Inspirada em livro de Mia Couto, ‘Os Cadernos de Kindzu’ está entre as estreias teatrais da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Inspirada em livro de Mia Couto, ‘Os Cadernos de Kindzu’ está entre as estreias teatrais da semana

Redação Divirta-se

25 Janeiro 2018 | 16h46

Após passagem pelo Rio, Os Cadernos de Kindzu, da Amok Teatro, chega a São Paulo para curta temporada. O enredo da peça é inspirado no universo literário de ‘Terra Sonâmbula’, do escritor moçambicano Mia Couto.

O enredo original narra a fuga do velho Tuahir e do menino Muidinga de Moçambique, país que vive uma intensa guerra civil. Durante o percurso, os dois encontram 12 diários de Kindzu, que revelam os caminhos que ele percorreu por mais humanidade. A peça, por sua vez, inspira-se no texto desses cadernos e cria uma narrativa focada no personagem Kindzu (Thiago Catarino) e em seus encontros com outros fugitivos e refugiados.

Depois de passar pelos palcos cariocas, no ano passado, o espetáculo recebeu três indicações ao Prêmio Shell: direção (Ana Teixeira e Stephane Brodt); ator (Thiago Catarino); e música (Stéphane Brodt e elenco).130 min. 14 anos. Matheus Riga (especial para o Estado)

Caixa Cultural (80 lug.). Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. Estreia 5ª (1º).  5ª a dom., 19h15. Grátis (retirar ingresso no dia, a partir das 9h). Até 18/2. 

Foto: Daniel Barboza

OUTRAS NOVIDADES DA SEMANA:

Céus
Com texto do libanês Wajdi Mouawad e direção de Aderbal Freire-Filho, a peça gira em torno da investigação de um atentado terrorista. Isolada, a equipe que a conduz passa por situações como o desaparecimento de um dos membros. 110 min. 14 anos. Com Rodrigo Pandolfo, Marco Antônio Pâmio e outros. Teatro Vivo (274 lug.). Av. Dr. Chucri Zaidan, 2.460, Morumbi, 3279-1520. A partir de 6ª (26). 6ª, 20h; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 50/R$ 60. Até 4/3.

Um Bonde Chamado Desejo
A partir do famoso texto de Tennessee Williams, a peça (foto) narra a história de Blanche (vivida por Maria Luisa Mendonça), que, ao se abrigar na casa da irmã, passa a ter conflitos com seu cunhado, Stanley (Eduardo Moscovis). Dir. Rafael Gomes. Com Donizeti Mazonas, Virgínia Buckowski e outros. 110 min. 14 anos. Tucarena (300 lug.). R. Monte Alegre, 1.024, Perdizes, 3670-8455. 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 80. Até 4/3.

Foto: João Caldas

Medea Mina Jeje
Em uma releitura da história de Medeia, personagem da literatura grega, a peça se passa na Minas Gerais do século 18. A história mostra como a escrava Medea sacrifica o seu próprio filho, Age, para que ele não sofra com o trabalho desumano das minas de ouro. Dir. Juliana Monteiro. Com Kenan Bernardes. 60min. 14 anos. Sesc Ipiranga. Auditório (30 lug.). R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. Estreia 6ª (26). 6ª, 21h30; sáb., 19h30; dom., 18h30. R$ 6/R$ 20. Até 18/2.

A Visita da Velha Senhora
Na trama da peça, do escritor suíço Friederich Dürrenmatt, a cidade de Güllen está quase falida. A esperança é que uma milionária (Denise Fraga) salve a população. Mas, para tanto, ela exige que matem seu ex-affair (Tuca Andrada). A direção é de Luiz Villaça. 120 min. 14 anos. Teatro do Sesi (456 lug.). Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3156-7439. 4ª a dom., 20h; dom., 19h. Grátis (reserva pelo site: bit.ly/sesisp). Até 18/2.

Foto: Caca Bernardes

Paisagem em Campos do Jordão

Com texto de Marcelo Mirisola e Nilo Oliveira, a peça traz uma discussão sobre sexo entre uma dupla de amigos e um casal. A comédia busca o bizarro e o grotesco em referências como a pornochancada dos anos 1970 e a Boca do Lixo paulistana. Dir. Mauro Baptista Vedia. 55 min. 18 anos. Teatro & Bar Cemitério de Automóveis (35 lug.). R. Frei Caneca, 384, Consolação, 2371-5743. Estreia 4ª (31). 4ª e 5ª, 21h. R$ 40. Até 28/2.

Mais conteúdo sobre:

Divirta-seteatro