‘Celery Dry’, martini dry com licor de aipo caseiro, absinto e limão, e o ‘Bloody Mary’, com cubos de pepino e crocante de presunto parma.

ONDE: R. Bela Cintra, 1.715, Jd. Paulista.
QUANDO: 3ª e 4ª, 21h/2h.
QUANTO: R$ 150 (reservas pelo email frigobarsp@gmail.com).