Jantar luxuoso vira palco para grande elenco em ‘O Banquete’, novo drama de Daniela Thomas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Jantar luxuoso vira palco para grande elenco em ‘O Banquete’, novo drama de Daniela Thomas

Humberto Abdo

13 de setembro de 2018 | 15h48

Foto: Imovision

Jogos de poder e erotismo são postos à mesa de um elegante jantar em O Banquete, drama nacional de Daniela Thomas, mesma diretora de produções como ‘Linha de Passe’ e ‘Vazante’.

Situado na década de 1990, o filme abre com a cena de uma planta carnívora capturando um pequeno inseto. A representação de perigo e armadilha é a mesma prestes a dominar cada um dos convidados – entre eles, um advogado (Caco Ciocler), uma atriz (Mariana Lima) e um poderoso editor de revista, Mauro (Rodrigo Bolzan), que celebra seu aniversário de casamento.

Da entrada à sobremesa, a tensão faz parte do cenário, já que Mauro pode ser preso, na mesma noite, por ter escrito uma carta aberta com graves denúncias contra o presidente.

Diálogos carregados de ironias e insinuações, muitas delas agressivas e obscenas, acompanham toda a trama. Entre taças de um caríssimo vinho italiano e um luxuoso menu servido por Ted (Chay Suede), os personagens são tomados por suas próprias inseguranças e dão espaço para a sedução e uma série de provocações, quase sempre lideradas pelas falas atrevidas da anfitriã Nora (Drica Moraes).

Nomes como Bruna Linzmeyer, Fabiana Gugli e Georgette Fadel completam o elenco, com performances que dão vida ao ambiente cada vez mais desconexo e inebriante – transformado em um verdadeiro palco para temas como política, liberdade de imprensa e as relações conflituosas e desiguais entre homens e mulheres. Humberto Abdo

Confira salas e horários de todos os filmes em cartaz no Guia de Cinema do Divirta-se

Mais conteúdo sobre:

cinemaestreia